sábado, 18 de fevereiro de 2012

Sila Tarot: Terminou a relação, mas não consegue esquecer o ex?

Quando terminamos uma relação externamente, mas continuamos nela internamente, certamente vai se frustrar! A dor do fim indesejado é uma das piores, eu sei. Não tem remédio, não tem alívio, não tem, muitas vezes, sequer explicação. Mas... a boa notícia é que tem cura! E tem mesmo, por mais que você não consiga acreditar enquanto está a sentir esse drama!

Mas fica um aviso: É preciso que você queira curar-se! Querer mesmo! Não adianta afundar-se no lugar do sofredor, traído, injustiçado ou abandonado, porque de nada vai ajudar! É preciso doer com dignidade e, sobretudo, consciência! Aprender com a dor é uma das atitudes mais sábias que existe!


Para tanto, é bom avaliar e considerar os factos! Vamos às possibilidades mais recorrentes:

Você fez algo errado e perdeu a pessoa amada?
Vá atrás do prejuízo, peça desculpas e uma segunda oportunidade, lembrando-se sempre que o outro tem o direito de dizer não!. Se este for o seu caso, use a inteligência e aceite...você perdeu. Reavalie as suas escolhas e comprometa-se a não repetir o mesmo erro. Saiba que vai precisar de tempo até a dor passar, até a aceitação se transformar na possibilidade de um novo amor.

O outro já não gosta de si ou passou a gostar de outra pessoa?


Infelizmente, acontece! E poderia ter acontecido consigo, inclusive. Mas foi com ele.Pode acontecer ás duas partes intervenientes. E pode apostar: você não é a primeira e nem a última pessoa a ter de lidar com essa sensação horrorosa de rejeição e de baixa auto-estima. Mas também passa, eu garanto! Foque em suas qualidades, realce o que tem de melhor, melhore o que não está tão bom e aproveite o episódio para se tornar ainda mais preparado para quem vai gostar muito de si! E acima de tudo, goste de si própria. Aceite que nem sempre se pode agradar e o outro também têm o direito de fazer uma escolha. Cada “tampa” é para o seu “tacho”. Aceite e respeite essa decisão. Por vezes é necessário aceitar um NÃO.

Vocês até gostam um do outro, mas as incompatibilidades se tornaram insuportáveis? Tentou ceder em alguns pontos?
Foi razoável e mesmo assim não deu para continuar a conviver com as diferenças de cada um? Bem, isso também faz parte do amadurecimento das relações. E que bom que você se deu conta de que pode fazer escolhas. Poderia continuar, mas a que preço? À base de quantas discussões e infelicidade mútua? Não vale a pena! Amor tem de inspirar sincronicidade e harmonia, pelo menos na maior parte do tempo. Se não for assim, melhor doer agora, mas abrir espaço para encontrar alguém com quem você se identifique mais...

O outro só a faz sofrer e mesmo assim você continua querendo ficar com ele?


É hora de ser inteligente! Chega de repetir que você não consegue viver sem essa pessoa, mesmo se olhando no espelho e constatando que se está a deixar destruir. Isso definitivamente não é amor! É doença, apego, dependência, mesmo vício. E para os vícios existem tratamentos. Vá se tratar! Terapia, grupos como Mulheres que Amam Demais ou afins, são formas de recuperar sua auto-estima. Enfim, Tudo tem uma resolução, tudo tem uma saída. Mas é você quem tem de a procurar! É da sua felicidade que estamos a falar! Largue o passado bem aí onde você está, e dê o próximo passo, livre-se deste peso. Vai continuar a doer? Provavelmente vai! por mais algum tempo....tudo passa. Quando alguém que nos é querido morre, temos de superar e ultrapassar...Tudo passa...Garanto! Mas vai passar mais depressa se aprender a cuidar de si! E acima de tudo a respeitar-se a si mesma!

Ainda existe amor entre vocês? Amam-se e sentem isso de verdade?
Estão passando por uma crise, mas o que há de bom vale a pena?
Talvez a distância seja importante por um tempo. Seja sincero. Fale o que sente. Fale o que quer e o que pretende. Aja de modo a gerar confiança. Mantenha os laços de afecto. Ouça as críticas e as reclamações e reveja seus comportamentos. É uma chance maravilhosa de amadurecer. Viva um dia de cada vez. Faça o seu melhor hoje e confie! O amor é mais forte do que qualquer crise quando duas pessoas estão certas do que querem.

Por fim, por mais que pareça clichê ou mera tentativa de aliviar sua dor, acredite: seja qual for o seu caso, se for pra ser, mais dia, menos dia, será! Mas se não for para ser, você pode doer até morrer, não será! Portanto, relaxe e entenda, de uma vez por todas, que seu ex pode até voltar a ser actual, mas agora, neste momento, é a hora de cuidar de si mesma! Afinal, para que o amor aconteça, seja com esta pessoa ou com outra, é preciso que você esteja bem! Que esteja bem para receber o amor de forma harmonioza e equilibrada. Acima de tudo tente não repetir padrões de comportamento...reflicta e veja o que é necessário mudar, pensando no outro, em si e fundamentalmente no que é necessário para gerar Felicidade. Goste de si, cuide-se e proteja-se a si própria...ninguém fará isso melhor que você.

1 comentário:

  1. Amei o texto. Me ajudou bastante!!! Parabéns pelo blog, que todos os anjos do céu lhe cubram de benção!

    ResponderEliminar

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!