terça-feira, 6 de março de 2012

Sila Tarot: Para ser bom Pai, ser bom marido...

Cada ser humano é o resultado da relação entre dois indivíduos: o seu pai e a sua mãe. E esta relação continua a viver dentro de nós como uma harmonia belíssima ou como uma dilaceração dolorosa. A relação entre os nossos progenitores constitui o que somos. Uma criança sente com todo o seu ser, a relação entre os seus progenitores, seja ela qual for. Se a relação estiver envenenada, o “veneno” circulará pelo o seu organismo. Se a atmosfera não for harmoniosa, crescerá em dissonância. Se estiver repleta de ânsias e inseguranças, também o seu futuro será incerto.
A conclusão então parece clara: se quer ser um bom pai, seja um grande marido. Se quer ser uma boa mãe, seja uma grande companheira para o seu marido. Isto até parece simples, mas na prática não é. Porquê?

Às vezes esquecemos-nos desta realidade. Temos demasiada confiança. Sabendo que a relação ia bem, deixei estar. Abandonada a relação à sua própria sorte, prontamente aparecem os desgostos, as recriminações.

Quando um casal reage a tempo e recupera o amor, os primeiros a perceber são os filhos.

Como manter e melhorar constantemente a relação conjugal? creio que a fonte do amor para os maridos está nas recordações dos melhores momentos.

Ao contrário do que muitos pensam, eu creio que o facto de apaixonar-se é o instante mais autêntico da relação entre duas pessoas; é quando elas vêm que todas as possibilidades se abrem diante delas, quando tocam a essência e a beleza do amor… É bom relembrar os momentos mais luminosos: o primeiro passeio juntos, a decisão de se casarem, a noticia da gravidez…

Tudo isso é a origem, a fonte: o lugar no qual tudo vai bem e é perfeito. É positivo regressar de vez em quando às origens e beber daquela fonte de água pura.

Todos temos a ganhar com isso...principalmente os filhos!



4 comentários:

  1. Concordo! As crianças são o melhor do mundo!

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente que para se ser um bom pai é necessário não esquecer de ser um bom marido. O pai não pode ter uma boa relação com os filhos se a relação com a mãe dos filhos não é boa.
    Júlia

    ResponderEliminar
  3. São mesmo! Devem ser protegidas a todo o custo! Sejam Felizes! Sila

    ResponderEliminar
  4. Júlia, Nós como adultos devemos ter a maturidade e a sabedoria suficientes para sabermos lidar com a relação. Devemos procurar o entendimento a todo o custo. As crianças sentem tudo, é necessário que se tornem adultos equilibrados e auto-confiantes e para isso precisam de confiar tanto no pai, como na mãe. Serão eles o seu exemplo de vida. Sejam Felizes, Sila

    ResponderEliminar

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!