quarta-feira, 18 de abril de 2012

Sila Tarot:Cutting ou Auto-mutilação


Uma das perturbações emocionais que me causa mais angústia é o cutting, ou auto-mutilação. Muitos jovens e adolescentes pegam em facas e tesouras para se cortarem como forma de aliviar a dor e a angústia que os atormenta.

A lógica deste comportamento baseia-se na crença de que uma dor superior alivia uma dor menor, ou seja, se me dói um dedo, essa dor terá pouca importância se entretanto partir uma perna! Sendo assim, a dor de um corte na barriga, nos braços, onde for, irá proporcionar um breve esquecimento do sofrimento da alma. O objectivo não é o suicídio, mas a frustração de não conseguir ultrapassar os problemas poderá conduzir a isso mesmo, além do perigo que representa um corte mais profundo no local errado!

É bastante comum verificar esta patologia em simultâneo com distúrbios alimentares e por conseguinte, é importante que os pais e educadores estejam atentos, porque acreditem, não é uma pieguice para chamar a atenção! Até porque normalmente os doentes escondem os cortes o quanto podem, como se fosse um segredo que lhes confere algum poder, enquanto controlam a situação.




É imperativo que a família ajude o jovem, começando pela reconstrução da sua auto-estima, restabelecendo os laços afectivos que muitas vezes, até por distracção, podem ter sido negligenciados e por isso mesmo ter proporcionado o isolamento e sentimento de abandono do adolescente. Actividades familiares de lazer, incentivar o jovem a participar em actividades lúdicas e desportivas que sejam do seu agrado e lhe permitam desenvolver os seus dons, mas sobretudo o acompanhamento psicológico que é fundamental para a cura, podendo frequentar uma terapia de grupo até com os pais, afinal de contas, o seu filho não ficou deprimido sozinho!

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!