domingo, 29 de julho de 2012

Sila Tarot: A Acupuntura! Todas as Respostas!





Introdução

Acupuntura é uma forma de tratamento desenvolvido pelos chineses á milhares de anos. É uma das técnicas que compõem a Medicina Tradicional Chinesa, com sua filosofia taoísta, onde o físico, o psíquico, e o espiritual interagem com todo o universo.


Definição


Baseia-se no estímulo dos pontos específicos, distribuídos pelo corpo em canais ou meridianos. Nesses canais circulam as energias, força Vital que dá vida ao organismo.


Acupuntura é uma técnica de tratamento milenar originária da medicina tradicional oriental, cujo objectivo é a manutenção da saúde, através do estímulo de pontos específicos do corpo.






Terapia, efeitos e tratamento Segundo esta terapia, nosso corpo possui um fluxo de energia (chi), que, ao ser interrompido, interfere no equilíbrio do corpo. Com a perda do equilíbrio, consequentemente, surge a doença.

A palavra "acupuntura" origina-se do latim, sendo que acus significa "agulha" e punctura significa "puncionar". A acupuntura se refere, portanto, à inserção de agulhas através da pele nos tecidos subjacentes, em diferentes profundidades e em pontos estratégicos do corpo para produzir o efeito terapêutico desejado.

O terapeuta trabalha este fluxo de energia vital através da inserção de agulhas em pontos específicos do corpo, com o objectivo de o equilibrar. Estes pontos podem ser estimulados também por pressão ou calor.





Esta terapia complementar tem seus efeitos reconhecidos na medicina ocidental, entretanto, o tratamento tradicional não deve ser substituído por esta sem o conhecimento e consentimento médico. Seus efeitos benéficos actuam de forma complementar e não substitutiva. As pessoas que fazem tratamento médico devem sempre comunicar ao seu médico qualquer que seja o tratamento complementar que estiver a realizar.
Acupuntura promove um equilíbrio geral no organismo, pois nenhuma doença existe isoladamente, sempre está associada a algum desequilíbrio geral. Além do sintoma principal, haverá outros sintomas, mesmo de menor importância, que são reflexos do mesmo desequilíbrio. Que quando tratado correctamente promoverá a cura do paciente como um todo.

Apresenta muitos efeitos positivos sobre a saúde e bem estar, e de forma geral sentem-se efeitos de relaxamento, bem estar, alívio da dor e tensão, etc.


A acupuntura visa o equilíbrio do ser, melhorando o indivíduo como um todo e não provoca efeitos colaterais, sendo uma técnica preventiva e curativa, portanto tendo um vasto campo de actuação nos desequilíbrios psicofísicos.

Dentro das as mais conhecidas estão: As artroses e artrites em geral, dores na coluna, ciática, tendinites, distensões musculares, contusões, cólica neflítica, cólica e constipação intestinal, asma, alergias, enxaqueca e dores de cabeça crônicas, gastrites e distúrbios digestivos, irregularidades menstruais e dimenorréias, resfriados e gripes, sinusites, sequelas de acidente vascular cerebral e outras sequelas neurológicas, stress, depressão e outros distúrbios emocionais.




ACUPUNTURA CAUSA DOR?

A impressão geral é a de que provoca dor porque são introduzidas agulhas na pele, mas contudo, não é verdade. As agulhas usadas de forma mais comum, são muito finas e são introduzidas á superficie da pele com técnicas especias. Algumas pessoas pensam ser doloroso, possivelmente por uma aversão natural à idéia de ter a pele perfurada.


Curiosidades:

- Há relatos da prática da acupuntura na pré-história chinesa. Esta terapia difundiu-se na Europa durante a Idade Média.

- Já existe a aplicação da acupuntura em animais, como por exemplo, cães e gatos.








BREVE HISTÓRICO

A primeira descrição histórica da acupuntura como terapêutica é feita por Ssu Ma Ch'ien no "Shih Chi", 90 AC. O tratamento seria efetuado através da queima de lã de Artemísia, ou "moxa", ou pela punção de abcessos feita com pedras ponteagudas. O "Nei Ching" traz a primeira sistematização de todos os conceitos de saúde existentes no final da era dos "Estados em Guerra" e início da era Han. Surgem os pontos como locais de estímulo, os doze canais e a associação entre canais e órgãos. Posteriormente o "Nan Ching" refina a Medicina de Correspondência Sistemática, definindo as regras e procedimentos que seriam utilizados pela acupuntura até os nossos dias. Somente na era Song surge outra obra importante, o "Da Cheng", que reúne a experiência prática de acupuntura existente nesta época. O "Nan Ching" foi um pouco esquecido como referência básica nos séculos seguintes, a visão sincrética e controversa do "Nei Ching" se estabelecendo como a principal, inclusive tendo sido o que primeiro se conheceu no Ocidente.




A ACUPUNTURA NO OCIDENTE

Notícias sobre uma forma exótica de medicina praticada pelos chineses já chegavam ao Ocidente desde 1255. Padres jesuítas portugueses, ao viverem longos períodos no Japão a partir do século 16, puderam conhecer mais detalhes da forma japonesa de praticar a medicina chinesa. No século 17 começaram os relatos médicos propriamente ditos. O interesse da comunidade médica foi finalmente aceso quando houve a notícia de que um jornalista americano foi tratado com acupuntura, e de que na China a acupuntura era usada como forma analgésica em cirurgias. Várias clínicas de dor crónica passaram a usá-la como terapia, e com o despertar do movimento alternativo, mais e mais pessoas passaram a interessar-se pela acupuntura. Acupuntura é recomendada pela Organização Mundial de Saúde nos cuidados básicos de saúde.


Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!