sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Sila Tarot: Cristaloterapia






Desde há milénios que os cristais são utilizados para terapias e para o restabelecimento do equilíbrio.

Funcionam através da ressonância e da vibração.

È possível obter benefícios com cristais para complicações comuns, uma vez que se tratam de remédios eficazes para primeiros socorros, especialmente quando são elaborados a partir de essências de gemas.






Como os cristais agem no reequilíbrio do organismo?


É comprovado pela ciência que tudo no mundo e no universo é permeado por campos eletromagnéticos. Se observarmos a membrana de nossas células, veremos que elas são formadas por forças de atração entre seus componentes, criando uma película microscópica que é essa membrana, permeada por um campo eletromagnético que surge a partir dessas forças.
A partir da compreensão deste simples exemplo das nossas células, é possível entender como e porque os cristais podem reequilibrar nossas energias, ou seja, nossos campos eletromagnéticos.
Os cristais, assim como tudo o que existe, também são formados por essas forças eletromagnéticas, e por serem compostos minerais tem a propriedade de serem excelentes captadores e transmissores de energia, interferindo diretamente nos nossos campos energéticos.






E como as nossas emoções promovem desequilíbrios no organismo?


Os campos eletromagnéticos também são formados pelas nossas emoções e pensamentos. Quando pensamos em mexer um dedo enviamos um impulso elétrico para que o dedo se mexa. Esse impulso elétrico faz uma série de mudanças nas energias das células nervosas para que a informação de "mexer o dedo" seja executada. Este estímulo nervoso muda momentaneamente o campo eletromagnético, ou se preferir dizer "campo energético", gerado pelas células. Então, podemos entender de maneira simplificada que os pensamentos e emoções desequilibrados podem desequilibrar nossos campos energéticos.

Viu como é fácil entender, de maneira simplificada, o conceito de energia e campos energéticos?

Muitas vezes esse tipo de terapia, entre outras, são mal explicadas e acabam sendo compreendidas como algo exotérico, mágico e sobrenatural, mas na verdade tudo pode ser explicado pela física e mais profundamente explicado pela física quântica.
A cristaloterapia é uma terapia muito rica e complexa. Existem muitos cristais diferentes e sua classificação leva em conta uma variedade de fatores da sua formação. Assim, é feito uma leitura da formação de cada cristal, o que o leva a ter sua individualidade e suas propriedades específicas.

Alguns cristais contêm minerais conhecidos pelas suas propriedades terapêuticas. O cobre, por exemplo, reduz o inchaço e a inflamação. A Malaquite contém uma elevada concentração de cobre, que alivia as dores musculares e das articulações.
Os cristais são utilizados nas práticas médicas modernas. Os xamãs e os terapeutas de cristais dos tempos antigos já estavam familiarizados com a capacidade que os cristais têm de concentrar vibrações de som e de luz num feixe, que era em seguida utilizado na terapia.



Rodar uma varinha de cristal na pele provoca uma compressão que liberta um feixe concentrado no órgão que se encontra por baixo.







Os antigos terapeutas também sabiam que enquanto alguns cristais são fontes de energia ou calmantes, existem cristais que tanto têm um efeito sedativo num órgão hiperactivo, como estimulam um órgão inactivo, como por exemplo a Magnetite.
Há cristais que curam rapidamente, podendo provocar uma crise de cura, enquanto outros produzem os seus efeitos de uma forma bastante mais lenta.

Se quiser lidar com a dor – um sinal de que algo não está bem no seu corpo – pode fazê-lo com os cristais. A dor pode resultar de um excesso de energia, de um bloqueio ou de uma debilidade. Um cristal frio e calmo como o Lápis-lazúli ou o Quartzo Roséo tem um efeito calmante, enquanto a Cormalina tem um efeito estimulante, sendo o Quartzo Catedral excelente para o alivio da dor, independentemente da sua causa.

Os cristais são excelentes para lidar com dores de cabeça. O Lápis - Lazúli desvanecerá rapidamente uma enxaqueca. Mas é necessário saber de onde provém a dor de cabeça. Se for causada por stress, uma pedra de Ametista, Âmbar ou Turquesa colocada na sobrancelha aliviará a dor. Se estiver relacionada com comida, deve-se utilizar uma pedra apropriada, que acalme o estômago, tal como a Pedra da Lua ou a Citrina.


Veja abaixo alguns exemplos de cristais que pode usar levando no bolso, pendurado em colares, pulseiras, brincos, etc.



Crisocola

É um cristal de cores verde, azul e turquesa. Trabalha em nós a serenidade e favorece a meditação e comunicação, porque ela acalma, purifica e revigora todos os chakras. É muito indicada para tensão pré-menstrual, cólicas, espasmos musculares, artrite, doenças ósseas, problemas respiratórios, má digestão, ulceras e pressão alta.



Quartzo Rosa

É o cristal do amor incondicional e da paz infinita. Principal cristal para realinhar o chakra do coração, ensinando-nos a verdadeira essência do amor. Traz calma, sensação de paz, pureza, amor-próprio e amor para com o próximo.




Quartzo Verde
Assim como o quartzo rosa, é um cristal que trabalha o chakra do coração. Tem a propriedade de transmutar energia negativa acumulada nesse chakra, inspira a criatividade e equilibra o sistema endócrino.




Ágata
Possui uma variedade de cores. É um cristal de efeito purificador do corpo e emoções. Trabalha, principalmente, as questões emocionais que impedem a aceitação do amor.




Citrino
É um cristal de cores amarelo e marrom-amarelado, ou cinza e marrom-esfumaçado. É carregado pela energia solar, portanto traz calor. Promove revitalização, estimula a criatividade e o sistema de alerta de modo que possamos tomar providências para nos proteger de influências negativas.



Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!