sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Sila Tarot: As 7 coisas que uma mulher NÃO deve fazer na cama!




1. Falta de iniciativa: já se foi o tempo em que a mulher se deitava, de camisa de dormir com furos estratégicos e satisfazia o homem na perpetuação da espécie. Hoje homens odeiam mulheres que nunca pedem por sexo, que não os provocam, que se deitam e ficam imóveis e pior, jogam nas mãos masculinas TODA a responsabilidade pelo prazer conjugal. A dança é a dois! Participe! É verdade que eles gostam de ter o controle, sentirem que estão dominando a relação, porém, passividade na hora H gera rotina e acaba tornando o sexo entediante.






2. Total desconhecimento da anatomia do Homem: Existem mulheres que acham que "ele" - o dito-cujo - vai atacar e morder e também aquelas que o querem quebrar. E ainda as que pensa que os testículos são bolas e apertam de um modo de dar dó. O encontro sexual deve ser calmo, e numa constante descoberta pelo corpo do parceiro. Naturalmente as primeiras vezes, poderão ser as menos proveitosas, devido á inexperiência, no entanto a tendência é sempre de melhorar. Lembre-se que, após a ejaculação, o membro masculino fica extremamente sensível e é necessário um certo tempo, para que ele se volte a ativar. Portanto, respire um pouco e relaxe, se tentar excitá-lo dois segundos após o orgasmo, ele pode-se sentir incomodado e o momento vai por água abaixo.


3. Banho, só aos sábados: Há que ter sempre o cuidado de tomar um duche, antes do acto sexual. Não é agradável, mas mais comum do que se imagina, que isso não aconteça depois de umas horas a dançar ou depois de um dia de trabalho. Não é conveniente, deixar os preliminares a meio e dizer que vai tomar banho. O sexo envolve todos os sentidos, assim o olfacto e o paladar são de extrema importância.






4. Nojo do sexo oral: Da mesma forma que as mulheres querem bons preliminares, antes da penetração, o homem também precisa de ser estimulado. O sexo é uma partilha constante entre os dois. Deve-se dar e receber.


5. Privação dos sentidos: O sexo desperta todos os cinco sentidos, certo? Observa-se, fala-se, ouve-se, saboreia-se, cheira-se e toca-se. Quando um deles é eliminado, começa a perder a graça. Isto é válido para todas as mulheres, que querem fazer totalmente no escuro. Até pode ter graça, uma vez ou outra, como brincadeira erótica, mas de todas as vezes, só vai transparecer que tem um tremendo problema de auto-estima ou está a esconder alguma coisa (provavelmente é a celulite que os homens, nem ligam). Também, nessa categoria todas aquelas que não emitem som nenhum. Não demonstram ao parceiro se está a gostar, ou a agradar, (válido para os dois sexos). Depois não se queixem. Demonstrar o que sente, não causará nenhuma impressão errada. Bem pelo contrário. Ajudará ambos a conhecerem-se e a desfrutarem mutuamente do sexo.



6. A embalagem: As mulheres reclamam dos homens com cuecas furadas ou com as famosas meias na hora H, mas o que dizer das lingeries bege? Não dá para pensar em outra coisa senão: “Foi roubada da avó". Ou ainda do fio dental minúscula num primeiro encontro? Traz pensamentos não muito abonadores sobre a integridade moral da parceira. E mais, para coroar a noite, a lingerie vermelha comprada numa feira qualquer. Prive pela simplicidade.



7. Discursos inapropriados:  Falar do que estava a fazer, ou do que tem agendado, quebra a excitação do momento, mas há ainda os seguintes exemplos:

A guia: dá todas as indicações possíveis e imaginárias de como o homem tem que agir, não dando espaço para nenhuma improvisação. A Sargento, que ao invés de dicas, grita ordens.

A artista porno: solta frases dignas dos filmes mais pesados que já viu!

A mamã: conversa com o pênis como se estivesse falando com um bebé recém-nascido. E ainda dá apelidos carinhosos.

A falsa santa: Explica que não faz isso com mais ninguém e só abriu o precedente para si.

A crítica de arte: comenta a performance masculina durante ou logo após o acto sexual. Ainda piora quando faz comparações com algum ex.


8. Não critique o físico dele e muito menos o compare com outro homem. Isso faz com que ele se sinta inseguro, logo, perdendo toda a animação para o sexo. Procure também não divulgar o seu histórico sexual. Comentar sobre as relações anteriores é desnecessário, inclusive sobre o seu ex.




Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!