quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Sila Tarot: O que é a Hipnose?





Existem muitas definições sobre o que é hipnose mas acredito que a mais simples e verdadeira é que hipnose é um estado alterado de consciência em que o consciente e o inconsciente podem ser focalizados e susceptíveis à mudança.


A hipnose é um conjunto de fenómenos específicos e naturais da mente, que produzem diferentes impactos, tanto físicos quanto psíquicos. Esses fenómenos poderão ser induzidos ou auto-induzidos através de estímulos provenientes dos cinco sentidos, sejam eles conscientes ou não.

Todas as pessoas passam por esses estados de uma forma mais ou menos involuntária.

Já repararam quando estamos no semáforo e ele fica verde e continuamos ali parados sem reparar até o carro de trás apitar? Ou então quando conduzimos do ponto A ao ponto B e quando chegamos não nos lembramos da maioria da viagem porque viemos em “piloto automático”? Ou então quando estamos sentados, talvez numa esplanada, a sonhar acordados? Ou quando nos perdemos a ver um certo programa de TV? O que acontece nesses momentos? A mente “vagueia” e perdemo-nos em pensamentos… Esse estado alterado é uma forma de transe hipnótico.

Quando se fala em hipnose, não se fala em mais do que induzir esse transe de forma objectiva, no momento apropriado e com um objectivo concreto. Os objectivos são, normalmente, os de aceder a recursos que já temos no inconsciente mas aos quais não conseguimos aceder facilmente (ou de todo!) de forma consciente.


É neste sentido que a hipnose é usada, para que se consiga relaxar o suficiente para poder aceder a recursos do seu inconsciente ou integrar de forma mais profunda novos conhecimentos e novas aprendizagens. É uma ferramenta poderosa apesar de todos os mitos que circulam à sua volta.





 


Concretizando, ao aceder ao seu inconsciente, dispõe-se de muitos mais recursos para enfrentar os desafios que se lhe apresentam. Alguns dos muitos exemplos do uso actual da hipnose são o controlo de “maus hábitos”, o relaxamento, o controlo da dor, o reforço da confiança e da determinação, a alteração de comportamentos, a visualização, a obtenção de novas perspectivas, o apoio no tratamento de depressão, a melhoria da concentração, problemas de fala, insónia, fobias, etc.



Como Funciona?
 

Na Psicoterapia, podem-se usar várias técnicas de ajuda, e pode incluir a hipnoterapia, que pode ser usada para desencadear um fenómeno que acontece na medida em que o paciente regride para uma idade do passado tendo essa como presente, ou seja, se voltar aos seus 5 anos de idade, ele achará que realmente tem 5 anos. Pode ajudar a resolver traumas, origem de fobias, etc. Se nessa época viveu algo traumatizante, o objetivo do terapeuta é fazer o manejo desse facto, buscando uma ressignificação, proporcionando ao paciente novas experiências, ou seja, novas aprendizagens com objetivos de buscar a solução, buscar a mudança.

Esses fenômenos produzem diferentes impactos tanto físicos como psíquicos. Físicos como no caso da catalepsia que é um enrijamento de um membro do corpo, ou a anestesia de um local do corpo. Impactos mentais como a amnésia ou hipermnésia. Esses poderão ser induzidos pelo hipnoterapeuta ou auto-induzidos, no caso da auto-hipnose ou mesmo no treinamento autógeno, que é um auto-relaxamento. A indução ocorrerá através de estímulos provenientes dos cinco sentidos, pois qualquer estímulo pode induzir um dos fenómenos hipnóticos, e estes podem manifestar-se por qualquer um dos sentidos.






 

Existe três tipos de hipnose: leve, média e profunda. Em todas elas estará sempre consciente. É impossível o psicólogo lançar uma “magia”sobre si, para pensar que pode voar. Se o psicólogo abandonasse o consultório,o máximo que pode acontecer, é acabar por adormecer. Na minha opinião, a hipnose é uma das prática mais importante de um psicoterapeuta. Um dos objetivos da hipnose é descobrir raízes de problemas que jamais iria descobrir por si próprio. A hipnose é fantástica. Pode descobrir a matricula de um carro, que passou por si, há algum tempo atrás. Se quer saber mais sobre o assunto, recomendo a leitura do livro "Psicologia da Alma" do Dr. Joshua David Stone.

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!