quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Sila Tarot: Cura Reconectiva - O que é? Como Funciona? Toda a Explicação Aqui!



Cada sessão proporciona 45 minutos de agradável relaxamento. O terapeuta facilita a cura através da imposição de mãos sobre os meridianos do paciente e sem nunca lhe tocar. O paciente descontrai e cura-se na medida em que se permite a si próprio receber a cura que lhe pertence. A cura é sua e para sempre.


Perguntas Frequentes

O que é a Cura Reconectiva?

Esta é uma forma de cura que está no nosso planeta pela primeira vez. Reconecta-nos com a plenitude do Universo e, por consequência, com a plenitude do nosso Ser. Acredita-se que isto acontece graças a uma nova gama de frequências totalmente novas, cuja realidade se pode constatar claramente tanto durante as sessões como em laboratórios científicos.


A Reconexão (The Reconnection) implica um processo abrangente que nos reconecta com o Universo, permitindo que se dê a Cura Reconectiva (Reconnective Healing). Estas curas e frequências evolutivas pertencem a uma banda electromagnética que nos chegam através de um novo espectro de luz e informação. Graças à Reconexão somos capazes de interagir com estes novos níveis de luz e informação e, assim, reconectarmo-nos. Isto é algo novo. Isto é diferente. Isto é real – e pode ser tecido em cada um de nós.
 

Qual a diferença entre a Cura Reconectiva e a Reconexão?

São duas coisas distintas, sobretudo na intenção que as motiva. A intenção da Cura Reconectiva é, na sua essência, a cura em si: seja ela física, mental, emocional, espiritual ou a qualquer outro nível. A intenção da Reconexão é devolver-nos à plenitude da nossa ligação natural com o Universo, através de duas sessões separadas por um ciclo de sono entre ambas. Ao passar por este processo irá também usufruir dos benefícios de uma Cura Reconectiva. Este é um processo que tem lugar apenas uma vez na vida, ligando-o permanentemente à grelha electromagnética do planeta e do Universo, através do realinhamento de linhas axiotonais e pontos energéticos do corpo humano (meridianos utilizados na acupunctura) que reflectem pontos e linhas equivalentes a nível planetário e universal.



Como é que o Dr. Eric Pearl descobriu a Cura Reconectiva?


Como médico quiroprático, Eric geriu uma clínica quiroprática de sucesso ao longo de 12 anos, até que um dia os seus pacientes começaram a afirmar que sentiam as suas mãos – mesmo sem lhes ter tocado. Em pouco tempo os seus pacientes começaram a afirmar terem visto presenças na sala, como anjos e terem recebido curas milagrosas em doenças como cancro, SIDA, Fadiga Crónica, problemas congénitos, paralisia cerebral, e outras condições complicadas. Tudo isto acontecia enquanto o Eric mantinha as suas mãos próximas dos pacientes. E assim é até aos dias de hoje.

Como é que isto se compara com outras terapias energéticas utilizadas até hoje?

Muitos de nós já nos apercebemos que o tempo parece estar a acelerar e a expandir-se. Estamos num período de transição ao qual já se deram vários nomes, como A Grande Mudança (The Great Shift) e A Mudança Das Eras (The Shift Of Ages). Estes são termos utilizados por cientistas como Gregg Braden, ao referir-se a esta transição já anunciada pelos Mayas, Incas, Índios Hopi, Edgar Cayce e a Kabalah (tanto a Judaica como a Cristã). No seu livro “Walking Between The Worlds” (“Caminhando entre os mundos”), Braden define a mudança como “…uma época na História da Terra em que há uma nova vivência da consciência humana. A mudança, caracterizada pela convergência entre a diminuição do magnetismo planetário e o aumento da frequência planetária a um dado momento, constitui uma oportunidade excepcional para remodelar colectivamente a expressão da consciência humana. A mudança é o termo que se aplica ao processo segundo o qual a Terra acelera através do decurso de mudanças evolutivas, com a espécie humana voluntariamente conectada aos campos electromagnéticos terrestres, pretendendo adaptar-se através de um processo de mudança celular.”



 
No âmbito da cura, muitas das técnicas até aqui utilizadas resistiram à prova do tempo, mas agora temos mais, e também somos mais. Assim, as velhas técnicas já não são suficientes no novo paradigma em que estamos a viver. Da mesma maneira que duas lanternas não seriam apropriadas para utilizar como faróis num carro, apesar de terem sido úteis quando utilizadas em carruagens puxadas por cavalos. O problema das técnicas disponíveis até agora é, entre outras limitações, o facto de estarem sujeitas a rituais de protecção, como o tirar de jóias, cintos, relógios, etc., ter fé na terapia e/ou no terapeuta, o que já não acontece nas novas frequências.
 
 
Ao contrário de outras técnicas de cura, o papel do terapeuta é neutro, sendo apenas um facilitador da cura, um observador da comunicação entre o paciente e o Universo. Em parte porque as técnicas de cura que conhecíamos até agora já faziam parte das frequências da Cura Reconectiva. Eram fracções ou vislumbres do seu aspecto total. Ainda que esta analogia não lhe faça justiça, poderia pensar nas diferentes técnicas que conhece como as letras do alfabeto e escolher letras ao acaso. Por exemplo, a técnica C, J, P, Q, R. Se só conhecesse a técnica “R” iria estar um pouco limitado em relação ao número de palavras que poderia construir. Se conhecesse duas técnicas (neste exemplo, duas letras), teria uma amplitude um pouco maior. Se tivesse as cinco letras acima continuaria mesmo assim limitado. Cada uma destas letras é uma parte do alfabeto. Se tivesse as 26 letras poderia comunicar de uma maneira mais completa. Não só poderia soletrar palavras como poderia escrever uma biblioteca completa. Assim que começamos a trabalhar com as frequências da Reconexão, deixamos de utilizar apenas as partes. Não perdemos o R nem o Q quando acedemos ao alfabeto completo.


 
A Cura Reconectiva (Reconnective Healing) é mais global e abrangente, reflectindo a fase de mudança que o planeta atravessa e a presença de novas frequências de energia, luz e informação.

Quer dizer que esta é melhor que outras terapias?

Não se trata de “melhor ou pior”, trata-se de qual é a mais adequada. Da mesma maneira que duas velas não seriam o mais apropriado num automóvel de noite na auto-estrada, os faróis de halogéneo também seriam despropositados como iluminação em cima de uma mesa de jantar.


Esta terapia tem tido sucesso no tratamento de todo tipo de doenças?

Existem tantos testemunhos ao longo dos últimos anos que, neste momento, é quase impossível recordar todos os casos específicos. Três pessoas com o mesmo diagnóstico e os mesmos sintomas podem receber três resultados completamente diferentes. Algumas das maiores e mais espectaculares curas são casos em que não sabemos nada em absoluto do que se queixa o paciente. Como diz Eric Pearl, “quanto menos o terapeuta souber sobre o paciente, melhor.”


 
A Cura Reconectiva funciona só com problemas físicos?

A cura é o regresso ao equilíbrio. Cada desafio de saúde é uma combinação de factores físicos, mentais, espirituais e emocionais (e provavelmente outros para os quais ainda nem temos nome). Simplesmente classificamos o problema segundo a característica predominante. O terapeuta não necessita saber quais a dificuldades que o paciente enfrenta. A Cura Reconectiva não “trata” nada específico, mas na presença destas frequências o paciente poderá permitir-se receber vários benefícios e recuperar o seu equilíbrio integral, tanto a nível físico como mental, emocional e espiritual, podendo receber intuições e testemunhar sincronicidades e desbloqueios gerais nas horas e dias que se seguem à sessão.


 
Eu sei que há outros praticantes, mas não seria melhor ir ao próprio Eric Pearl?

Parece que com a simples interacção com Eric Pearl, as pessoas tornam-se capazes de sintonizar e captar esta capacidade instantaneamente. Os participantes nos seminários de A Reconexão® / Cura Reconectiva®ficam preparados para faciltar a cura imediatamente após o curso tão eficazmente como o próprio Dr. Pearl. Lembre-se que o terapeuta é apenas um facilitador. A fonte da cura é Deus, Amor e/ou o Universo, como preferir chamar-Lhe, desde que o paciente se permita receber a cura que lhe pertence. Eric Pearl é o instrumento através do qual estas curas estão a ser apresentadas ao mundo.


O que posso esperar durante uma sessão de Cura Reconectiva ou de Reconexão? Qual a melhor forma de me preparar?
O mais importante é chegar ao consultório sem expectativas nem ansiedades e simplesmente permitir-se descontrair e receber tudo o que tiver que receber. Procure vestir roupa confortável e com poucos acessórios. A experiência de cada pessoa com a Cura Reconectiva é única e pessoal. Além da cura pretendida, com frequência ocorrem benefícios que vão muito além do esperado. As curas podem ocorrer de muitas maneiras. A melhor forma de permitir uma cura é mantendo uma atitude de ânimo, sem expectativas nem apegos quanto ao resultado final. Deite-se na marquesa, relaxe, cerre os olhos e simplesmente repare no que acontece. Torne-se simultaneamente no observador e no observado.

Sinta-se confortável, num ambiente relaxado e seguro, deite-se de costas na marquesa, feche os olhos e esteja atento às sensações. Simplesmente observe quando surgir algo para observar (sensações físicas, ideias, visões). Abandone-se no usufruto desse momento de relaxamento e ofereça-se essa oportunidade de descanso e, se quiser, até adormecer.

Não é necessário preocupar-se em não pensar em nada, ficar com a mente vazia ou em branco. Regra geral as pessoas têm dificuldade em não pensar em nada. A mente não descansa. Basta reparar em algo em que possa fixar serenamente a atenção (como o bater do coração ou a respiração). Isto dá-lhe algo com que se ocupar e ajuda a aliviar o stress que surge com frequência quando se tenta fazer nada ou pensar em nada, e se descobre que não sabe como o fazer. Foque a sua atenção no seu interior e permita que essa atenção percorra o seu corpo. Não precisa de respirar de uma forma especial, fazer visualizações ou focar-se num resultado desejado, não são necessários mantras nem orações. Basta dispor-se a receber a cura que é sua, sem acessórios nem rituais que possam interferir com o seu estado natural de receptividade ao bem-estar, permitindo o usufruto tranquilo da plenitude desta experiência.


De quantas sessões irei precisar? Quanto tempo demora a receber uma cura?
A Cura Reconectiva não necessita de visitas regulares embora possa ser repetida as vezes que quiser. Uma sessão – ou talvez até parte de uma sessão – pode ser o suficiente. Regra geral recomenda-se que considere a possibilidade de efectuar até três sessões. E, ainda que cada sessão seja especial, muitas pessoas afirmam que acontece algo de especial na terceira sessão.

O tempo que a cura demora a surtir efeitos é proporcional ao tempo que a pessoa leva a decidir aceitá-la.

A cura é sua, a evolução é sua. Ninguém lhe pode tirar isso. Nunca.


Estudos Científicos sobre a Cura Reconectiva


A Cura Reconectiva (The Reconnective Healing®) é uma nova modalidade de cura energética que está a ganhar rápida popularidade no mundo inteiro, tendo já levado as Nações Unidas a convidar o Dr. Eric Pearl para fazer um discurso de apresentação do seu trabalho. Acredita-se que a Cura Reconectiva está a ligar as pessoas a um novo conjunto de frequências vibracionais que estimulam a cura do corpo, mente e espírito, promovendo um regresso ao equilíbrio. Em termos práticos, os terapeutas de Cura Reconectiva trabalham com as suas mãos para sentir e sintonizar os campos bioenergéticos dos pacientes tratados. Existem actualmente diversos estudos científicos com o objectivo de etudar os efeitos da Cura Reconectiva nos terapeutas e no seu meio ambiente, e até ao momento, alguns relatórios têm sido publicados na imprensa em Inglês e em Russo. O objectivo destes estudos é analisar os efeitos de longo prazo da Cura Reconectiva nas pessoas.

O sucesso das curas e a facilidade na detecção e medição destas frequências associadas à Cura Reconectiva está a atrair um crescente interesse por parte de cientistas e investigadores médicos e das maiores universidades mundiais. Entre estas, incluem-se o Jackson Memorial Hospital, UCLA, Cedars-Sinai Medical Centre, o VA Hospital, Universidade do Minnesota, 
Universidade de Miami Medical School e a Universidade do Arizona – onde Eric Pearl discursou para uma platéia médica sob convite do Dr. Andrew Weil. Novos projectos de investigação estão actualmente a realizar-se em vários laboratórios sob a direcção de cientistas de grande renome como Gary Schwartz, PhD., William Tiller, PhD., Konstantin Korotkov, PhD. entre outros.

Os relatórios científicos estão disponíveis nestes sites:


Fotos Kirilianas da mão direita de Eric Pearl realizadas por uma equipa investigação médica francesa (Julho 1998) antes e depois de uma sessão de cura reconectiva.
(Á Esquerda_ Antes do modo de Cura - Á direita_Depois do modo de cura)


As Cura Reconectiva também pode ser feita à distância e em todo o tipo de animais e plantas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!