quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Sila Tarot: Conheça os Poderes de Yemanjá!


 
Iemanjá (yemanjá), Muito celebrada no Brasil, a Rainha do Mar, mãe de quase todos os orixás, é exaltada por negros e brancos. Iemanjá, possui vários nomes, dependendo de cada região do Brasil, mas a sua origem vem de África.
 
Iemanjá é a padroeira dos amores e muito solicitada em casos de desafetos, paixões conflituosas, desejos de vinganças, tudo pode ser conseguido caso ela consinta. Iemanjá exerce fascínio nos homens, sua beleza é o esteriótipo da beleza feminina: Longos cabelos negros, feições delicadas, corpo escultural e muito vaidosa.

Têm poderes sobre todos aqueles que entram em seu domínio, o mar. Venerada e respeitada por pescadores e todos aqueles que vivem no mar, pois a vida dessas pessoas estão em suas mãos, segunda a lenda é ela quem decide o destino das pessoas que adentram seu império: enseadas, golfos e baías. Dona de poderes, a tranquilidade do mar ou as tempestades estão sob o seu domínio.

No sincretismo religioso, Iemanja tem identidade correspondente a outros santos, como na igreja católica é Nossa Senhora de Candeias, Nossa Senhora dos Navegantes, Nossa Senhora da Conceição, Nossa Senhora da Piedade e a Virgem Maria.


Em cada local do Brasil Iemanjá é festejada, mas as datas diferem que dependem do local da celebração. No Rio de Janeiro seu culto é festejado no dia 31 de Dezembro, junto a passagem de ano, ondes os devotos oferecem oferendas: Velas, espelhos, pentes, flores, sabonetes e perfumes, etc. na esperança de que ela leve todas as tristezas, problemas e aflições para o fundo do mar e traga dias melhores. Na Bahia, é comemorada no dia de Nossa Senhora das Candeias, 2 de fevereiro. Venerada nos Candomblés da Bahia, recebe muitas homenagens e oferendas.

Iemanjá também é conhecida como deusa lunar, rege os ciclos da natureza que estão ligados a água e caracteriza a "Mudança", na qual todas as mulheres são submetida devido á influência dos ciclos da lua.

 

Mãe de quase todos os órixas, é a deusa da compaixão, do perdão e do amor incondicional. É o arquétipo da maternidade. Pode ser representada como uma mulher com vestes com as cores branca / azul ou metade mulher, metade peixe, ou seja uma sereia.

Deve-se presentear com ofertas á beira-mar, que devem ser oferecidas á 7ª onda. Se forem levadas, Yemanjá aceitou o pedido, caso contrário, será rejeitado. Quanto mais se der, mais se recebe. Leva o que o aflige e traz dias melhores.


Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!