terça-feira, 5 de março de 2013

Sila Tarot: A Interferência do Destino!

 
Nunca as pessoas procuraram tantas fórmulas para encontrar a serenidade e a compreensão diante dos dilemas emocionais da vida. Muitos fazem terapia, outros apoiam-se em medicamentos, há os consumistas de literatura filosófica, psicanalítica ou de auto-ajuda, há quem busque respostas na astrologia, os que se consolam na religião, mas ainda que tudo isto ajude a lidar com os questões que nos perturbam, nada parece ser convincente o bastante. Alguém consegue ter 100% de certeza sobre as escolhas que deve fazer? Vai ou fica? Arrisca ou espera? Aceita ou recusa?
 
Todos os dias tomamos decisões, a maioria delas corriqueira, mas há momentos em que nos sentimos paralisados pela dúvida. O tão propagado auto-conhecimento dá-nos uma pista sobre o caminho a seguir, mas decidir é sempre tenso e desgastante. Nestes momentos de extrema fragilidade é que torcemos para que não seja preciso decidir nada: tudo o que se quer é que o destino interfira.

E ele interfere. Um telefone que toca, um e-mail que chega, um convite que é feito, uma pessoa que nos é apresentada. Uma trivialidade qualquer pode dar-lhe as respostas que não tinha. Ou simplesmente aniquilar as suas perguntas, o que é ainda melhor. Tudo o que se espera do destino é que ele assuma o comando por nós.

Vai ou fica? Arrisca ou espera? Aceita ou recusa? Que o destino de vez em quando, decida por nós.
 
Se Gostou do Que Leu, Clique G+1

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!