sábado, 2 de março de 2013

Sila Tarot: Rituais de Iniciação á Wicca

 
 
Para ser um iniciado na Arte Wicca é necessario que se estude a filosofia pelo prazo mínimo de um ano, adquirindo livros, lendo websites sobre o assunto e trocando idéias com outros estudantes. Quando o adepto se achar pronto para ser um(a) bruxo(a) - aceitando todos os princípios da bruxaria - pode buscar dois métodos de começar nesta filosofia pagã: - auto-iniciação - ou ser iniciado por um bruxo(a) experiente sobre este último método, aqui segue a explicação:
 
A pessoa que servir de Sacerdotisa ou Sacerdote deve ser capaz, ou seja, uma pessoa esta que siga fielmente todo o regulamento descrito no chamado Livro das Sombras. Estude bastante para que tenha meios de avaliar se essa pessoa tem postura correta na Wicca.
 
Vai ser iniciado por alguém? Nos primórdios da Wicca eram as mulheres quem iniciavam outras pessoas na Arte. Mas pouco tempo depois na era pré-cristã surgiram homens reclusos, que eram incapazes de caçar, e ao permanecer com as iniciadas desenvolveram um papel de equilíbrio como um sacerdote da Arte na sociedade. Assim é costume que vejamos hoje um homem iniciar uma mulher, ou que uma mulher inicie um homem. Dado a questão de que uma mulher inicie outra na arte, é sabido que a nível energético a mulher não manifesta a energia-expressão-idéia do Deus Cornifero.
 
 
Assim duas mulheres a participar num ritual não seria o mesmo que um homem e uma mulher. Não estou a falar aqui da questão de "sexo" vulgar e carnal, mas sim na verdade das polaridades da energia, as mesmas que deram origem ao universo e a nós mesmos. Assim vemos como é vital esse complemento das forças durante a Iniciação. Bruxos portanto não costumam iniciar homens, não por um capricho ou gosto, mas pela questão do complemento energético e do puro canal de comunicação com os Deuses. O sacerdote neste caso não conseguiria estabelecer puro canal de propagação da força feminina para o iniciado. Sem dúvida a energia-expressão-idéia da Deusa é melhor representada por um canal feminino, ou seja, uma Sacerdotisa.
 
Portanto o ideal é o que o adepto masculino tenha uma mestra, sacerdotisa já iniciada e praticante da Wicca, que o ajude sendo o canal de manifestação da Deusa, enquanto ele entra em contato com a força do Deus. O inverso se aplica às mulheres. Elas no rito de iniciação serão o canal de comunicação com o pólo feminino, e o mestre ou sacerdote Wiccano será o veículo de manifestação da energia do Deus. Juntos trabalharão o ritual, e as energias dos Deuses entrarão em comunhão através deles. Portanto podemos dizer que o ideal é que uma mulher seja iniciada por um homem (aqui existem os dois pilares, pólos, canais por onde a criação estabelece contacto com a iniciada através dela mesma e o sacerdote servindo de canal para o contacto do Deus Cornífero).
 
Lembramos que o Ritual de iniciação não compreende, e não possui de forma nenhuma um ato sexual, e que os participantes deste Rito não devem em hipótese alguma abusar da boa fé das pessoas envolvidas. Evitem qualquer tipo de assédio ou qualquer coisa que achem comprometedor no andamento do Ritual, pois é a manifestação do Divino que estamos a tratar, e a iniciação é algo muito sério e temos que tratar com respeito, tanto o Sacerdote ou Sacerdotisa quanto o iniciado ou iniciada. Não aceitem imposições e abusos de ninguém sobre algo que vá contra os seus princípios. Esta é a vontade dos Deuses.
 
 
O que fazer depois do Ritual de Iniciação Note que o Livro das Sombras tem duas conotações, ora significa o livro onde os bruxos registam os seus mistérios, ritos e fatos, ora se trata das antigas Leis sagradas da Wicca. Neste caso, falo do livro da lei. Após o processo de iniciação, deve realizar - com certa peridiocidade - todos os rituais comemorativos da Wicca (equinócios e solstícios). A idéia desta Roda é de que os bruxos não percam a sintonia com as energias das estações que se movem durante o ano. Os rituais comemorativos buscam aproximar o Deus e a Deusa e suas respectivas forças, de modo que entremos em harmonia com as mesmas. Com a iniciação e esse compromisso oficializado perante os Deuses de regularidade das celebrações (sabás), toda a ajuda Deles, nos seus rituais subsequentes, será imensa. A sua afinidade com Eles aumenta, e Eles se farão presentes aumentando a eficácia dos rituais que vier a praticar.
 
É interessante que, durante a vida, tenha o domínio pessoal gradativo em ervas, unguentos, poções, e afins registrados no seu Livro das Sombras - para seu bem e principalmente para o bem de todos (jamais visando aspectos egoístas ou causar mal a qualquer forma de vida).
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!