segunda-feira, 1 de abril de 2013

Sila Tarot: Dicas para ser mais Feliz no trabalho!



Pelo menos metade das horas que estamos acordadas são passadas em reuniões no escritório, em frente ao computador e em longas conversas telefónicas com clientes que nem sempre são de fácil trato. Prazos apertados, horas extra, colegas difíceis… podem contribuir para um efeito bola de neve que nos deixa literalmente à beira de um ataque de nervos. Respire fundo e aprenda a ser mais feliz no trabalho.

  1. Ambiente de trabalho: Não estou a falar daquele que enche o ecrã do computador, mas de todo o espaço em que normalmente habita das 9h00 às 19h00 e que pode influenciar o seu estado de espírito e produtividade, de forma positiva ou negativa. Uma secretária limpa e organizada, uma cadeira ergonomicamente correcta, um auricular ou headset, e até o brilho do ecrã do PC são pequenos detalhes que contam muito para o seu bem-estar no local de trabalho. Veja quais são as suas queixas mais comuns e procure solucioná-las o mais rapidamente possível.
  2. Hora da pausa: Há tanto que fazer que nem tem tempo para ir à casa de banho quanto mais sair do escritório para ir almoçar? Embora por vezes comer uma sanduíche à secretária enquanto o resto do pessoal sai pode ser exactamente aquilo que precisa para adiantar algum trabalho em paz, não é a solução para o dia-a-dia. Também não é muito saudável almoçar diariamente com os colegas do escritório, principalmente se passarem essa pausa preciosa a falarem exclusivamente de trabalho, ou pior, a queixarem-se de tudo e mais alguma coisa. Aproveite a hora de almoço para andar um pouco a pé, para almoçar com as amigas ou o namorado ou até para ir comer qualquer coisa a casa – será um escape muito benéfico. Durante o resto do dia, tente parar pelo menos 5 minutos de hora em hora, para apanhar um pouco de ar, esticar as pernas, fechar os olhos ou ir à casa de banho molhar o rosto com água fria.
  3. Postura perfeita: Aqui podemos considerar duas perspectivas: a da postura física que é essencial para evitar o cansaço, as dores de cabeça e a irritabilidade generalizada no final do dia. Sabia que o próprio acto de se sentar direita dar-lhe-á energia e uma sensação de poder imediatos? Vá treinando até aperfeiçoar e veja com os seus próprios olhos os resultados. Para ser mais feliz no trabalho, também é necessário adoptar a postura correcta em termos de relações humanas, ou seja, promover um espírito de equipa, sem entrar em esquemas de competitividade e de mexericos. Não é fácil, mas é possível, e a bem da sua sanidade mental, sugerimos que faça por isso.
  4. Sim & Não: No mundo do trabalho é preciso saber exactamente o que se está a fazer quando se diz que “sim”, mas também é preciso saber dizer que “não”. Dizer sistematicamente que “sim” pode trazer-lhe toneladas de trabalho extra, responsabilidade acrescida, tarefas desconhecidas e um nível de stress pouco salutar, por isso, aprenda a resistir ao impulso profissional de dizer sempre que “sim”. Opte por utilizar frases como “ligo-lhe ao final do dia para lhe dizer alguma coisa” ou “deixe-me consultar a minha agenda primeiro” e assim terá tempo para reflectir antes de se lançar de cabeça e, possivelmente, arrepender-se. O “não” é uma poderosa arma rumo à felicidade profissional e é crucial aprender a usá-la com respeito e nas situações adequadas. Garantimos-lhe que “não” vai querer outra coisa…
  5. Não deixe para amanhã… Aquilo que pode fazer hoje! Todas nós enfrentamos diariamente tarefas difíceis ou chatas, que temos tendência a ignorar ou a procrastinar e que, mesmo assim, nos trazem muita infelicidade. Sabia que quanto mais procrastinar mais difícil vai parecer resolver determinada situação? E que quanto mais depressa resolver esses assuntos pendentes, mais depressa sentirá uma enorme sensação de alívio e de energias renovadas? Clientes chatos e toneladas de burocracia? Quantas são? Que venham elas!
  6. Snacks saudáveis: Em ambientes de trabalho altamente competitivos, ou pior, hostis, os elevados níveis de stress podem ser enfrentados com dois donuts numa mão e o sexto café do dia noutra. Ter a gaveta da secretária cheia de guloseimas pode trazer-lhe uma felicidade instantânea a meio do dia de trabalho, mas não fará nada para o seu bem-estar geral. Procure ter sempre consigo uma garrafa de água, alimentos saciantes, nutritivos e fornecedores de energia para fazer o que tem a fazer, num abrir e fechar de olhos. Se preferir esconder-se por trás de um pacote de bolachas de chocolate, para além de manter o stress em alta e os níveis de energia em baixa, terá ainda de lidar com alguns quilos indesejados.
  7. O trabalho fica no trabalho: Não faça de um hábito levar trabalho para casa, nem fisicamente, nem emocionalmente. Se continuar o seu dia de trabalho no santuário que supostamente é a sua casa, não irá descansar devidamente e irá abdicar de outros aspectos preciosos da sua vida. É importante desligar-se diariamente do escritório, nem que seja para libertar todo o stress acumulado numa aula de body combat, para descontrair através da meditação, ir dar uma caminhada, ter um jantar romântico com o namorado ou fazer croché. Este escape diário fará maravilhas à sua criatividade, concentração e produtividade. Se parar para pensar um pouco, depressa chegará à conclusão que o trabalho estará lá amanhã, às nove em ponto.
  8. Faça aquilo que gosta: Se não ama o que faz, dificilmente será feliz no trabalho e essa frustração irá, mais cedo ou mais tarde, estender-se às restantes áreas da sua vida. É lógico que o emprego dos seus sonhos nem sempre está ao virar da esquina, mas se não fizer nada para o procurar, ele não vai surgir como que por magia no seu inbox. Comece já hoje a decidir o que quer realmente fazer em termos profissionais: alcançar a tão desejada promoção? Voltar a estudar? Mudar completamente de área? Abrir o seu próprio negócio? Trabalhar a partir de casa? Agora, mãos à obra e comece a fazer tudo o que estiver ao seu alcance, rumo ao paraíso profissional (sim, ele existe!) e a bem da felicidade no trabalho.
 
Citando uma velha máxima, ser feliz no trabalho pode muito bem resumir-se ao seguinte: “faça aquilo que gosta e não terá de trabalhar um único dia da sua vida”.


Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!