segunda-feira, 8 de abril de 2013

Sila Tarot: O Auto-Controlo define o Carácter!

Para quem tem o “sangue quente”, pode ser um desafio estar sempre a controlar o temperamento. Podem até chegar a extremos da bipolaridade, o que deve ser tratado com um profissional experiente, outros sentem os efeitos na restante saúde e nas relações pessoais ou mesmo profissionais. Se estiver preparado para aprender a controlar o seu temperamento e viver uma vida mais saudável, considere estas 10 dicas:

1) Retire-se um momento para o castigo
 
Isso mesmo. Não é somente para as crianças desobedientes. Antes de explodir na primeira oportunidade, conte até 10. Se estiver muito agitado, tentar descontrair por uns momentos é necessário. Faça um intervalo, ausente-se da situação, afaste-se fisicamente, enfim, tudo é válido para respirar fundo e para que por uns momentos pense no que está a fazer.


2) Com calma, fale sobre o que o incomoda

Assim que conseguir acalmar-se, tente falar sem alterar a voz sobre o que o incomoda. Expresse a sua frustração de modo assertivo, sempre a evitar o confronto. Seja claro, directo, mas não ofensivo ou a tentar controlar a situação.

3) Faça exercício Físico

Actividades físicas podem ajudar a controlar as emoções, uma vez que estimula vários processos químicos no sistema nervoso, o que o fará sentir-se mais feliz e tranquilo.

4) Pense antes de falar

Nunca discuta quando estiver nervoso. Pensar antes de falar, analisando a situação, e não a outra pessoa, é respeitar-se a si mesmo e ao outro.

5) Tente identificar soluções


Ao invés de tentar achar um culpado, pense no problema em si e como pode resolvê-lo, tente organizar-se com antecedência para evitar imprevistos. Lembre-se sempre que explodir e ofender não vai resolver o problema.



6) Seja específico e não generalize


Por exemplo, se o seu filho deixou os brinquedos espalhados onde estava a brincar, peça com gentileza que vá arrumar os brinquedos. Diga que espera que ele o ajude com essa tarefa. Nunca diga a um filho: “Nunca ajudas com nada!”. Isso cria sequelas psicológicas irreversíveis.


7) Não assuma a amargura

Algumas pessoas tornam-se amarguradas porque sofrem demasiado. O problema nem está em sofrer demasiado, mas sim a atitude, ou seja, permitir que os problemas, de qualquer tipo ou nível de gravidade, parasitem o nosso corpo, assim como os nossos pensamentos, tornando-nos amargurados e sem esperança.

8) Pratique o bom humor.


Não leve as coisas para o lado pessoal. Sarcasmo não é a resposta, mas rir de si mesmo é o primeiro passo para ser mais humilde.

9) Relaxe.

Procure algo que o ajude a relaxar. Seja um hobby, desporto, animal, passeio, etc. Diga-se a si mesmo para ter calma. Ouça boa e calma música. Pratique yoga. Escreva um diário.

10) Peça ajuda


Observe-se e saiba pedir ajuda quando precisar. Se depois de tentar todas estas estratégias, e mesmo assim se sentir forçado a rompantes de humor, procure um profissional capacitado, como um psicólogo, que poderá avaliar melhor como se sente.

Existem variadíssimas técnicas e dicas para pessoas com problemas de temperamento. O importante é controlar-se a si mesmo, para ser capaz de controlar as outras situações da sua vida.

Se Gostou do que Leu, Clique G+1
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!