domingo, 23 de junho de 2013

Sila Tarot: Vejam HOJE a Lua Maravilhosa!

A Lua Cheia vai estar, no domingo 23/06/13, maior, em perspectiva, e mais brilhante do que o habitual, fenómeno que só voltará a repetir-se, nas mesmas condições, dentro de 18 anos, informa o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL).

Se o céu estiver limpo, a "Super Lua" pode ser visível entre as 21h06, quando nasce, e as 06h14 de segunda-feira, quando se põe.

O fenómeno acontece uma vez por ano, quando a fase de Lua Cheia ocorre perto do perigeu, ponto da órbita da Lua mais próximo da Terra. Nestas condições, a Lua Cheia é maior e mais brilhante.

Contudo, hoje o tamanho e o brilho da Lua Cheia será ainda maior, uma vez que a Lua Cheia estará mais perto do perigeu orbital, a 21 minutos de distância, explicou à agência Lusa o director do OAL, Rui Agostinho, acrescentando que a "Super Lua" de 2013 só voltará a suceder dentro de 18 anos.

Segundo o OAL, a Lua Cheia terá, um tamanho 14% maior e será 30% mais brilhante do que a Lua Cheia no apogeu, ponto da órbita da Lua mais distante da Terra.

Sem estas características, a Lua Cheia volta a estar mais próxima do perigeu, em 2014, mas numa data diferente, a 10 de Agosto, dado que a órbita da Lua não é constante, assumindo a forma de uma elipse.

Hoje, a "Super Lua", como qualquer Lua Cheia, pode ser vista a olho nu, mas também com o auxílio de binóculos e telescópios. O Observatório Astronómico de Lisboa organiza, a partir das 20h30, uma sessão especial de observação, com entrada livre.  


Na fase de Lua Cheia, em que a face da Lua voltada para a terra está totalmente iluminada, são visíveis, com um telescópio, as crateras, os vales, os mares e as montanhas, embora certos detalhes à superfície, como a sombra projectada das montanhas na Lua, na transição de condição de iluminada para escura, só possam ser observados na fase de Quarto Crescente.

A Terra dista, em média, 384.400 quilómetros da Lua. No perigeu médio, a distância diminui para 363.100 quilómetros e no apogeu médio aumenta para 405.700 quilómetros, de acordo com o OAL.
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1



Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!