segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Sila Tarot - S. Martinho - Tradição Portuguesa!


O Dia de S. Martinho comemora-se anualmente a 11 de Novembro.


Neste dia, no nosso país, assam-se as castanhas e prova-se o vinho novo.

É o dia das celebrações, que marcam o Outono.

 Lenda de S. Martinho
 
Reza a Lenda, que, "num dia tempestuoso ia São Martinho, valoroso soldado romano, montado no seu cavalo, quando viu um mendigo quase nu, tremendo de frio, que lhe estendia a mão suplicante... S. Martinho não hesitou: parou o cavalo, poisou a sua mão carinhosamente na do pobre e, em seguida, com de militar, dando metade ao mendigo. E, apesar de mal agasalhado e sob chuva intensa, preparava-se para continuar o seu caminho, cheio de felicidade. Mas, subitamente, a tempestade desfez-se, o céu ficou límpido e um sol de Estio inundou a terra de luz e calor.

Diz-se que Deus, para que não se apagasse da memória dos homens o acto de bondade praticado pelo Santo, todos os anos, nessa mesma época, cessa por alguns dias o tempo frio e o céu e a terra sorriem com a benção dum sol quente e miraculoso." É o chamado Verão de São Martinho!"a espada cortou ao meio a sua capa. O costume do Magusto, que tradicionalmente começava no Dia de Todos-os-Santos, é simultaneamente uma comemoração da chegada do Outono e um ritual de origem religiosa: o dia do Santo Bispo de Tours (São Martinho) está historicamente associado à abertura e prova do vinho que foi feito em Setembro. O água pé é o resultado da água lançada sobre o bagaço da uva, donde se retirava o pouco de mosto que aí se mantinha.

Esta bebida pode ser consumida em plena fermentação ou, depois disso, adicionando-lhe álcool. Assim, diz o ditado popular "no dia de S. Martinho vai à adega e prova o vinho". No fundo, com o São Martinho e o Magusto comemora-se a proximidade da época natalícia, e mais uma vez, a sabedoria popular é esclarecedora: "dos Santos até ao Natal, é um saltinho de pardal!"

 
A tradição manda que no dia de S. Martinho se festeje a assar castanhas, água-pé (para os mais crescidos), e beber jeropiga ou o vinho novo, produzido com a colheita do Verão anterior.

Uma fogueira para saltar (quem quiser) e bom convívio. Fazem-se brincadeiras, as pessoas enfarruscam-se com as cinzas, cantam-se cantigas

Por norma, na véspera e no Dia de São Martinho o tempo melhora e o sol aparece. Este acontecimento é conhecido como o Verão de São Martinho.
 

 Curiosidades
 
Na Aldeia Viçosa o "Magusto da Velha" é uma tradição local. Considera-se o magusto como o vestígio de um antigo sacrifício em honra dos mortos e refere que em Barqueiros era tradição preparar, à meia-noite, uma mesa com castanhas para os mortos da família irem comer; ninguém mais tocava nas castanhas porque se dizia que estavam “babadas dos defuntos”.
*Aldeia Viçosa – Freguesia Portuguesa do concelho da Guarda, Norte de Portugal
*Barqueiros – Freguesia do Concelho de Barcelos, Norte de Portugal


Como se preparam as castanhas para assar?
 
- Molham-se (não tem que ser, mas ajuda a que o sal agarre)

 - Dá-se um golpe em cada uma (retalhar).

 - Põe-se sal.

 - Põe-se um pouco de erva-doce (dá um sabor muito bom).

 - Põem-se dentro do fogareiro (ou num tabuleiro no forno), ou no calor de uma fogueira

Quanto tempo demoram as castanhas a assar?

Quinze minutos, aproximadamente.
 

Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!