domingo, 2 de fevereiro de 2014

Sila Tarot: Descubra Se é uma Pessoa Atraente!

 
Conhece alguém que reclama de tudo? Já esteve perto de alguém que parece pesado, chato, cansativo? Já conviveu com alguém que bate com as portas, que fala a gritar e que tem sempre uma palavra rude na ponta da língua, para disparar para quem se atrever a  perguntar algo?!

Já conheceu alguém que reclama da televisão, que fica nervoso com as noticias, com a política, com a burocracia, com o cão, com as seguradoras, com o condomínio e com a mulher (ou marido), filhos, sogra e até com o tempo?!

Se faz sol é porque o calor é insuportável. Se chove é porque ninguém tem sorte. Tudo é motivo para reclamar! E o maior problema é que as pessoas que são (ou estão) assim, quase sempre não se apercebem! Por isso, pergunte-se: Anda a reclamar demasiado da vida?

Tem-se comportado como uma pessoa pesada e desagradável? Ou seja, tem-se comportado como uma pessoa-repelente?! Desagradável para os outros, que até os repele? Tem-se dado conta de que poucos amigos ainda continuam presentes e muito de vez em quando e que dificilmente alguém a seduz, se interessa por si ou se mantém interessado, depois de a conhecer melhor?

Na realidade, ninguém gosta de estar perto de alguém que mais parece um suplicio, do que um convite...que se queixa de tudo, faz-se de vitima e transmite uma elevada carga de energias negativas.
 
 
Mas pode Mudar!
 
De pessoa-repelente, pode passar a ser uma pessoa-atraente...e é mais simples do que imagina! O primeiro passo é tornar-se uma pessoa afectuosa. 
 
Para o fazer, deixo-lhe algumas dicas:

- Para começar, acredito que uma pessoa afectuosa, seja uma pessoa que goste de si própria. Não me refiro a  narcisismo, refiro-me a uma pessoa que goste de si, com os seus próprios defeitos e limitações, e que aceite o mundo como ele é. De nada adianta, ficar revoltada, angustiada, ou triste. A mudança do mundo começa em si. Comece a ver o mundo sobre outra prespectiva, veja o melhor que existe em cada pessoa e situação, em vez de se focar no pior, no lado negativo. Como só podemos dar o que possuímos, comece por ser mais paciente, ponderada e sem exigir perfeição, nem de si, nem dos demais.

- Acho que a segunda coisa mais importante em alguém que seja afectuoso, é que se liberte de rótulos. Basta ouvir algo, para achar que já sabe tudo sobre aquele assunto? Abra-se ao conhecimento e á mudança. Dê afectos, mostre-se compreensiva, para que confim em si e a tratem do mesmo modo.  

- Também penso que o indivíduo afectuoso, é o que detesta o desperdício e não suporta a hipocrisia.
 
Rosten diz: ‘Os fracos é que são cruéis. Só se pode esperar a brandura dos fortes.’

- Por fim, acho que o indivíduo afectuoso, não se esquece das suas próprias necessidades. A necessidade de sermos reconhecidos, a necessidade de desfrutar do mundo, de ver a maravilha contínua da vida e de poder descobrir como é maravilhoso estar vivo.
 

Depois de se tornar afectuosa, sugiro que se torne uma pessoa atraente.

Estou a falar de leveza, de ser alegre, de sorrir, ser flexível, ter sentido de humor, optimismo. Estou a falar da criança que existe em cada um de nós... mas que talvez, se tenha esquecido e a tenha fechado a sete-chaves, quando se deu conta que cresceu, de que os anos passaram.

 
Abra-se ao mundo, resgate a sua capacidade de transformar as pequenas ocasiões em festas...

E assim, afectuoso e alegre, tornara-se-á uma pessoa-atraente. Pessoas a quem temos vontade de telefonar, de convidar para sair, de conversar, de contar segredos, de pedir conselhos. Daquelas pessoas que temos vontade de amar! Porque afinal, de que mais é feita a vida?

E nunca se esqueça: se não o conseguir fazer sozinho, procure ajuda!
 
E Seja Feliz!

Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!