domingo, 22 de maio de 2016

Sila Tarot: Como Ser Feliz no Amor?

Para que se possa ser feliz no amor é importante que na relação, para além de haver uma ligação forte entre ambos, é necessário que no casal se criem formas interessantes de se divertirem e também criarem uma amizade muito especial.



Uma forma de estabelecer uma boa ligação, é cada um fazer um trabalho de desenvolvimento pessoal e desenvolver uma auto-motivação. Para aprender a ser feliz no amor, é necessário ter em conta o facto de cada um ter os seus próprios objectivos e metas de realização, aliviar a pressão sobre o outro, de sentir que é responsável pela felicidade do seu par. Cada um deve-se responsabilizar pela sua própria felicidade e assim será possível viver um relacionamento completo, em harmonia e sem exigências e expectativas.

Ser feliz no amor é saber estar num relacionamento com sabedoria

Cada relacionamento é único, e cada pessoa pode ter sua própria maneira de sentir o que é um relacionamento ideal. Mesmo que o relacionamento esteja bem encaminhado e haja alguma harmonia, é sempre muito importante que se tenha em conta alguns aspectos para além dos comuns, de dedicar tempo para investir no desenvolvimento pessoal, para que a cada dia que passa, a pessoa se possa tornar um ser mais completo e realizado e assim transmitir segurança no relacionamento. Desta forma, o seu relacionamento tem mais probabilidades de crescer e continuar a ser forte e saudável.

Será que posso ser feliz no amor mesmo quando me encontro em situações difíceis e conflituosas?

Se estiver numa situação onde existe uma relação conflituosa e sem harmonia, ou está a ser ferida ou maltratada por alguém, pode ser a melhor opção para si acabar com o sofrimento ou mudar o relacionamento. O problema não é o outro ser mau, o problema é eu maltratar-me a mim mesma permitindo que alguém se comporte comigo de forma menos própria. Todos os seres merecem ser bem tratados, no entanto o facto de ser maltratada pode significar que eu não considera que merece melhor e não se permite fazer mudanças na sua vida, afastando quem não merece a sua presença e abrindo as portas a um verdadeiro amor. Tentar compreender e aceitar as diferenças entre ambos pode ajudar a conquistar a felicidade no casal.

Muitas vezes sentimo-nos ameaçados quando alguém tem ideias diferentes das nossas, a tendência é levar as diferentes opiniões como um ataque pessoal, o que torna tudo muito difícil. No entanto é necessário compreender que alguém que tem ideias diferentes, interesses e opiniões distintas, não tem de representar uma ameaça e muito menos uma agressão pessoal. Embora às vezes possa ser difícil de gerir as diferenças, é importante que se tenha a consciência que essas distinções existem e devem ser encaradas como algo natural. Pode ser útil conversar com calma sobre essas mesmas diferenças, e por vezes até se descobre que se está a falar da mesma coisa mas com palavras diferentes.

Saber respeitar alguém com escolhas e opiniões diferentes pode ser uma ajuda enorme a que o outro aprenda também a respeitar as nossas ideias e opiniões. Se não tiver certeza de como lidar com a situação, procure alguém especializado na matéria e converse sobre isso, conversar com alguém da sua confiança, como um amigo, os seus pais, ou alguém que sinta que a compreende e que lhe pode dar uma força para as tomadas de decisões. Se é vitima de violência, lembre-se que há associações e entidades especializadas que a podem ajudar a mudar de vida, assim que achar que merece uma nova oportunidade para ser feliz e encontrar um amor como tanto merece.


Ser honesto e transmitir confiança

Aprender a confiar no outro e fazer o possível para ser o máximo transparente possível e ser o mais honesto consigo mesmo e com o outro. Ser honesto com alguém pode levar algum tempo no entanto pode fazer a diferença, quando não somos honestos, a outra pessoa sente sempre que algo está errado e cria instabilidade no relacionamento. Algo que não se vê mas que se sabe sempre que estamos a ser enrolados. Este é um ingrediente muito importante para se ser feliz no amor e ter um relacionamento saudável. Como passamos muito tempo com o nosso companheiro é importante começar a compartilhar as experiências de cada um e fazer experiências em conjunto e gradualmente o nível de confiança vai aumentando.

Manter sempre a comunicação e manifestar o que sente

Para se ser feliz no amor, é muito importante que se mantenha uma comunicação regular e aberta. Partilhar com regularidade o que sente e sobre o que está a acontecer na sua vida e como se sente sobre isso. Quando as pessoas compartilham as suas emoções, sentimentos e opiniões ajuda a desenvolver uma maior compreensão recíproca dos gostos e desacordos de ambos. Através da comunicação é possível descobrir o que o outro espera do relacionamento e como pensa concretizar os seus desejos relativamente ao outro.

Muitas vezes é difícil partilhar quando surgem os dramas emocionais, assumir o que sentimos já é difícil, quanto mais ainda partilhar ao outro aquilo que consideramos uma fraqueza. No entanto é muito importante falar sobre algumas coisas aparentemente difíceis especialmente quando se está triste ou zangado com algo ou com alguém. Ser feliz no amor, passa por compreender o outro, no entanto nunca devemos ser submissos e permitir que os outros nos rebaixem, desvalorizem ou humilhem perante outras pessoas. 

Respeitar o espaço um do outro, e ter uma vida social saudável é extremamente importante para um casal ser feliz no amor.

Sair juntamente com o parceiro é muito importante, terem programas em comum faz parte dos rituais de um casal e pode-se tornar muito divertido. No entanto é muito importante, de vez em quando, criar um espaço vazio, para dar espaço um ao outro ao longo de algum tempo é também extremamente importante. A criação de um “vazio” pode ajudar a fazer uma retrospectiva sobre o próprio relacionamento e ajudar a ter uma visão dissociada de tudo, ajudando a criar maior proximidade entre o casal. No entanto, há pessoas que tem dificuldade em entender esse “vazio”/ espaço, criando dramas internos por sentirem rejeição.

Também desfrutar da companhia de um número de pessoas como os amigos, e não apenas da pessoa com quem se tem um relacionamento, pode ajudar a expandir os interesses e trazer muitas coisas novas e diferentes para compartilhar em casal. Para se ser feliz no amor é preciso também, fazer processos internos evolutivos que nos ajudam a compreender os desafios e a supera-los com sabedoria.

Saber gerir conflitos e a diferença de opiniões

• Respeitar o seu direito a uma opinião, mas também respeitar que não aceitem a sua opinião como uma verdade absoluta.
• Concordar em discordar.
• Ver o ponto de vista de outras pessoas.
• Aceitar que a sua opinião precisa de mudar quando assim tem de ser.


É sempre bom lembrar que somos todos diferentes e que o mundo poderia ser muito chato se fossemos todos iguais! Tentando aceitar as diferenças, especialmente entre as pessoas de quem gostamos e as nossas próprias diferenças, pode ajudar a tornar-nos mais sábios e ajudar a relação a ser mais saudável e mais forte. Assim, aprender como ser feliz no amor e construir relacionamentos saudáveis e duradouros pode-nos tornar pessoas mais preenchidas e interessantes.



Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!