sexta-feira, 10 de março de 2017

Sila Tarot: A Verdade do Tarot – O Real Entendimento e a Sua Eficácia!


A analogia do “espelho” é a melhor para entender o que está a fazer quando se lê o Tarot: Está na verdade a lêr-se! As suas esperanças, receios e as suas projecções sobre o amor e a vida, são projectadas nas cartas como se fossem a projecção da imagem reflectida no “espelho”, através da sua energia. Na leitura das cartas é feita a interpretação da projecção dessas imagens reflectidas. Tudo é energia, todos nós somos energia. A energia não é estática, está em todos os locais.

O Tarot é um espelho objectivo! Não enfeita, nem altera as imagens. Desvenda o nosso verdadeiro EU. Cada carta representa um factor da vida e na leitura é feita essa interpretação. As cartas não se dispõem de forma aleatória. Buscam as energias, que as reflectem. O Tarot é uma linguagem simbólica. Cada carta narra uma historia sobre o nosso percurso pessoal em determinado momento e a nossa interpretação e associação dos símbolos nelas contidos, enriquecem e definem essa historia. O Tarot é como se fosse um livro, que necessitamos de aprender a ler....o livro da nossa vida!

Representado através de cartas que contem imagens e que reflectem as nossas energias. Na verdade não existem determinações impostas, precisas ou exactos para cada carta ou lançamento, na medida em que nós temos o livre arbítrio para escolhermos o nosso destino. Essa linguagem transmitida tem de ser compreendida e transmitida. Esse é o meu compromisso.

Compreender e interpretar as cartas de Tarot, pois sendo que como em todos os livros contem diferentes linguagens e formas de interpretação, que dependem de quem as lê, e da associação das imagens ás palavras. Depende da intuição, das energias e do saber interpretar e divulgar. Cada um de nós tem uma percepção diferente das coisas, e do mundo que nos rodeia. Vou dar um exemplo: Se pensarmos num carro, cada um de nós tem uma percepção diferente. Um imaginaria de imediato um desportivo, topo de gama, e outra pessoa poderia imaginá-lo imediatamente um carro clássico. A linguagem do Tarot pode ser compreendida desta forma. Cada Taróloga interpreta as mensagens de uma forma única. Tanto guiada pela sua intuição, como guiada pelas energias transmitidas pelas cartas, e pela sua simbologia. Mediante a Respectiva Leitura/consulta, poderei orientar e guiar o melhor caminho a seguir. Essa escolha será sempre da sua responsabilidade e inteiramente sua. A Taróloga apenas lê e transmite a linguagem e simbologia oculta numa leitura.


A Eficácia do tarot

O desejo de saber o que o futuro nos reserva é um impulso muito forte do ser humano. Remonta a tempos muito ancestrais.

A palavra adivinhação, deriva do termo latino divinus, que significa ser inspirado pelos Deuses. Adivinhar significa antever ou predizer.

Contudo parece ter-se perdido com o tempo a visão de que existe algo mais, uma força conectora que ultrapassa a nossa compreensão. Esta força conectora está inerente ao facto da suposta arbitrariedade em que cada carta sai em cada lançamento, e ao acto de as baralhar. Existe nos tempos modernos a ideia de que tudo tem uma explicação cientifica, no entanto, já os antigos mencionavam que existem forças invisíveis, que unem todas as coisas. As energias, contidas em nós e no mundo que nos rodeia.

O grande Psicólogo Suiço Carl Jung, designava esta força universal como sincronismo, para descrever que em determinado momento a escolha feita pela tiragem das cartas de Tarot, num lançamento, permite ao individuo representar ao exterior, o seu mundo interior. É como se as cartas escolhessem a pessoa, da mesma forma que ela as escolhe.

Somos exactamente aquilo que o Tarot diz sermos, desde que não coloquemos nele a responsabilidade das nossas escolhas futuras, sendo que teremos sempre o livre arbítrio nas escolhas e na nossa vida, dizendo que o Tarot decidiu por nós, quando apenas parece conseguir desvendar padrões de comportamento. Somos exactamente aquilo que o Tarot diz sermos.

O Tarot nunca mente. É uma das ferramentas mais poderosas da Auto-consciência. É intemporal, inspirador, abre caminhos, oferece orientação e faz a diferença como a pessoa encara a sua vida e lida com os seus desafios.


É uma ferramenta maravilhosa para Auto – Análise e Auto – Conhecimento. Para além de lhe proporcionar uma compreensão renovada de uma situação quando tem de fazer escolhas e lhe permitir desenvolver a confiança nos seus instintos e na sua intuição, o Tarot também lhe abre horizontes no que respeita a relacionamentos, assuntos profissionais e realização pessoal.

Ao captar a energia do momento, estamos pura e simplesmente a captar a nossa psique e poderemos também contactar com a faceta espiritual e psicológica da nossa natureza.

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

1 comentário:

  1. Bom dia!

    Gostei tanto de encontrar este texto na internet! A melhor parte para mim foi: "o tarot nunca mente". Lindo, lindo mesmo. passei com um tarólogo pela primeira vez e ele fez precisões tão felizes! =]
    Estou muito contente!

    ResponderEliminar

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!