sexta-feira, 9 de junho de 2017

Sila Tarot: Vale Realmente a Pena Amar?


O amor vai até onde tem de ir. Até onde os dois quiserem. Até onde se propuserem a lutar. O amor dura para os fortes, para os que não têm medo de passar e ultrapassar os obstáculos, por rotinas, por empecilhos, por dificuldades e também por infinitas alegrias.

Não sei se um dia a aprendemos a amar. Estamos aqui para aprender. Viemos ao mundo para aprender e também, para ensinar. A vida é uma troca bonita. As relações, sejam elas amorosas ou não, são trocas. Ganha-se daqui, perde-se dali. A cada dia que passa existe um novo crescimento, uma nova evolução. A cada dia nós somos novos, já que passamos a vida a transformar-nos.

Não sei se algum dia aprenderemos a amar. No meio de tudo, no meio de tanta gente conhecemos alguém especial. Uma pessoa que nos toca. Que nos seduz. Que nos enfeitiça. Então pensamos ser paixão, depois suspeitamos que é amor. Vou contar um segredo: A vida oferece-nos as mais variadas paixões. Mas o amor acontece só para quem sabe esperar e está com os olhos abertos para o ver. É que pode até confundir-se com a paixão. Mas o amor baseia-se no respeito. Na troca. No companheirismo, respeito. Nos dias bons e nos dias maus.


Mas como saber quando é mesmo amor? Quando entra em conflito com o parceiro, discute por uma coisa qualquer e mesmo assim, tem a certeza que o ama e que quer aquela vida e aquela pessoa para si. A paixão usa máscaras, o amor vem de face lavada. E ele é tranquilo, seguro. A paixão é queda livre, salve-se quem puder. O amor, não.

Não sei se algum dia aprenderemos a amar. O outro tem uma bagagem pesada. E nem sempre está disposto a desarrumar uma mala que não é sua e colocar tudo no seu devido lugar. Cada um tem uma forma de se relacionar, valores diferentes, criações e educações diferentes, traumas, sonhos, personalidades diferentes. É difícil juntar duas pessoas que podem ser parecidas ou diferentes e dizer que elas serão felizes para sempre.

Temos uma estranha mania de colocar a responsabilidade no outro. Como se ele viesse salvar-nos ou fosse individualmente responsável pela relação. Colocar no outro o fardo de serem felizes para sempre. Ninguém é. Nem aquela actriz bonita casada com um qualquer actor bonito. Nem a sua vizinha que está sempre bem penteada e maquilhada. Nem a apresentadora da TV que tem um casamento aparentemente feliz, dois filhos lindos e está grávida do terceiro.

Ninguém é totalmente feliz, só quando posa para uma foto na "Caras". Num mundo Fantasiado, de sonhos e ilusões. Fantasia...apenas Fantasia...É preciso lutar, querer a relação. Todos os casais discutem, e é saudável que assim seja. Não somos iguais, somos seres distintos com personalidades e opiniões diferentes. Quem Discute, preocupa-se, quer saber, luta pelo relacionamento. Onde existe amor, existe sofrimento e isso é normal. Mas nem todos os casais sabem como ultrapassar, ou conseguem superar. Para alguns é mais fácil terminar, dizer basta. Para outros, os que valorizam o amor, o caminho pode ser torto, mas eles querem ir até ao final. Valorizam a relação, o que conquistaram, os caminhos que percorreram e não estão dispostos a abdicar disso, mesmo incluindo sofrimento, mas também muitas alegrias. Querem um parceiro para a vida, uma família. Estar sempre a recomeçar, não faz sentido. Torna o caminho mais difícil, com maior bagagem e mais longo.


Não sei se algum dia aprenderemos a amar. Não existe uma história de amor e uma cabana. Uma relação é feita de tarefas domésticas, contas para pagar, jantar para ser feito e roupas para lavar. Uma relação tem muita roupa suja no cesto. E alguém tem que querer lavar, senão não funciona. Companheirismo, amizade, respeito e partilha.

Não sei se algum dia aprenderemos a amar. É tão difícil, mete medo, assustador, é arriscado, é perigoso. Mas é libertador. É necessário. É fundamental.

Não sei se um dia aprendemos a amar. Existem muitos enganos, muitas pessoas que parecem certas e aparecem do nada, assim como desaparecem. Muitas pessoas que são certas e aparecem no momento errado, muitas pessoas que não são livres e deveriam ser.

Sejam Felizes!


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância:http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas semelhantes (no site), clique G+1= Gosto - É anónimo!

2 comentários:

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!