sábado, 1 de julho de 2017

Sila Tarot: Porque Não Devemos NUNCA Viver Reprimidos?


A repressão é um mecanismo mental inconsciente, pelo qual as ideias ou os impulsos indesejáveis e inaceitáveis para a consciência são suprimidos por ela e impedidos de entrar no estado consciente. Este material indesejável não está geralmente sujeito à recordação voluntária consciente.

A essência da repressão consiste em afastar uma determinada coisa do consciente, mantendo-a à distância (no inconsciente). Entretanto, o material reprimido continua a fazer parte da psique, apesar de inconsciente, e continua a causar problemas. Segundo Freud, a repressão nunca é realizada de uma vez por todas e definitivamente, mas exige um continuado consumo de energia para se manter o material reprimido.

A ansiedade é a força que leva à repressão e é sentida se houver perigo de o material reprimido se tornar consciente.

Para Freud os sintomas histéricos têm origem numa antiga repressão. Algumas doenças psicossomáticas, tais como a asma, artrite e úlcera, também podem estar relacionadas com a repressão. Também é possível que o cansaço excessivo, as fobias e a impotência ou a frigidez, derivem de sentimentos reprimidos.



Repressão significa viver uma vida que não é o seu destino. Repressão é fazer coisas que nunca quis fazer. Repressão é ser uma pessoa que não é, viver uma vida que não deseja sua. É uma forma de se auto-destruir.

Expressão é vida. Não viva uma vida reprimida, ou não viverá. Viva uma vida de expressão, criatividade, alegria. Viva de forma como a existência desejou que vivesse: de forma natural.

Ouça os seus instintos, ouça o seu corpo, o seu coração, a sua inteligência. Dependa apenas de si, vá onde a sua espontaneidade o levar e assim nunca estará perdido.

E acima de tudo...Sinta-se Feliz!

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html


Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas semelhantes, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!