domingo, 12 de fevereiro de 2012

Sila Tarot: A Astrologia - Desvende o Mistério!


ASTROLOGIA

Desde os tempos imemoriais o homem volta seus olhos para o céu, buscando desvendar os mistérios do universo, compreender o sentido da vida e a sabedoria presente no macrocosmo.

A Astrologia é a arte de compreender a conexão que há entre o macro e o microcosmo, a ligação entre os fenômenos celestes e terrestres.

Os registos mais antigos sugerem que a Astrologia surgiu no terceiro milênio AC. Ela teve um importante papel na formação das culturas, e sua influência é encontrada na Astronomia antiga, nos Vedas, na Bíblia, e em várias disciplinas através da história. De fato, até a Era Moderna, Astrologia e astronomia eram indistinguíveis. A Astronomia começou a divergir gradualmente da Astrologia desde o tempo de Ptolemeu, e essa separação culminou no século XVIII com a remoção oficial da Astrologia do meio universitário. Só no século XX é que a Astrologia retomou a algumas universidades - nomeadamente nos EUA - após desenvolver-se naquilo que é hoje chamado de Astrologia contemporânea.

Os astrólogos afirmam que o movimento e posições dos corpos celestes podem influenciar diretamente, ou representar, eventos na Terra e em escala humana. Alguns astrólogos definem a Astrologia como uma linguagem simbólica, uma forma de arte, ou uma forma de vidência, enquanto outros definem como ciência social e humana.

Durante séculos a Astrologia se baseou na observação de objetos astronômicos e no registro de seus movimentos. Mais recentemente os astrólogos têm usado dados coletados pelos astrônomos e organizados em tabelas chamadas efemérides, que mostram as posições dos corpos celestes.

A ferramenta principal da Astrologia é o Horóscopo (também conhecido como carta natal, carta astrológica, mapa natal, mapa de nascimento, mapa astral ou apenas carta). Este mapa é um diagrama bidimensional que representa a posição dos corpos celestes vistos de certo local, que pode variar desde o centro da Terra, à sua superfície, e até tendo o Sol como ponto central. A interpretação do mapa leva em consideração:

  • posição destes corpos em relação aos signos do zodíaco,
  • cálculo das dignidades astrológicas,
  • posição absoluta e relativa destes corpos dentro de um dos sistemas de casas astrológicas,
  • os aspectos astrológicos: relação trigonométrica dos corpos celestes entre si.

Tomando como coordenadas a data, a hora e local de nascimento, o astrólogo elabora o mapa astral, a fim de auxiliar indivíduos no processo de auto-conhecimento, para que utilizem positivamente seus potenciais, características, tendências, e aprendam com os desafios e dificuldades.

Cada ser é único no universo e o mapa astral é sua “identidade cósmica”, como uma impressão digital exclusiva, reflexo do propósito de sua alma na terra.

O objetivo maior da Astrologia é proporcionar auto-conhecimento, a fim de estimular a evolução e transformação da sociedade e do planeta, com a contribuição das diferentes individualidades que compõem a raça humana.

Com seus inúmeros símbolos e significados, a astrologia auxilia-nos na compreensão da “sinfonia das esferas”, a “música” que rege o universo, e o tom de cada ser, instrumentos do arquiteto divino...

Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!