sábado, 30 de junho de 2012

Sila Tarot: Plantas para aumentar o Líbido Sexual

Não é novidade que homens e mulheres que sofrem de falta de apetite sexual vivem em busca de soluções para o problema. Embora a real solução para isso esteja basicamente na maneira que a pessoa se vê e interage com o parceiro, existem algumas alternativas para impulsionar esse retorno à vida sexual.

Conheça a seguir as ervas que podem ser encontradas em farmácias de manipulação em sua forma de extrato e prometem melhorar a libido masculina e feminina.

Maca



Essa planta de aparência similar ao nabo, é conhecida como “viagra peruano” pois acredita-se que ela tenha o mesmo efeito no desejo sexual. Ela possui frutose, cálcio, ferro, manganês, cobre, potássio, zinco e ferro e aminoácidos essenciais como argenina, lisina e valina em sua composição.

Além disso, ela contém proteínas vegetais, fibras e vitaminas B1, B2, C e E. Sua ação positiva no apetite sexual se deve também à presença dos fito-hormônios progesterona e testosterona em sua composição.

Ela pode proporcionar ao homem ereções mais fortes e mais duradouras e nas mulheres, acredita-se que ela aumenta o apetite sexual e a intensidade dos orgasmos.

Ginseng siberiano




As suas propriedades são similares ao ginseng espécie panax. A sua raiz contém uma mistura de componentes chamados eleutherosides, muito utilizados em tratamentos fitoterápicos.

Além de aumentar a fertilidade masculina e feminina, esta planta ajuda a estabilizar os hormônios femininos, colaborando com a melhoria da libido.

Ginkgo biloba





O ginkgo biloba auxilia a vasodilatação e promove a produção de ácido nítrico, necessário para estimular o aumento do fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais, sendo assim um excelente estimulante sexual.

Essa erva é mais conhecida pelo seu tratamento contra disfunção erétil em homens, mas também pode proporcionar melhoria no apetite sexual feminino.

Tribulus terrestris




O seu uso é muito disseminado para o tratamento de infertilidade e impotência, além da sua forte influência na melhoria do apetite sexual tanto do homem quanto da mulher. Os resultados de pesquisas feitas pelo mundo todo apontam respostas positivas do corpo em relação ao Tribulus Terrestris. Acredita-se, inclusive, que possa aumentar os níveis de testosterona no organismo.

Estas plantas são usadas em tratamentos fitoterápicos para promover o apetite sexual em homens e mulheres, porém não garantem a solução do problema de falta de desejo sexual, devido à sua causa estar em geral, ligada a factores psicológico e não físicos.

Esta erva prepara o corpo para a excitação e facilitar esse processo. Uma vez que isso ocorre, estando o corpo preparado para a função sexual, a mente pode mais facilmente ser estimulada. Sendo assim, não se deve recorrer apenas a estes recursos para o tratamento da perda da libido.

Esta publicação, não substitui de forma nenhuma uma consulta médica e não se esqueça de que antes de se auto-medicar, deve procurar um aconselhamento médico.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Sila Tarot: Alimentos Benéficos para o Coração





Na natureza existe uma vasta variedade de especiarias e ervas que tendem a diminuir o risco de doenças do coração.

Umas diminuem o colesterol, outras reduzem os riscos de coágulos sanguíneos, outras melhoram a função circulatória.




A lista dessas especiarias e ervas poderosas são impressionantes.

O alho, açafrão, a linhaça e extrato de sementes de uva, folhas de alcachofra e de limão, todos demonstram habilidade de reduzir o nível de gordura em pacientes com colesterol elevado, mas o alho ganha de todas quando se trata de proteger a saúde do coração.




- Alho: Possui maiores potencialidades que a cebola, a cebolinha, alho porro(alho francês). Estudos comprovam que alho reduz o risco de ataques do coração e diminui o colesterol. O aquecimento do alho inutiliza e destrói a potencialidade. O alho baixa o nível da pressão sanguínea em algumas pessoas. O alho em pó representa melhor a composição do alho fresco que qualquer outro alho processado. Para manter boa saúde é recomendado consumir um dente de alho fresco por dia.


- Cebola: Contêm compostos que inibem a trombose e são considerados úteis para afinar o sangue. É um agente natural anticoagulante, contém substâncias que impedem a aglomeração das plaquetas. As pessoas que usam anti-oxidantes devem usar a cebola com cautela. Porem possui o maior poder adstringente e propriedades superiores, que melhoram a saúde.




- Gengibre: Antiinflamatório, tem sabor picante. É rico em substâncias conhecidas como anti-virais capazes de inibir e diminuir o risco de formação de coágulos.




- Açafrão: Tem sabor apimentado, quente e a cor dourada. A cor advém do curumim, que é um poderoso composto anti-inflamatório e anti-oxidante fenólico que protege contra doenças cardiovasculares, inibindo o infarte do miocárdio, diminuindo o colesterol, inibindo a oxidação e prevenindo a formação de coágulos.



- Sementes de uva: Os benefícios estão presentes na casca, na polpa e nas sementes. O extrato de sementes de uva contém alta concentração de proantocianidinas, potentes compostos flavonóides que agem como antioxidantes e são mais eficazes que as vitaminas C e E. Esses compostos inibem a oxidação das paredes das artérias e melhora a qualidade do sangue. O extracto de semente de uva reduz a permeabilidade e fragilidade do vaso capilar e pode ser usado como tratamento e prevenção de desordens vasculares ou circulatórias.




- Linhaça: Rica em fibras mucilaginosas, enquanto seu óleo é rico em ômega-3. A farinha de linhaça costuma ser adicionada a pães. A linhaça em pó é usada para diminuir o colesterol, combinada com seu conteúdo de fibra solúvel e baixos níveis de gordura saturada. Diminui o risco de coágulos sanguíneos.




quarta-feira, 27 de junho de 2012

Sila Tarot: 7 Alimentos bons para o Figado




O figado é um dos filtros do organismo (além dos pulmões, rins, etc.) A forma primária do corpo expulsar as suas toxinas é feita através do fígado, que desintoxica e limpa o seu corpo continuamente, por filtrar o sangue das toxinas que entram através do trato digestivo, da pele e do sistema respiratório. Mas quando o fígado fica sobrecarregado, resultado de stress ou exposição excessiva a toxinas, todo o seu sistema pode desequilibrar-se, e a sua saúde fica seriamente comprometida. É por isso importante fazer uma dieta indicada para limpar o fígado.

Como o fígado é também responsável pela produção de bilis, outra forma de desintoxicação que é metabolicamente necessária para a decomposição e assimilação de gorduras e proteínas, é extremamente importante que o fígado esteja saudável. Caso contrário o seu organismo não será capaz de se purificar e absorver os nutrientes, o que é uma receita para um desastre da saúde.

Os milhares de sistemas de enzimas que são responsáveis por praticamente todas as actividades do organismo, são construídos no fígado, sendo assim de grande importância a função hepática. O bom funcionamento dos olhos, do coração, do cérebro, as articulações e os rins, estão todos dependentes da actividade do fígado.

Saiba quais os alimentos que pode incluir na sua dieta alimentar para limpar o fígado e melhorar o seu funcionamento.


7 alimentos que ajudam o fígado a manter-se saudável




Alho

O alho contém numerosos compostos, que activam as enzimas do fígado responsáveis por libertar as toxinas do corpo. Este parente da cebola também contém alicina e selénio, dois nutrientes comprovadamente úteis para ajudar a proteger o fígado de danos tóxicos, e ajuda-lo no processo de desintoxicação.




Toranja

Rica em vitamina C e antioxidantes, tal como o alho, a toranja contém compostos que aumentam a produção de enzimas de desintoxicação do fígado. Também contém um composto conhecido como flavonóide naringenina que faz com que o fígado queime gordura, em vez de as armazenar.




Chá verde

O chá verde está carregado de catequinas, um tipo de anti-oxidante que ajuda a eliminar a acumulação de gordura no fígado e promove uma função hepática adequada. Esta bebida também protege o fígado contra toxinas que se podiam acumular e causar sérios danos.






Vegetais verdes

Vegetais de folhas verdes, como a rúcula, espinafres, contêm numerosos compostos de limpeza que neutralizam metais pesados, que podem carregar fortemente o fígado. As folhas verdes também eliminam os pesticidas e herbicidas do organismo e estimulam a criação e o fluxo de limpeza da bilis.




Abacate

Rico em glutationa produzindo compostos, o abacate promove activamente a saúde do fígado, protegendo-o contra as subcargas tóxicas, e aumenta o seu poder de limpeza. Algumas pesquisas têm mostrado que a ingestão de um ou dois abacates por semana durante 30 dias pode reparar um fígado danificado.





Nozes

As nozes, que contêm altos níveis de L-arginina, um aminoácido, glutationa, e ómega-3, também ajudam a desintoxicar o fígado. As nozes também ajudam a oxigenar o sangue.




Açafrão

Um dos alimentos (especiaria) mais poderosos para a manutenção de um fígado saudável. Tem sido demonstrado que protege activamente o fígado contra danos tóxicos, e até que regenera células hepáticas danificadas. O açafrão também estimula a produção natural da bilis, e melhora a função geral da vesícula biliar, outro órgão importante para a purificação do organismo.

Sila Tarot: O Poder das Ervas



A mãe Natureza cria um elo entre a nossa essência, eventualmente adormecida, com a Lei Maior que é a essência do Criador, com aquilo que ela tem de mais seu: As suas ervas.

Sabemos e é comprovado o uso das ervas nas curas do organismo humano, mas agora podemos ter a opção de tê-las como curativas da alma.


As ervas são produzidas no maior laboratório elemental da natureza: a Terra.


Observando-as e estudando-as sabemos em que situação usá-las. Poderá ser na forma de incenso, fusão, óleos, chás, sendo que no caso de ingestão, deve-se sempre consultar um especialista, que será o melhor indicador de como usá-las correctamente.

Muitos tem por hábito apenas ferver as folhas de determinada erva, para que seu vapor purifique o ambiente e a alma das pessoas que nele se encontram. Tente. Será algo novo que o deixará repleto! Aqui ficam, algumas ervas, pelos seus nomes mais conhecidos e populares:


Alecrim

Indicado para aqueles que tendem sempre a guardar, reter sentimentos como mágoas e ressentimentos, libertando estas energias já densas, alterando o seu padrão, realçando o exercício do perdão e trazendo a alegria e o amor á tona nos nossos comportamentos.

Alfazema

Aos que agem de maneira impensada ou sentem insegurança para agir, despertando o discernimento. Actua no sistemas nervosos do corpo acalmando-os, permitindo diminuir as culpas de actos impensados e ajudando na manifestação da intuição.

Anis

Ensina o fluir natural dos sentimentos da forma como eles se originam, sem que as barreiras conceituais ou outras manifestações da personalidade tenham qualquer influência.

Arnica

Combate a dispersão excessiva naqueles que pensam intensamente sobre vários assuntos ao mesmo tempo e não conseguem agir sobre nenhum deles, prejudicando o seu caminhar como um todo. Actua trazendo-os para a acção e conclusão.

Arruda

Promove a queima interna activando o elemento fogo dentro de nós. Dissipa os elementos densos e negativos e limpa os nossos arquivos, trazendo consciência plena dos nossos potenciais, inclusive os espirituais.

Artemísia

Aos que "fabricam" pensamentos com ansiedade a ponto de gerar emoções grosseiras e irreais. Traz à razão o padrão de suas próprias idéias, rapidamente e com consciência.

Assa-Peixe

Para aqueles que retêm a energia sexual a ponto de provocar tensão, essa flor liberta essa potente energia reprimida através de emoções e sentimentos mais tranquilos, e pede ao ser que não se reprima ou se deixe oprimir, nessa área, por preconceitos.

Babosa

Promove a transferência da energia usada excessivamente no "pensar", principalmente aqueles que não conseguem fazê-lo, mesmo conscientes de que precisam, devolvendo a energia excessiva aos sistemas físicos de eliminação.

Bálsamo

Trabalha exclusivamente nas emoções presas pela falta de expressão, que endurecem o Ser. Liberta essa energia retida de forma suave, contactando com o elemento água.



Boldo

Com energia contraída, leva o ser a reflectir sobre os sentimentos e emoções reprimidas que o levam a ter atitudes tempestuosas e impulsivas, principalmente as raivas contidas, de maneira mais branda.

Camomila

Para aqueles que criam tantas expectativas em relação ao futuro, que se desequilibram emocionalmente, tentando digerir algo que ainda não foi “cozinhado”. Essa flor desperta neles, a energia da calma, da confiança e da paciência.

Cânfora

Formidável para aqueles que acreditam que a vida é apenas a manifestação dos que captam os nossos cinco sentidos físicos, essa flor gera movimentos de introspecção sobre essa idéia, fazendo fluir essa energia contida para as áreas espirituais.

Capuchinha

Expressão chave para esse floral: carência afectiva. Para dar consciência desse assunto, promove a união energética das energias do corpo físico, trazendo á lembrança a importância da libertação do tocar e ser tocado.

Carqueja

Forte depuradora de emoções envelhecidas, por teimosia em manter "verdades" internas, essa flor limpa esses meridianos, criando condições de aceitação a novo valores e sentimentos.

Catinga-da-Mulata

Promove em toda a aura uma verdadeira limpeza energética, conservando o bom fluxo do prana (energia vital da alma), nos chakras (canais de fluxo energético entre a aura e o corpo físico), principalmente no plexo solar.

Coentro

Promove força e coragem quando nos sentimos acuados e sem reacção diante de situações que necessitamos enfrentar sem medo. Principalmente, quando o assunto é "mudanças" ou "novidades".

Confrei

Para os momentos de tomada de consciência de nosso estado interno de aparente demolição, gerando a força vitalizadora, colocando-nos de pé e dando-nos ciência das ferramentas que devemos reutilizar.

Dente de Leão

Excelente para aqueles que, conscientemente, sabem que terão uma batalha pela frente, da qual não podem e não devem fugir. E para enfrentá-la, necessitam de dois ingredientes que essa flor dinamiza: força e coragem.

Espinheira Santa

Muito importante para aqueles que confundem emoções e sentimentos e, diante de situações sentimentais, agem com a emoção, desequilibrando-se pois trazem para si o problema alheio . Acalma as emoções.

Gervão

Quando o acúmulação de raiva e outros sentimentos muito grosseiros atinge um nível muito grande, não servindo a introspecção para os compreender. Geralmente, para aqueles que negam a sua faceta raivosa.

Guiné

Essa flor possui características purificadoras de negatividades que, acumuladas, melhora os estados de tensão em todo o corpo. Activa o elemento fogo para dissipá-las, agindo como um "anti-gripal" da aura humana.




 
Hortelã-Pimenta

Para as pessoas que se privam de libertar as suas emoções por conceitos do tipo: "não sei se fica bem...", "o que os outros vão pensar...". "esta atitude não serve para uma pessoa do meu nível..." etc. Essa flor libera o que ficou retido de forma descontraída.

Jaborandi

Para os movimentos de grandes mudanças externas nas nossas vidas, que exigem coragem para serem enfrentadas sem nos afastarmos de nosso eixo pessoal, físico e espiritual.

Jurubeba

Floral de grande poder dentro de nós, principalmente para aqueles que se desvalorizam e perdem a vontade prórpia diante de perdas e sentimentos, ficando presos aos sentimentos do passado, desequilibrando o presente.

Macela

Com vibrações muito subtis da nossa alma, essa flor pede a paragem total do nosso Ser, pois o excesso de actividade ou de informação pode impedir a comunicação de energias supra-físicas, desejosas de indicar novos rumos e perspectivas.

Manjericão

Actuando como regulador da libertação da energia da vontade, ameniza a personalidade que, oprimida, provoca reacções explosivas de auto-defesa. Desperta o fluxo material dos instintos.

Melissa

Para os momentos nos quais seja necessário retomar o fio da meada em relação aos nossos problemas internos, esta flor funciona como uma lupa, ampliando a nossa capacidade de visualização e dimensionamento dos mesmos, fazendo-nos agir sobre eles.

Metrasto

Esta flor limpa o Eu, trazendo á consciência a manifestação pura dos sentimentos, fortalecendo-os. Ideal para aqueles que, não confiando nos seus próprios sentimentos, não lhes conseguem dar o devido valor e perdem a oportunidade de contactar novos amigos e situações agradáveis.

Mil-Folhas

Para os casos em que traumas ou experiências consideradas vegetativas bloqueiam muito o desenvolvimento natural da vida em todos os sentidos. Esse desbloqueio dá-se através do meridiano cardíaco, no qual moram os sentimentos profundos e verdadeiros, limpando-os e espargindo essa energia purificadora para toda a aura.

Picão

Indicado para aqueles que, em processo de autoconhecimento, tendem facilmente a criar atitudes internas de auto-punição e cobrança, gerando esmorecimento e ansiedade. Traz conforto e força interna.

Sabugueiro

Esta flor ajuda a melhorar o fluxo de decisões internas para aqueles que tem esta dificuldade, provocando descargas eléctricas nos meridianos nervosos.

Serralha

Excelente para aqueles que, diante de decepções, frustrações e desilusões, se desequilibram facilmente, emocional e sentimentalmente. Revitaliza, nessas circunstâncias, a auto-estima.




 
Sete-Sangrias

Em momentos nos quais não se pode dispensar, perder tempo e deixar espaço para dúvidas internas, este floral renova a vitalidade, fazendo com que se mantenha a força do querer pessoal diante dos próprios objectivos.

Trapoeraba Forte

Estimulante da circulação interior, este floral nos dá grande sensação de renovação interna, trazendo sensações de segurança, juventude e renascimento para seguir a vida com sentido.

Verbasco

Para aqueles que, descontrolados emocionalmente ou por fraqueza momentânea na personalidade, deixam- se expor e explorar por energia alheia negativa, desvitalizando-se. Limpa a aura dessas negatividades e protege-a contra novas invasões.

Sila Tarot: A importância do Sono



Falar sobre o "sono" é falar sobre 1/3 das nossas vidas.

Apesar do avanço da ciência no que diz respeito ao sono, ainda não há uma resposta consensual à pergunta "para que serve o sono?" Existem algumas teorias, entre as quais se inclui servir o sono para conservação da energia, adaptação ao meio ambiente, reforço e consolidação da memória, manter a integridade do Sistema Nervoso Central e restaurar tecidos do corpo e do cérebro.

O sono será um dos temas que mais fascinou o homem desde os primórdios, sendo pois numerosas vezes abordado na filosofia, romances, pintura, música e outras artes.

É um total contra-senso o facto de que, num mundo em que cerca de 16 a 40% das pessoas em geral sofrem de insónias, haja aquelas que, iludidas pelos valores da sociedade industrial, se esforçam por reduzir o número de horas de sono diário,. Com isso acreditam, provavelmente, que um corpo "treinado" para dormir menos, nos permita ampliar o número de "horas úteis" do dia, mantendo o mesmo desempenho.

Pura ilusão ou, mais provavelmente, uma boa dose de ignorância sobre a importância que o sono tem no funcionamento do nosso corpo e da nossa mente.

Dormir não é apenas uma necessidade de descanso mental e físico: durante o sono ocorrem vários processos metabólicos que, se alterados, podem afectar o equilíbrio de todo o organismo a curto, médio e, mesmo, a longo prazo. Estudos provam que quem dorme menos do que o necessário tem menor vigor físico, envelhece mais precocemente, está mais propenso a infecções, à obesidade, à hipertensão e ao diabetes .




Dormir bem é fundamental, não somente para a melhorar a execução das tarefas diárias. O descanso é de suma importância para a sua saúde e o seu conforto. O sono é uma necessidade de recuperação essencial ligada a todos os órgãos do corpo. Funções essenciais como conservação de energia, metabolismo anabólico, amadurecimento do sistema nervoso central, consolidação da memória e secreção hormonal são desempenhadas.

Nada como uma óptima noite de sono para acordar novo e com mais disposição para enfrentar o dia. Muitas pessoas tem curiosidade em saber quanto tempo e como devem dormir. Pena que a rotina atarefada nem sempre permita um sono tranquilo. Se é o tipo de pessoa que deixa de dormir para estudar ou trabalhar ou deixa que as aflições do dia-a-dia atrapalhem o seu sono, trate de relaxar.

A quantidade de sono ideal depende de cada pessoa. Na Maioria dos casos, a população adulta precisa dormir de 6 a 8 horas por noite. “Eventualmente, uma pessoa saudável pode dormir menos que isso sem prejudicar a saúde. Só não se deve tornar rotina.




Quais as Etapas do Sono?

Segundo os neurologistas, o sono é dividido em partes que geram ciclos. As partes de sonolência e de sono leve fazem parte do sono superficial, que são os I e II estágios. Quando o sono se intensifica, a actividade eléctrica cerebral fica mais lenta. Esse é o estágio III ou sono de ondas lentas, que representa os instantes do descanso cerebral e da reorganização da memória.

O climax dos processos acontece no sono REM (Rapid Eye Moviment). É a fase em que sonhamos, em que ocorre o relaxamento completo da musculatura do corpo. “O REM equivale a cerca de 25% do nosso sono. Durante esse tempo, o corpo faz a renovação de toda a musculatura. O conteúdo aprendido durante o dia é processado e armazenado na nossa memória.



Mesmo se dormir mal uma noite não afecta a sua saúde, essa carência de sono será notada no dia seguinte: Uma noite mal dormida interfere em todas as tarefas do dia-a-dia, desde o humor da pessoa até a sua produtividade no trabalho. Irritação, cansaço, sonolência e instabilidade emocional para enfrentar uma rotina stressante são alguns problemas enfrentados por quem dorme pouco.

É fundamental entre a hora que se deita e a que se levanta. Quando dormimos menos numa determinada noite, o que se deve fazer é antecipar um pouco a hora de ir para cama na noite seguinte. Se para tentar compensar, a pessoa acordar muito mais tarde do que seu horário habitual ou então fazer uma sesta após o almoço, naturalmente terá maiores dificuldade em dormir na noite seguinte, perpetuando o problema.





Dicas para dormir melhor!

- Mantenha o quarto sempre com uma temperatura estável e agradável. Deixe-o arejado durante o dia e escuro à noite;

- Estabeleça horários de dormir e acordar, respeitando o seu ritmo biológico;

- Evite álcool ou bebidas com cafeína à noite;

- Evite o uso regular de tranquilizantes para dormir;

- Faça refeições leves à noite;

- Evite fazer exercícios físicos perto da hora de dormir;
- Evite actividades estimulantes à noite.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Sila Tarot: Taoísmo - Religião Tradicional Chinesa


 

Introdução


O Taoísmo baseia-se no sistema politeísta e filosófico de crenças que assimilam os antigos elementos místicos e enigmáticos da religião popular chinesa, como: culto aos ancestrais, rituais de exorcismo, alquimia e magia.


A origem da filosofia do Taoísmo é atribuída aos ensinamentos do mestre chinês Erh Li ou Lao Tsé (velho mestre), um contemporâneo de Confuncio, nos anos 550 a.C., segundo o Shih-chi (Relatos dos Historiadores). Apesar de não ser uma religião mundialmente popular, os eus ensinos têm influenciado muitas seitas modernas.


 

Fundação do Taoísmo

Como no Budismo, muitos factos da vida de Lao Tsé são lendas. Uma delas é a questão de ter nascido já velho. Supostamente, nasceu no sul da China em volta do ano 604 a.C. E tinha uma importante posição no governo.
Por desaprovar a tirania dos regentes do seu governo, Lao Tsé veio a crer e ensinar que os homens deveriam viver uma vida simples, sem honrarias ou conhecimento. Sendo assim, ele renunciou ao seu cargo e foi para casa.

Lao Tsé comprou um boi e uma carroça, e partiu para a fronteira da província, deixando aquela sociedade corrompida para trás. Ao chegar, um dos seus amigos, que era polícia Yin-hsi, reconheceu-o e não o deixou passar. Ele advertiu Lao Tsé que deveria escrever os seus ensinamentos, e só assim poderia cruzar a fronteira na região do Tibete.





Tao te Ching — o Livro Sagrado

Segundo a história, Lao Tsé, agora com 80 anos, regressou após três dias com os ensinamentos escritos num pequeno livro com aproximadamente 5.500 palavras. O livro foi denominado de “Tao te Ching”, o “Caminho e o seu Poder” ou o “Caminho e Princípios Morais”. Conta a lenda, que montado num búfalo, partiu para nunca mais voltar. Lao Tsé foi canonizado pelo imperador Han entre os anos 650 e 684 a.C. e segundo a história, ele morreu no ano 517 a.C.


“Tao te Ching” continuou a ensinar ao povo como resistir às terríveis calamidades comuns na China. Ele diz que se deve permanecer sempre num nível baixo, sem nenhuma ambição, e sem desejar sobressair-se sobre qualquer circunstância, mesmo que tenha como finalidade a sobrevivência.

O Taoísmo religioso (Tao Ciao) surgiu na dinastia do imperador Han, no século II.

Tchuang-tseu, um discípulo de Lao Tsé e filósofo chinês, que morreu no princípio do século III, desenvolveu e proliferou os ensinamentos de seu mestre.Tchuang-tseu escreveu uma média de 33 livros sobre a filosofia de Lao-Tsé, que resultou na composição de 1.120 volumes, os quais formam o Cânon Taoísta. Ele acreditava que o “Tao-te-Ching” era a fonte da sabedoria e a solução para todos os problemas da vida.

Para compreender a filosofia do Taoísmo, vejamos o que Tchuang-tseu pronunciou quando a sua esposa faleceu:

“Como me posso comover com a sua morte? Originalmente ela não tinha vida, nem forma, e nem força material. No limbo da existência e não-existência havia transformação, e a força material estava envolvida. A força material transformou-se em forma, a forma em vida, e o nascimento em morte. Da mesma maneira que acontece com as estações do ano. Ela agora dorme na grande casa, o universo. Eu estar a chorar em pranto, seria mostrar a minha ignorância sobre o destino. Por isso abstenho-me.”
 



Os Ensinos de Lao Tsé

O credo do Taoísmo é: “Sujeite-se ao efeito, e não busque descobrir a natureza da causa.”

O Taoísmo é uma religião anti-intelectual, que leva o homem a contemplar e a sujeitar-se às leis aparentes da natureza, ao invés de tentar compreender a estrutura destes princípios. A doutrina básica do Taoísmo resume-se de uma forma prática, conhecida como as “Três Jóias”: compaixão, moderação e humilhação. A bondade, simplicidade e delicadeza também são virtudes que o Taoísmo busca aparentar às pessoas.

Os ensinos de LaoTsé eram, em parte, uma reacção contra o Confucionismo humanístico e ético daquele tempo, o qual ensinava que as pessoas só poderiam viver uma vida exemplar, se estivessem numa sociedade bem disciplinada, e que se dedicasse aos rituais, deveres e serviços públicos. O Taoísmo, por sua vez, enfatizava que as pessoas deveriam evitar todo tipo de obrigações e convívios sociais, e que se deviam dedicar a uma vida simples, espontânea e meditativa, voltada para a natureza. Por isso, o imperador Shi Huang Ti mandou queimar os livros de Confuncio.

Segundo os ensinamentos do Taoísmo, o
Tao (caminho) é considerado a única fonte do universo, eterno e determinante de todas as coisas. Os taoístas crêm que quando os eventos e coisas são permitidas existir em harmonia natural com a força macro-cósmica, então existe paz.

 


Curiosidades:

Tao — Deus: Apesar do Taoísmo originalmente ignorar um Deus criador, os princípios do Tao eventualmente tem o conceito de Deus. LaoTsé escreveu: “Antes do céu e da terra existirem, havia algo nebuloso... Eu não sei o seu nome, e eu o chamo de Tao.”

Yin e Yang: Eles consideram também que tudo no mundo é composto pelos elementos opostos Yin e Yang. O lado positivo é o yang, e o negativo, o yin. Esses elementos transformam-se, complementam-se e estão em eterno movimento, equilibrados pelo invisível e omnipresente Tao. Yang é a força positiva do bem, da luz e da masculinidade. Yin é a essência negativa do mal, da morte e da feminilidade. Quando esses elementos não estão equilibrados, o rítmo da natureza é interrompido com desajustes, resultando em conflitos. Eles ensinam que da mesma forma que a água se modela dentro de um copo, o homem deve aprender a equilibrar seu Yin e Yang, a fim de viver em harmonia com o Tao. O filme “Guerra nas Estrelas” foi baseado na filosofia taoísta, em que a força universal existe e as pessoas determinam se a usam para o bem, ou para o mal.
 
 
Esta filosofia vai no sentido contrário á Teologia Bíblica. Deus é onipotente e a fonte de todo o bem. Lúcifer, hoje Satanás, foi criado por Deus, e por isso tem limites quanto à sua autoridade e poder. Como fonte do mal, o Diabo opõe-se ao reino de Deus. Ele não é, nunca foi, e nunca será igual ou buscará harmonia na sua oposição a Deus.

Embora formulado há mais de 2.500 anos, o Taoísmo influencia a vida cultural e política da China até aos dias de hoje. As suas manifestações mais populares são o chi-kung, arte de auto-terapia; o wu-wei, prática da inação; ioga; acupuntura; e as artes marciais wu-shu ou kung-fu.
Artes Marciais — É ensinado nas artes marciais como: kung-fu, karate, judo, aikidô, tai-chi-chuan e jujitsu, que o equilíbrio da pessoa com o Tao é estabelecido quando a “Força” ou “Ch'i”, uma energia que sustenta a vida, flui no corpo e se estende tendo como finalidade destruir o seu oponente.
Acupuntura — Usando a mesma filosofia, eles vêm a saúde fisiológica como a evidência do equilíbrio do Yin e Yang. Se estes elementos estão desequilibrados, as enfermidades surgem. Eles ensinam que para restaurar a saúde é necessário haver uma ruptura no fluxo do Yin e Yang, o qual é feito através de agulhas inseridas no corpo. Uma vez que o equilíbrio dos elementos tenham sido restabelecidos, a força do Tao pode fluir livremente no corpo trazendo a cura.
 

Ioga — Apesar do ioga não fazer referência ao Taoísmo, incorpora a mesma filosofia da “Força” como sustentador da vida e da estética. O Taoísmo professa a longevidade e a imortalidade física pela perfeita submissão à ordem natural universal, através da ioga, meditação, prática de exercícios físicos e respiratórios, dietas especiais.
 

Culto aos ancestrais: Para os chineses, a maioria dos deuses são pessoas que tiveram poder excepcional durante a sua vida. Por exemplo, Guan Di, que é o deus protetor dos negociantes, foi um general dos anos 200 d.C.

 Rituais de exorcismo:

O Taoísmo possui um sacerdócio hereditário, principalmente em Taiwan. Esses sacerdotes dirigem rituais públicos, durante os quais, eles submetem as orações do povo aos deuses. O sacerdote principal, que no momento da cerimonia se encontra em transe, dirige-se a outras divindades, representando outros aspectos do Tao, em favor do povo. O Taoísmo enfatiza que os demonios devem ser aplacados com presentes, a fim de assegurar a passagem do homem na terra.

 Alquimia:

Química da Idade Média e da Renascença, que procurava, sobretudo, descobrir a pedra filosofal e o elixir da longa vida. O imperador Shi Han enviou expedições navais para várias ilhas, a fim de descobrir a erva da imortalidade. O imperador Wu Tsung tomou medicamentos taoístas para eterificar os seus ossos. Os chineses buscam o Taoísmo para fins de cura e para se livrarem dos espíritos maus.

Magia : Arte oculta com que se pretende produzir, por meio de certos actos e palavras, e por interferência de espíritos (demonios), efeitos e fenômenos contrários às leis naturais. Os discípulos de Lao Tsé diziam ter poder sobre a natureza e tornaram-se advinhos e exorcistas.


O Taoísmo na Actualidade

Actualmente, o Taoísmo está dividido em duas vertentes: a
filosófica e a religiosa
.

O
Taoísmo filosófico é ateísta e diz ser panteísta. Trata-se de levar o homem á harmonia com a natureza através do livre exercício dos instintos e imaginação.

O Taoísmo religioso é politeísta, idólatra e exotérico, pois consulta os mortos. Ele teve início no segundo século, quando o imperador Han edificou um templo em honra a Lao Tsé, e o próprio imperador ofereceu sacrifícios a ele próprio. Somente a partir do século VII é que o Taoísmo acabou por ser aceite como religião formal.

O Taoísmo religioso possui uma escritura sagrada, sacerdócio, templos e discípulos. Também crêem numa nova era, que surgiráir e derrotará o sistema estabelecido. Com o tempo, o Taoísmo adicionou Deuses ao sistema religioso, a crença no céu e no inferno, e a deificação de Lao Tsé.

O Taoísmo pratica o que Paulo escreveu aos Romanos: “Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.” A vida de virtudes éticas pode ser atractiva, mas falha quando se trata da natureza pecaminosa do homem. Respeitar as leis ou preservar a natureza é uma mordomia que o homem desenvolve para com a terra, mas nunca deve ser uma forma de devoção religiosa, acima do Deus Criador da natureza.
 
 
Antes do Comunismo tomar conta da China, 1 em cada 11 chineses, era taoísta. As suas práticas animistas tem diminuido na China, mas continuam grandemente nas comunidades chinesas da Ásia. Apesar de não ser uma religião oficial nos Estados Unidos, os seus princípios filosóficos são encontrados na maior parte das seitas orientais no Ocidente.

Actualmente, a religião conta com cerca de três mil monges e 20 milhões de adeptos em todo o mundo, sendo muito popular em Hong Kong, com mais de 360 templos.