segunda-feira, 27 de maio de 2013

Sila Tarot: Os Segredos da água oxigenada!

 
Sabe quais os benefícios que advém da Água Oxigenada ?

90% das pessoas não sabem, porque não é divulgado, por ser um produto de fácil acesso e que não dá lucro por ser muito barato!

1- Mata os germes da boca;

2- Clareia os dentes (coloque uma colher de sobremesa de água oxigenada vol. 10, bocheche e depois cuspa);

3- Tira os germes das escovas de dentes que causam a gengivite e outros (mantenha a escova numa solução de água oxigenada);

4- Desinfecta as superfícies melhor que qualquer outro produto (excelente para casas de banho e cozinhas);

5- Elimina os fungos dos pés que causam o chulé (utilize á noite sobre os pés (também evita frieiras e outros fungos);

6- Evita infecções;

7- Desinfecta;

8- Ajuda na Cicatrização (use várias vezes ao dia, alguns casos de gangrena regrediram com o seu uso);

9- Mata germes e outros micro-organismos nocivos;

10- Alivia o nariz, se estiver com constipações, gripe ou sinusite (misture meio-a-meio com água pura e pingue no nariz, espere alguns minutos e assoe o nariz);
 

11- Ajuda manter a pele saudável (use no banho);

12- Desinfecta roupas que estiveram em contato com sangue ou secreções corporais (Deixe de molho numa solução de água oxigenada antes da lavagem normal);

13- Mata bactérias na cozinha, inclusive salmonela (após o uso dos utensílios, desinfecte-os com água oxigenada);

14- Remove o tártaro dos dentes (molhe a escova com a água oxigenada e escove normalmente, o tártaro sai aos poucos);

15- Descolora os pêlos dos braços (aconselhável colocar antes de iniciar o procedimento, creme de óleo de amêndoas. Use a água oxigenada vol. 40 + pó descolorante, passe sobre os pêlos que deseja descolorir e aguarde entre 10 e 30 minutos, depois deste procedimento, lave o local onde passou a loção);

16- Clareia as manchas no rosto (passe todas as noites em cima da mancha que deseja que desapareça);

17- Clareia as unhas (Misture num recipiente com água quente, uma tampa de água oxigenada ou uma colher de sopa , deixe as unhas mergulhadas nessa solução durante 10 minutos e retire. Obs: As unhas devem estar limpas e sem verniz);

18- Retira a água do ouvido (coloque uma gota de água oxigenada e desaparecerá aquela sensação de quem fica muito tempo na água da piscina ou do mar);

19- Deixa os pés lisos, livre de rachas (coloque 10 comprimidos de melhoral adulto + 1 frasco médio de glicerina + 1 frasco de água oxigenada, triture o melhoral previamente num recipiente, até ficar em pó e acrescente os demais ingredientes, misture e feche. Use á noite, antes de ir dormir);

20- Tira manchas de vinho e de sangue das roupas (coloque um pingo em cima das mancha e depois lave normalmente, com água fria de preferência).
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sila Tarot: 1ª Conversa: 5 Erros Imperdoáveis dos Homens!

 
 
 
 
Todos sabemos que não há uma segunda oportunidade para causar uma boa primeira impressão. Para não fazê-lo abortar a sua missão mais cedo do que gostaria, é importante prestar atenção nos erros que se seguem e que podem acabar com suas probabilidades de ter algo mais com determinada mulher.
 
 
 
 
 
 
 
 

1- Deixar morrer o assunto

 
Aquele silêncio constrangedor, que parece que teve "uma branca" na sua mente e simplesmente não tem mais nada para dizer? A origem desse problema pode ocorrer por dois motivos. O primeiro é o nervosismo da abordagem, que pode fazer esquecê-lo de tudo que tinha para dizer. O segundo pode ser realmente a falta de informações interessantes para manter uma conversa. No primeiro caso, pode resolver com técnicas de respiração, relaxamento e muito treino. No segundo caso, basta desenvolver o hábito de leitura de assuntos de interesse geral, como música, moda, esoterismo etc.
 

2- Falar de dinheiro

 
Sabe que algumas mulheres adorariam encontrar um homem com dinheiro Sabendo que há algumas realmente interesseiras, pode cair na tentação de se mostrar um ricaço. Gasta mais dinheiro do que deveria, diz o preço do relógio de última moda que está a usar etc, etc. Falar de dinheiro, ou do que tem. Esse assunto não surtirá nenhum efeito positivo, pelo contrário, falo-á parecer snob e arrogante e em última instância, que quer comprar uma mercadoria. E se o seu problema for a falta de dinheiro, nenhuma mulher precisa, e nem quer saber dos seus problemas, numa primeira conversa.
 

3- Não a deixar falar

 
Existem homens que ficam tão preocupados em causar uma boa impressão, que não deixam espaço para a mulher conversar. Na conversa, procure prestar bastante atenção ao que a mulher diz, como ela se comporta, como está a linguagem corporal dela. Lembre-se que o objectivo da abordagem ou do encontro é causar uma boa impressão e também conhecer a mulher. Se não se mostra interessado no que ela tem a dizer, pouco provável será, ela querer vê-lo novamente.
 

4- Não ser autêntico!

 
Alguns homens querem causar boa impressão a qualquer preço e acabam por tentar passar -se por alguém que não são. Jamais caia na armadinha de criar uma “personagem” apenas para tentar agradar a uma mulher. Além da mulher perceber claramennte que está a ser estranho, passar-se por alguém que não é, só vai complicar tudo futuramente, caso continuem a sair e ela descubra que todas aquelas coisas que tinha dito, afinal eram mentira. É como ir a uma loja e o vendedor vender um produto que não é o que precisa. Seja natural!
 

5 – Falar da Ex

 
Já teve muitos namoradas? Quando terminou o seu último namoro? Porque não resultou? Já tiveram alguma recaída? Pode parecer óbvio que essa é uma péssima forma de conduzir a conversa mas, acredite em mim, existem muitos homens que fazem exactamente isso! Numa primeira conversa, a última coisa que quer é que a mulher comece a falar do ex. Só irá dar abertura para isso. Se ela quiser falar de relacionamentos antigos, ela que procure um amigo gay para desabafar!
 
É normal que uma vez ou outra, cometa algum deslize durante a primeira conversa com a mulher, como tocar num assunto de ex namoradas ou parecer não ter assunto. O importante é não perder a confiança e continuar a agir com com naturalidade, como se tudo fosse cuidadosamente planeado – quando acabar o assunto, por exemplo, pode simplesmente olhar para ela e dizer de repente:
 
Estava a olhar e tinha que te dizer… Tens uma testa linda!
 
Poderá substituir a testa por qualquer outra coisa que não seja o que os homens geralmente falariam, como peitos, olhos, bocas, etc. Mas atenção: Seja elegante! E um homem autêntico, misterioso e divertido. O objectivo deste exemplo é provocar com um pouco de bom humor, mas nunca insultar. Com a linguagem corporal adequada e o tom de voz certo, já será meio caminho andado.
 

Se Gostou do que Leu, clique G+1

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Sila Tarot: A Energia dos Felinos!


Os gatos possuem uma conexão com o mundo mágico, invisível. Assim como os cães são os nossos guardiões no mundo físico, os gatos são nossos os protetores no mundo energético, ou espiritual. Durante o tempo em que passa acordado, o gato vai “limpando” a sua casa das energias intrusas. Enquanto dorme, ele filtra e transmuta esta energia. O gato pode, muitas vezes, ficar em lugares com baixa circulação de energia ou Chi vital para poder ativar esta área.

 Quem já não presenciou o seu gato a olhar para o nada, totalmente imerso... Ele certamente vê coisas que não vemos, desde insetos microscópicos, até seres de outras dimensões. Muitas vezes o seu gato vai para um local isolado da casa e começa a miar... Não é só atenção que ele quer: é uma espécie de alerta que ele está a dar: a qualidade da energia daquele espaço precisa de ser melhorada.


 
Os nossos problemas, o nosso stress diário é absorvido pelo gato. Quando o espaço está denso e muito carregado, não raramente o gato adoece.

Claro que o gato não é o único responsável pelo o equilíbrio energético do seu lar, mas este animal esforça-se bastante. Quando mais harmonioso for o seu ambiente, menos energia negativa ele precisará de filtrar e consequentemente será mais feliz e saudável será.

Quando dormimos, os nossos corpos astrais separam-se do corpo físico e vão para a quinta dimensão, a dimensão sem tempo e espaço: a dimensão em que estamos durante os nossos sonhos. Por falta de treino e preparo, na grande maioria das vezes não sentimos essa dimensão tal como ela é, em vez disso “mascaramos” e codificamos com o nosso conteúdo psíquico e inconsciente.
 
 
Os gatos muitas vezes acompanham-nos nessas viagens astrais ou protegem o nosso corpo astral, além de guardar o nosso quarto de espíritos indesejados enquanto dormimos. Essas são as razões pelas quais eles gostam de dormir conosco na cama.

Os gatos também regulam a nossa evolução. Durante sua convivência connosco, eles transmitem informações a dimensões superiores, servindo como radares e transmissores. Além disso, como transmutadores de energia, eles auxiliam na cura, desempenhando um papel semelhante ao dos cristais.

Os gatinhos são “professores”, eles ensinam a amar. Um amor livre, não submisso, respeitador do arbítrio alheio e das diferenças. Por isso tantas pessoas têm dificuldade de conviver com gatos e acham-nos “interesseiros”. Primeiro, tem de conquistar a confiança de um gato. Depois, tem que aprender a respeitá-lo. Ele vai demonstrar afeto quando realmente estiver disposto, se sentir que precisa dele, não á hora que quiser. Gatos emanam amor. Do ponto de vista energético, pessoas que têm alergia a gatos são pessoas que têm dificuldade de deixar o amor entrar nas suas vidas.

Se há muitas pessoas na família e um único gato, ele pode ficar sobrecarregado a absorver a negatividade de todos. É bom ter mais do que um gato para dividir a carga entre eles, ainda mais nesses casos.
 

Se não tem um gato, e um gatinho de rua, aparece na sua vida, é porque precisa de um gato numa altura particular. O gatinho está-se a propor a ajudá-lo a si. Se não pode acolher o gatinho, é importante que lhe encontre um lar. O gatinho chegou até si por alguma razão, que pode não compreender a nível físico, mas que pode descobrir através dos sonhos, se assim o desejar. Muitas vezes o gatinho aparece, cumpre a sua função e se vai.

Fique atento à forma como os gatos reagem a visitas na sua casa. Muitas vezes estão a tentar protegê-lo de um campo áurico negativo ou pesado.
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Sila Tarot: Aloe Vera: A rainha das plantas medicinais!


 
A Aloe Vera, ou Babosa, é realmente uma das principais dádivas do Reino Vegetal. Se todos soubessem os importantes benefícios nutricionais e medicinais que esta planta guarda dentro das suas folhas, provavelmente haveria um pequeno jardim de Aloe em cada residência. E definitivamente as farmácias venderiam menos medicamentos.

Por uma fração de preço de qualquer medicamento sintético a Aloe oferece uma vasta seleção de princípios ativos medicinais em forma orgânica e já conjugada com os elementos que auxiliam ao uso destas substâncias. Os seus benefícios amplamente documentados explicam porque esta planta foi reverenciada através de pinturas nos templos egípcios, e em diversas culturas ao longo da história.
 

Embora a maioria apenas tenha conhecimento acerca das aplicações externas da Aloe Vera, seja na forma cosmética (pele e cabelos) ou na forma de tratamento para queimaduras, a planta tem na realidade, muito mais a oferecer. Os seus benefícios quando usada internamente (ingerida) são tão, ou mais significativos.

Pesquisando a literatura científica disponível, percebe-se que a Aloe destaca-se como uma planta singular, com uma incrível variedade de benefícios para a saúde. Numa única planta podemos encontrar os seguintes benefícios, ou auxílios que a mesma presta ao organismo com o propósito de:

*Interromper o crescimento de tumores cancerígenos.

*Reduzir os índices de colesterol ruim.

*Dissolução de pedras nos rins.

*Alcalinizar o sangue, o que é especialmente útil num mundo onde se consome tanto açúcar e farinha (substâncias acidificantes).

*Tratar úlceras, síndrome do intestino irritável, doença de Crohn e outras desordens digestivas.

*Reduzir a pressão sanguínea elevada tratando a causa, e não apenas dos sintomas.

*Acelerar a cura de queimaduras físicas e radioativas.

*Substituir dezenas de produtos de primeiros socorros, tornando obsoleto o uso de sprays bactericidas.
 

*Ajudar a interromper o câncer do cólon, tratando dos intestinos e lubrificando o trato digestivo como um bálsamo.

*Corrigir a constipação.

*Estabilizar os níveis de açúcar no sangue

*Prevenir e tratar as infecções ginecológicas causadas pela bactéria Cândida

*Proteger o fígado contra diversas doenças

*Funcionar como um tónico natural, para o equilíbrio de eletrólitos, tornando as bebidas isotónicas artificiais também obsoletas.

*Aumentar o desempenho cardiovascular e a resistência física.

*Hidratar a pele e acelerar a sua regeneração, em caso de cortes ou feridas de qualquer tipo.

*Liquidificar o sangue que porventura esteja muito denso, grosso, facilitando muito a sua circulação.

*Aumentar a oxigenação sanguínea.

*Diminuir processos inflamatórios e aliviar as dores da artrite.

*Proteger o corpo contra o stress oxidativo.



Pode-se extrair os benefícios a partir do uso da própria planta, extraindo o gel de dentro da sua casca e preparando-o. O processo em si é fácil e rápido, requerendo apenas alguns cuidados e atenções. Veja fotos de extração caseira do gel.






 
Se Gostou do que Leu, clique G+1

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Sila Tarot: Ataques de Pânico - Saiba Tudo!

 
 
Sabia que uma crise de pânico é um fenómeno físico resultante do processo de ansiedade?

Falamos em pânico quando se sente um nível de ansiedade extrema.

A ansiedade é um processo pelo qual todos nós passamos e que nos mantém em estado de alerta. No nosso corpo ocorre aquilo que chamamos de reação de Luta ou Fuga, isto é, cria-se um estado de vigília onde, através da libertação da adrenalina, preparamo-nos para reagir a agressões exteriores. O nosso cérebro fica também com maior agilidade de raciocínio, tentando, perante o medo detetado, conseguir encontrar rapidamente uma solução.

Por vezes, como efeito secundário de certa medicação, drogas ou de debilidades físicas diversas, existe uma libertação de adrenalina em excesso, causando assim um colapso físico, sentindo-se um estado de Pânico, mas muitas vezes não é.

Este colapso físico tendo sintomas semelhantes à ansiedade, faz com que a mente acredite poder estar num estado iminente de morte (perigo), e aqui pode iniciar-se o primeiro evento de pânico.

A partir deste evento isolado de pânico, frequentemente pode gerar-se o medo de sentir novamente o pânico!
 
 
Quem sofre desta perturbação sente uma ansiedade máxima em situações inexplicáveis, não conseguindo reconhecer os medos que lhes são inerentes.
 
A maior parte das vezes, as pessoas que sofrem desta perturbação, não são corretamente diagnosticadas, devido a dificuldade que muitas vezes existe em detetar este síndrome, o que leva frequentemente a pensar que são apenas episódios de ansiedade simples.

Os sintomas mais frequentes são:

•· Dificuldade respiratória ou sensação de estar a sufocar
•· Vertigens, instabilidade ou desmaio
•· Palpitações ou ritmo cardíaco acelerado
•· Tremuras ligeiras ou acentuadas
•· Sudorese (transpiração nas mãos)
•· Falta de ar
•· Náuseas, dor de estômago ou diarreia
•· Sensação de irrealidade, estranheza ou separação do meio envolvente
•· Sensações de adormecimento ou de formigueiros
•· Ruborização ou calafrios
•· Dor ou incomodidade no peito
•· Medo de morrer ou de perder o controlo

Estes sintomas são tão fortes, que ao acreditarmos que vamos morrer, cria-se só por si um trauma inconsciente e resistente, que provoca um processo mental profundo e contínuo de afastamento de todas as experiências que interpretamos na altura, serem a causa do colapso físico vivido. Como a nossa mente não conseguiu entender, que as causas reais deste colapso, tiveram na sua origem uma debilidade física, relaciona os fatores externos que aconteceram nesse momento, como por exemplo: o lugar e as circunstâncias onde estavam, os pensamentos que tinham, como experiências agressoras e perturbadoras, a evitar no futuro.
Este processo mental, embora errado, provoca uma ansiedade elevadíssima, de todas as vezes que se está perante estas experiências consideradas agressoras. As pessoas perturbadas com este sindrome são levadas a pensar que têm fobias diversas, quando na verdade o que sentem é um medo extremo de estar expostas a experiências, que a mente inconsciente considera como sendo agressoras.

Procuramos demasiadas vezes as soluções no nosso exterior: novo emprego, novas amizades, mais dinheiro, nova casa, um carro melhor…e se bem que tudo isto e muito mais poderá ser um auxílio no processo de mudança e/ou de cura, a verdade é que depender de factores externos, não resolve os nossos problemas; apenas os encobre durante algum tempo.

Curiosamente, todos nós sabemos isso, contudo voltamo-nos mais para fora de nós e a solução está dentro de si. Acreditamos, igualmente, que é fazendo o que é simples, de uma forma eficiente e regular, que conseguimos resolver aquilo que nos incomoda de uma forma rápida e duradoura.

A hipnose e a terapia de regressão são terapias muitas vezes usadas nestas situações, como forma dissociativa de memórias inconscientes, e que levam a estes estados de pânico.
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1


segunda-feira, 20 de maio de 2013

Sila Tarot: Benefícios das Ervas Aromáticas!

1.O louro é conhecido por facilitar a digestão e pode ainda ser usado como repelente natural.
 
  • Coloque uma folha de louro nos recipientes do arroz, farinha, feijão, etc., e nunca mais terá aqueles famosos bichos que estragam os alimentos.
 
2.O tomilho é rico em ferro e cálcio. Esta especiaria é eficaz a melhorar problemas respiratórios e torácicos, como a tosse e a bronquite, mas também é muito eficaz para ajudar a vesícula preguiçosa e problemas de digestão lenta.
 
3. Salva ou Sálvia, esta erva, cujo nome significa saúde, pode ser utilizada para dar ânimo e energia, mas também para limpeza dos dentes, remoção do tártaro e para dar um hálito agradável. Um banho tonificante com um pouco de salva faz revigorar o corpo e a mente. É muito recomendada para quem tem diabetes.

  • Prepare 100 gramas de folhas de sálvia num 1 litro de vinho branco seco. Beba frio e veja os seus níveis de açúcar no sangue baixarem. Além disso, é também muito boa para o sistema cardiovascular.
 
4.Os Oregãos possuem propriedades antioxidantes e são aconselhados no combate de inflamações e ajudam ainda no problema de aerofagia (excesso de ar no estômago).
 
5.O alecrim, pode ajudar nas dores musculares, problemas da vesícula, problemas de ossos, dores de cabeça, depressões, problemas digestivos e muito mais. O óleo é conhecido por ajudar na bronquite, sinusite, no cansaço e como estimulante do sistema circulatório.
 
6.O manjericão, é uma planta rica em magnésio, ferro, cálcio, potássio e vitamina C. Devido à presença do magnésio, o manjericão melhora a saúde do sistema cardiovascular, pois estimula os músculos e vasos sanguíneos a relaxar, melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo o risco de arritmias cardíacas. Possui flavonoides, que protegem as estruturas celulares e os cromossomas contra a radiação e contra os efeitos dos radicais livres. O alimento também é anti-inflamatório, estimulante digestivo, calmante e previne problemas digestivos e infecções no intestino.
 
 
Se Gostou do que leu, clique G+1

sábado, 18 de maio de 2013

Sila Tarot: Nova Terapia - EMDR - Descubra Tudo!

 
Esta Terapia revolucionária, trata medos, traumas, fobias, problemas psicológicos, ansiedade, pânico.
 
Designada por:
 
 EMDR -Eye Movement Desensitization and Reprocessing
 
Esta técnica, trata através da dessensibilização e Reprocessamento através de Movimentos Oculares - é um novo e eficaz método psicoterapêutico que tem ajudado milhares de pessoas em todo o mundo e de várias idades a resolverem, de forma rápida e duradoura, vários tipos de problemas psicológicos e emocionais.
 
Para compreender melhor o EMDR é necessário um breve esclarecimento sobre:

1. A anatomia do cérebro
2. Sono e sonhos
3. Trauma ou “ferida cerebral”
 
1. A anatomia do cérebro:
 
Já deve ter visto fotografias do cérebro, que mostram uma grande divisão entre hemisférios direito e esquerdo. No lado direito predomina o comando das nossas emoções e o potencial artístico, enquanto no esquerdo há o predomínio das conexões que regulam a nossa capacidade racional e lógica. Outra divisão importante é fruto da história da nossa evolução como animais. São diferenças marcadas por três momentos da evolução: répteis, mamíferos, humanos. Assim temos estruturas cerebrais carregadas das características de cada etapa da evolução.

De forma bastante simplificada - O “cérebro” que herdamos dos répteis controla as nossas funções autónomas, o que herdámos dos mamíferos, as emoções e, por fim, o “cérebro humano” as nossas produções humanas: linguagem, abstração, matemática, arte, uso de ferramentas sofisticadas, etc. É importante dizer que estas estruturas não possuem apenas uma diferença anatómica, mas também características bioquímicas diferentes e uma organização celular diferente. Sendo assim, a passagem de informação dentro do próprio cérebro, encontra barreiras que dificultam a harmonia entre a razão, emoção e ação.
 
 
2. Sono e Sonho:

Já deve ter visto alguém a dormir e, mesmo com as pálpebras fechadas, a movimentar os olhos. Isto faz parte de uma fase do nosso sono: o sono R.E.M. (Rapid Eye Movement: Movimento rápido dos olhos). É nesta fase que acontece a maioria dos nossos sonhos e a nossa atividade cerebral é semelhante, á que acontece quando estamos acordados ou é ainda mais intensa. Os nossos batimentos cardíacos e a respiração aceleram, assim como a nossa pressão arterial, diferente de outras fases do sono em que se dá um relaxamento da nossa fisiologia. Os sonhos reciclam as nossas experiências para que possamos viver da melhor forma o presente, arquivando o passado e planeando de forma inteligente o nosso futuro. Esta reciclagem, ou processamento das informações, pode ser comparado com o trabalho de nosso sistema digestivo: ingerimos os alimentos, há separação das vitaminas, açúcares, proteínas e gordura, para a nutrição do nosso corpo e o que não usamos é excretado. Mas o sistema digestivo tem uma vantagem em relação ao cérebro: se comemos algo muito pesado ou que não “cai bem” vomitamos expulsando o que fez mal. Quando vivemos situações pesadas ou que excedem as nossas capacidades de lidar com a realidade, o cérebro tenta reciclar o que puder. O que não conseguir reciclar continua a ativar o corpo como se a vivência passada ainda fosse presente. A movimentação dos olhos enquanto sonhamos, é o reflexo da atividade de processamento que flui entre as diferentes regiões do cérebro.
 
3. Trauma ou “ferida cerebral”:

O trauma ocorre quando não conseguimos reciclar uma experiência. A comunicação entre as regiões cerebrais, ainda não são suficientes para elaborarmos o que vivemos, mesmo com o trabalho dos sonhos e todo o sistema cerebral de adaptação e processamento. Em geral, os traumas são causados por violência, abuso, a perda de um filho, situações não tão graves, mas que ocorrem quando não estamos preparados, fragilizados, impotentes, quando somos surpreendidos ou situações que se repetem demasiado. Os traumas trazem-nos sofrimento e/ou desperdício de energia. Eles estão na raiz do sofrimento psíquico, das doenças psicossomáticas (fisícas), de um grande número de patologias mentais e dificuldades de desenvolvimento. Independente do nome que dermos ao sofrimento e ás dificuldades de desenvolvimento, só o ser humano traumatizado pode dizer o que se passa, e às vezes, ele próprio, não encontra palavras para descrever o que está a acontecer.
 
Nem sempre associamos o próprio sofrimento a um trauma. Mas independente da consciência, as “feridas cerebrais” pulsam revivendo o passado através de imagens, lembranças, pensamentos, sons, cheiros, gostos, sensações corporais, sentimentos e/ou ações. O pulsar das “feridas cerebrais” é também uma tentativa desesperada do cérebro de processar as nossas experiências, por isso repete, repete, repete e repete gerando os sintomas. Podemos dizer que os sintomas tem tanto “o veneno quanto o remédio”. Estas feridas cerebrais estão principalmente no nosso cérebro emocional, regiões nas quais os pensamentos e a comunicação verbal tem pouco ou nenhum acesso. Por isso acabamos por dizer frases como: “Eu não sei porque faço isso ! eu não queria fazer !” “Eu sei que não devia de me sentir mal, mas não consigo sentir-me bem!” “Eu sei que isso tudo é passado, mas eu não consigo esquecer!!” “Na teoria eu sei, mas no momento de fazer…” “Não adianta desabafar, parece que as coisas só pioram… eu não tenho saída.” “Não adianta tentar ajudar-me, eu só me sinto pior…”
 

Agora passo a explicar como o EMDR funciona:

O EMDR aumenta a troca de energia entre os “diferentes "cérebros” e entre os seus hemisférios, destravando-os. No EMDR, as barreiras encontradas devido ás divisões e diferenças cerebrais, perdem a força pois há um fluxo mais rápido e intenso no nosso sistema de adaptação, de informação e de processamento, um instinto de cura. Assim o passado perde a sua carga negativa, tornando-se apenas uma lembrança, e a energia negativa é transformada, para vivermos o presente e o futuro com mais conhecimento, habilidade, prazer e saúde!


Se Gostou do que Leu, clique G+1

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Sila Tarot: Descubra como praticar o Desapego!

 
Hoje vamos falar da sétima lei, a Lei do Desapego, que diz, que sem distanciamento não existe amor real. Ao contrário do que se possa pensar, desapegar-se é diferente de abandonar, negligenciar ou ser indiferente. Desapegar-se é reconhecer o verdadeiro valor das coisas sem sentimento de posse, é permitir que alguém que se ama seja livre ou viva longe de nós, é enfim, entender que tudo passa e que nada é nosso.
 
Por isso que é tão difícil desapegarmos-nos, pois temos muitas carências, muitas lacunas a serem preenchidas. Sem perceber criámos tantas amarras, que passamos a definhar, levando os outros também à estagnação. Confundimos muitas vezes apego a amor.
 
 
Afinal, se amamos verdadeiramente alguém iremos querer que esta pessoa seja feliz, iremos ajudá-la naquilo que ela precisa. Porém, a tendência é a de impormos as nossas vontades, prendermos as pessoas ao nosso lado com chantagens emocionais, inclusive adoecendo, e achamos que isso é ser feliz!
 
 
 
 
Desapegue-se! Seja independente, senhor de si mesmo. Não fique sugando os outros, nem crie tantas expectativas. As pessoas não existem para nos servir. Estamos sim todos juntos e devemos ajudar-nos mutuamente, respeitar sem invadir, sem cobrar, sem exigir, sem prender, e sem manipular.

Se Gostou do que Leu, clique G+1

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Sila Tarot: O Segredo da Gratidão!



O conceito de gratidão vem, na maioria das vezes, associado ao de caridade. No entanto, relaciona-se com algo muito importante, que pode fazer toda a diferença na nossa vida.

É a capacidade de ver em cada acontecimento o que ele carrega de bom. Mesmo que esteja a passar por momentos difíceis. Mesmo nesses momentos, se observar bem, encontrará algo de bom. O Universo é justo!

Cultivar a gratidão, é uma forma de aceitar cada desafio como uma oportunidade de evolução e crescimento interior. Se estivermos sempre a exigir, esqueceremos-nos naturalmente de ser gratos. Focamos-nos apenas no pedido e esquecemos-nos de agradecer!É importante estarmos gratos, só assim o ciclo se fechará e estaremos prontos para receber novamente. Se formos capazes de ver a realidade com novos olhos, recebendo o que vida nos reserva sem mágoas ou inconformismos, as dificuldades resolverão-se-ão decerto mais rapidamente.

O importante é seguir em frente, com a confiança de que o melhor se apresentará no próximo instante. Afinal, se a vida é feita de contrastes, fases, ciclos, de um momento negativo, só poderá seguir-se um novo começo positivo, pleno de conquistas e alegrias.


    Seja confiante...conforme-se com o que a vida apresenta e seja grato. Aceite o que o Universo lhe dá!
     
    Sejam Felizes!
     
    Se Gostou do que Leu, clique G+1

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Sila Tarot: Porque é Tão Importante o Desapego?



O desapego é um dos mais importantes ensinamentos budistas.

Muitos dos problemas da vida são causados pelo apego. Ficamos com raiva, preocupados, tornamos-nos ávidos, fazemos queixas infundadas e temos todos os tipos de complexos. Todas estas causas de infelicidade, tensão, teimosia e tristeza são devidas ao apego. Se tem algum problema ou preocupação, examine-se a si próprio e descobrirá que a causa é o apego.

Existe uma famosa história zen sobre um mestre e o seu discípulo. Os dois estavam a caminho da aldeia vizinha quando chegaram a um rio e viram na margem, uma bela moça tentando atravessá-lo. O mestre zen ofereceu-lhe ajuda e, erguendo-a nos braços, levou-a até a outra margem. E depois cada qual seguiu seu caminho. Mas o discípulo ficou bastante perturbado, pois o mestre sempre lhe ensinara que um monge nunca se deve aproximar de uma mulher, nunca deve tocar uma mulher. O discípulo pensou e repensou o assunto; por fim, ao voltarem para o templo, não conseguiu conter-se mais e perguntou ao mestre:

— Mestre, o senhor ensina-me dia após dia, a nunca tocar numa mulher e apesar disso, o senhor levou aquela bela moça nos braços e atravessou o rio com ela.

— Tolo – respondeu o mestre – Eu deixei a moça na outra margem do rio. Você ainda está a carregá-la.



Desapego não é desinteresse, indiferença ou fuga. Não devemos tornar-nos indiferentes aos problemas da vida. Não devemos fugir da vida; não se pode fugir dela quando somos sinceros.

A vida e os seus problemas devem ser encarados e lidados de frente, mas não são coisas às quais devamos apegar-nos. É verdade que o dinheiro tem a sua importância, mas a pessoa que se apega a ele, torna-se avarenta e escrava do dinheiro. É muito fácil apegarmos-nos à nossa beleza, às nossas aptidões ou às nossas posses, e assim sentirmos-nos superiores aos outros. É igualmente fácil apegarmos-nos à nossa falta de aptidões ou à nossa pobreza, e assim sentirmos-nos inferiores aos outros. O apego às condições favoráveis leva à avidez e ao falso otimismo, enquanto que o apego às condições desfavoráveis leva ao ressentimento e ao pessimismo. Sem dúvida, o nosso apego às coisas, condições, sentimentos e ideias é muito mais problemático do que imaginamos.

Quando adoecemos, chegamos até a apegar-nos à doença. É melhor não fazermos isso. Todas as doenças serão curadas, exceto uma, que é a morte. Quando estiver doente, aceite a doença e faça o possível para se recuperar. Aceite a doença e a transcenda… ou melhor, aceite-transcendendo. A vida é mutável; todas as coisas são mutáveis; todas as condições são mutáveis. Por isso, “deixe ir” as coisas. Todos os abusos, a raiva, a censura – deixe que venham e que se vão. Tudo o que fazemos, devemos fazer com sinceridade, com honestidade e com todas as nossas forças; e uma vez feito, feito está.

Não nos apeguemos. Muitas pessoas apegam-se ao passado, ou ao futuro, negligenciando o importante presente. Devemos viver o melhor “agora”, com plena responsabilidade. Quando o sol brilha, desfrute-o; quando a chuva cai, desfrute-a. Todas as coisas nesta vida – deixe que venham e deixe que se vão. Este é um segredo da vida que nos impede de ficar aborrecidos ou neuróticos.

Todas as coisas na vida e no mundo estão em constante mutação; por isso, não se torne apegado a elas.

Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sila Tarot - PROMOÇÕES & NOVIDADES

 
 
Preço Especial:

Consulta Global - Tarot e Cartomância (recorrendo á utilização dos dois baralhos).

Conjunto Mapa Astral + Mapa Numerológico


 
 
Cursos & Workshops

Módulo I - Arcanos Maiores - Grandes Segredos
Módulo II - Arcanos Menores - Pequenos Segredos
Curso de Cartomância - Baralho Tradicional
Worshop Tarot - Arcanos Maiores
Worshop Tarot - Arcanos Menores
Worshop Tarot - Conjunto Arcanos Maiores e Menores
CURSOS CONJUNTOS - DESCONTO ESPECIAL 

 

 
Formação Individual e Personalizada

PRESENÇA E ONLINE

Flexivel - Datas e Horários a combinar com o aluno. Cerificado no Final


VEJA TUDO NO TOPO DA PÁGINA http://www.silatarot.com/p/cursos-tarot.html



segunda-feira, 6 de maio de 2013

Sila Tarot: Como Recuperar a Espiritualidade?


 
Por acaso já se fez estas perguntas?

- Porque penso do modo que penso?

- Será que a vida é só isso - nascer, crescer e morrer?

- Se nascemos com o dom da espiritualidade, porque precisamos de esforçar-nos para a buscar ou resgatar?

- Porque faço algumas coisas das quais que me arrependo, consigo entender que foi errado, e que não deveria ter feito?

A principal razão para estas questões é que desde crianças, na educação recebida, a influência dos padrões sociais, procuramos a sobrevivência e aprendemos a agir e pensar com base naquilo que observamos e entendemos.

Assim, copiamos uma forma de ser e para sermos “aprovados” socialmente, astutamente criamos a nossa “personalidade”, ou o nosso “Ego”.

A personalidade é, portanto, desenhada por vários tipos de influências externas - pais, avós, a família em geral, professores e amigos, além do bombardeio de informações, a que somos submetidos a cada momento.
 


Na busca de sermos aceites e de recebermos a nossa dose de atenção e de amor, copiamos inconscientemente padrões de comportamentos e valores nas nossas referências, principalmente dos pais (ou pais substitutos) e buscamos igualar-nos a eles naquilo que fazem.

Estes comportamentos não são necessariamente nossos, da nossa essência, da nossa espiritualidade e assim deixamos de agir com o nosso verdadeiro eu existencial.

Se não nos esforçarmos para “fugir” desse condicionamento e consequentes processos de socialização e interrompermos nalgum momento essa forma de ser e de pensar, que não são nossos, mas adotadas por uma necessidade externa, deixamos de viver a plenitude da nossa essência e espiritualidade, para vivermos uma vida que não é a nossa. Deixamos de ser originais.

Passamos então a viver como se fôssemos máquinas, sem a devida profundidade de consciência e percepção da nossa essência, em outras palavras, da nossa espiritualidade.

Agora e após uma longa trajetória de erros e acertos, estamos aqui, neste incrível século XXI, percebendo a importância e a necessidade de apararmos as arestas de um mundo alegórico, no qual prevalecem a informação desenfreada, avanços tecnológicos surpreendentes, crises, conflitos e todas as formas de poluição, impondo-nos grandes desafios e um clamor silencioso por um grande salto evolutivo sustentável para a vida e para o planeta.

Tudo começa com o dom da espiritualidade do qual fomos dotados. Cabe apenas a cada um resgatá-lo e permitir que inspire a nossa consciência, geradora das atitudes e ações.
 


Sugestões para ter cada vez mais consciência sobre si mesmo e a sua vida:

- Relaxe e conheça o seu corpo, perceba a sua respiração, os seus movimentos, o seu batimento cardíaco.

- Olhe-se num espelho e observe os detalhes da sua aparência.

- Perceba os seus pensamentos, observe aquela “voz interna” que fica a “tagarelar” dentro de si.

- Observe os seus sentimentos, o seu temperamento, o seu estado de espírito.

- Observe e dê toda atenção às tarefas que está a executar. Concentre-se.

- Saiba o que está sob o seu controle e o que não está.

- Perceba o seu julgamento, avaliação e rótulos que dá ao que acontece e às outras pessoas.

- Defina os principais valores dos quais não abre mão e que para si são imprescindíveis.

- Agradeça, agradeça, agradeça. Perceba que tem muitas coisas para agradecer e às vezes esquece-se disso.

Desse modo, agindo e pensando em conformidade com essa consciência, podemos permitir a prevalência do espírito sobre a matéria e transformar a nossa vida inspirada nas necessidades externas, numa vida plena, autêntica e consciente, com a clareza da existência do divino e um profundo sentimento de gratidão, pela graça da vida.

 
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1, ou deixe o seu comentário! Será Bem-Vindo!

Sila Tarot: O que a Confusão traz de Positivo?

 

Aprenda a viver com a confusão. Não tenha pressa para concluir.

... A confusão não é necessariamente algo errado!

Não a rotule como sendo confusão. Rotular é errado. Algumas vezes um rótulo errado pode criar muitos problemas. Isto não é realmente confusão: é um estado de transição, de mudança. Desenraizou-se do velho, e está á procura do novo, e entre estes dois estágios de desenvolvimento interior, isso acontece. Isso não é confusão, isso é apenas um hesitante estado de crescimento. É Apenas mudança, e isso não é confusão.

Isso é o crescimento, e sempre que existe um crescimento costuma rotular-se como confusão. Mas ao rotular como confusão, está a interpretar mal e começará a tentar resolver de uma forma qualquer, sem uma trajectória ou plano definido.

Se em vez disso, chamar esta fase /processo, por crescimento, então não existirá pressa em resolver. Na verdade, terá que se apoiar, pois é crescimento. Se chamar a este estado: confusão, Estará condenando e ficará em pânico e com pressa para encontrar uma qualquer maneira de resolver. Confusão é diferente de pressa. Confusão é Evolução. É preciso deixar fluir, dar tempo ao tempo, para compreender as mudanças dentro de si.
 

Não há necessidade de sair deste estado; aprenda a conviver com isto.

Aprenda a viver com todos os tipos de estados que estarão surgindo. Com todas as fases e etapas da vida. Os processos de crescimento são cíclicos ao longo da vida. A “confusão” é apenas um estado de transição de um estado para outro. Significa que uma etapa terminou, para dar origem a outra. O fim é um processo de renovação e de desenvolvimento.

E se por vezes estiver confuso, o que há de errado na confusão?

Passamos a vida erradamente (assim como a obter outros conceitos: que temos de ser ricos, bonitos, magros, etc...perfeitos!) mas não estar confusos, tudo deve ser absolutamente claro. Mas para ser claro, para obter a dita clareza, há que se passar por esta transição. No Universo, assim como na vida existem os pólos contrários: O branco/preto, Positivo/negativo, etc.A perfeição não existe, e a vida será sempre feita de etapas e de batalhas a serem ultrapassadas...

A confusão é natural: ela é o caos criativo dentro de si. É somente a partir desse caos que a criatividade começa.
 
“Depois da tempestade, vem a bonança”...”Das contrariedades, surgem as oportunidades”...”o caos gera a perfeição”...

Chame a isto de caos criativo, não de confusão!
     
    Se Gostou do que Leu, clique G+1 ou deixe um comentário...a sua opinião é sempre bem Vinda!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Sila Tarot: O que são pessoas "Tóxicas"?


De fato estamos cercados de pessoas que são negativas. Pessoas que são egocêntricas, manipuladoras, interesseiras, arrogantes, rancorosas, amarguradas, mal-amadas, invejosas ou fracassadas, que não conseguem ver o sucesso ou a felicidade alheia. Enfim, pessoas sombrias que minam os relacionamentos e amizades com intrigas, críticas excessivas, falta de consideração e respeito pelo outro e abusos verbais ou físicos. Pessoas muito perigosas de se conviver.

Essas pessoas “tóxicas” acabam, de alguma forma, por nos envenenar. Direta ou indiretamente, acabamos por agir pela sua influência, seja com atitudes ou omissões. Muitas vezes acabamos por agir por impulso para evitar essas pessoas, ou na pior das hipóteses, acabamos por agir da mesma forma. São pessoas nocivas, que intoxicam o nosso comportamento e que nos levam a agir e a tomar decisões, que em outras circunstâncias poderiam ser completamente diferentes.

São "tóxicas", porque conseguem despertar o que há de pior dentro de nós, não apenas no sentido de maldade ou crueldade, mas no sentido de perdermos a identidade, a autonomia, a energia, a iniciativa e o poder de decisão. Ficamos estagnados, hipnotizados, paralizados. São verdadeiros vampiros, sem Luz própria, que consomem a nossa energia vital, que exploram e manipulam pessoas, de acordo com os seus interesses e vivem às custas da energia dos outros para se sustentarem.

Tóxicas são aquelas pessoas que sabem tudo a respeito da vida das outras pessoas, mas não conseguem administrar a própria vida. Sabem dar conselhos como ninguém (há até terapeutas nessa categoria!) tem um discurso lindíssimo para o mundo lá fora, mas que, na vida pessoal, nos bastidores, na vida íntima, são pessoas frustradas, isoladas, verdadeiras ilhas no meio da sociedade, que não tomam para si os próprios conselhos.

Sabem olhar de fora, apontar defeitos, problemas, erros. Mas não sabem participar, não conseguem enxergar os próprios problemas ou defeitos. Apontam os erros alheios, para que de certa forma, possam esconder os seus próprios. São os "sabe-tudo" e só a sua forma de pensar é que está certa. Não suportam ser contrariados e confrontados. Quando o são, perseguem a pessoa até se "livrarem" dela ou então vingam-se. O seu Ego é Superlativo para compensar a sua extrema falta de Amor-Próprio. Usam as pessoas conforme os seus interesses, e quando estas discordam das suas idéias, são descartadas e eliminadas, sem a menor consideração.

A "toxicidade" reside exatamente no fato de não nos darmos conta de que estamos a ser manipulados ou influenciados. Ficamos hipnotizados, fascinados, imersos numa imensa ilusão, até o dia em que despertamos e tomamos consciência de que estamos muito mal, a morrer por dentro, e que algo urgente necessita de ser feito. Um corte para a nossa libertação, para resgatar a nossa sanidade, saúde, alegria de viver.

Na nossa busca pela felicidade, por tudo aquilo que nos traz bem-estar e alegria, o grande segredo é não se deixar influenciar, e afastar-se e evitar a convivência. Isso não significa alimentar sentimentos negativos dentro de si em relação a essas pessoas, mas de preferência visualizá-los felizes e agradecidos pela sua vida, emanando energias e vibrações positivas.

Reflita, convive intimamente com alguma pessoa tóxica, seja na família, no trabalho, ou nas "amizades"?

Tenha cuidado, afaste-se...

Cuide-se, preserve-se, seja você mesmo, seja pleno e feliz..
E acima de tudo perdoe SEMPRE essas pessoas, na maioria das vezes, não tem consciência de seus próprios malefícios.

Namastê!

Se Gostou do que Leu, clique G+1

Sila Tarot: O Significado das Flores!


 
 

Cada flor tem um significado, que está relacionado com a sua forma, cor e nome. Antigamente, limitavam-se apenas a expressar sentimentos entre namorados, mas hoje em dia, o seu uso estendeu-se e oferecer uma flor pode ter muitos motivos, como amizade, respeito, admiração, etc.










Aqui fica o significado de algumas flores mais comuns. Isto pode ajudar a compreender, o que uma flor por si mesma pode dizer-nos.

Rosa
 
De um modo geral, a rosa simboliza o amor. Mas dependendo da cor, cada flor pode assumir um significado diferente. A rosa vermelha tem relação com a paixão e a intensidade do amor. Quando é cor de rosa, a flor representa afeto, carinho e gratidão. Já a rosa branca diz respeito à pureza, a rosa amarela à amizade e a rosa champanhe ao respeito.

Gerbéra

Sempre tão coloridas e alegres, as gérberas transportam-nos ás lembranças da infância. Com as suas cores vivas, a flor é muito bela e costuma alegrar os ambientes onde são colocadas, trazendo bom humor. Também lembra a inocência, a simplicidade e a pureza de uma criança.

São flores perfeitas para utilizar em dias de comemoração. Vai dar uma festa ou passar a tarde com os amigos em casa? Decore a sua casa com gérberas. As flores laranja e amarelas, são alegres e trazem movimento ao ambiente, já as gérberas vermelhas, quando são misturadas num arranjo com vários tons de rosa, trazem movimento, ação e afetividade.

Orquídea
 
As orquídeas simbolizam beleza, luxo, força e amor. Essas flores são elegantes e, por serem exóticas, evocam um sentido de refinamento. Também representam a beleza rara e a delicadeza, encantando quem as recebe. E poucas são as flores que realmente expressam esse sentimento.

Presentear alguém com orquídeas é sempre agradável, então escolha as flores na cor branca, que representam a pureza, a paz e a tranquilidade, trazendo ao ambiente essa sensação de bem-estar.

Violeta
 
As violetas representam a modéstia e a simplicidade, são flores que deixam o ambiente colorido e a casa com ar de alegria e felicidade. Pode combinar vários vasos desta flor em cores diferentes. O importante é deixar o ambiente colorido. A mistura de vários tons alegres, como branco, rosa, lilás, roxo, vermelho e amarelo costuma trazer muita alegria ao ambiente.

Margarida
 
A margarida representa a pureza, o amor inocente, a juventude e a sensibilidade. Também transmite jovialidade e alegria, e é o símbolo da bondade e do afeto. Vai visitar um amigo? Leve um arranjo de margaridas brancas e amarelas, pois trazem o sentimento de amor e amizade, por uma pessoa especial. Perceba o sorriso que esse alguém vai abrir quando receber o presente.

Cravo
 
O cravo é uma das flores mais populares do mundo e pode ser uma ótima opção, como presente. Cravos vermelhos sugerem admiração, enquanto os cor de rosa, representam gratidão. Já brancos simbolizam o amor puro, além de representar talento e boa sorte.

Girassol
 
O girassol representa a glória, a paixão e a dignidade. O porte da flor também sugere a altivez mantida com alegria, integridade e respeito. Grande parte dos girassóis é encontrada na cor amarela com centros castanho-escuros, mas existem algumas variedades em tons laranja.

A flor representa o brilho do sol, a vida e a luz que ilumina o nosso dia-a-dia, trazendo vigor. Ter um vaso de girassóis em casa dá a sensação de ter a luz do sol presente durante todo o dia, deixando sua rotina mais animada.

Jasmim
 
Jasmim é considerado o rei das flores, devido ao seu perfume forte, intenso, exótico, delicado, envolvente, misterioso e sensual. A flor é exuberante, mas ao mesmo tempo representa a meiguice, a inocência e a paz.

Em dias de festa, enfeite sua casa com esta flor. O perfume intenso vai deixar o ambiente muito perfumado. O perfume da flor é antidepressivo, relaxa os nervos, atenua as dores de cabeça, combate as insónias e é afrodisíaco.

O óleo essencial de jasmim é um dos mais caros do mundo. Para extrair um quilo de óleo são necessários oito milhões de flores, colhidas à mão, antes do amanhecer, antes do sol dissipar o seu aroma. O odor da flor é mais forte quando escurece, devido a uma alteração química interna da planta.
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1