domingo, 29 de junho de 2014

Sila Tarot: Símbolos Mágicos!

Muitos destes símbolos são utilizados para as práticas ritualísticas de Bruxas, servindo para focalizar a energia mágica, bem como os instrumentos.
 

Ankh ou “Cruz com laço”, “Cruz egípcia”

Antigo símbolo egípcio que representa a vida, o conhecimento cósmico e o intercurso sexual. Também é conhecido por bruxos como a “Cruz Ansata”, utilizado em rituais de encantamento, fertilidade e divinação. Todos os faraós na altura da morte, levavam a cruz junto às narinas para adquirir imortalidade.

Ele era encontrado sempre nos hieróglifos, sendo segurado pelas divindades egípcias como se fosse uma chave, o que nos remete ao seu significado como “a chave dos portões que separam a vida e a morte”, já que estes desenhos eram muito comuns em pirâmides mortuárias dos faraós. O Ankh simboliza a vida, o conhecimento cósmico, o intercurso sexual e o renascimento.







Circulo

O movimento cíclico do Universo e das energias. Representa toda forma de força cíclica, seja corpórea ou universal ininterrupta.














Olho de Hórus

É outro antigo símbolo egípcio. Representa o olho divino do deus Hórus, as energias solar e lunar, e freqüentemente é usado para simbolizar a proteção espiritual e também o poder clarividente do Terceiro Olho.













Pentagrama

É um dos símbolos pagãos mais poderosos e mais populares entre os Bruxos e Magos Cerimoniais. O pentagrama (uma estrela de cinco pontas circunscrita num círculo) representa os quatro antigos e místicos elementos: fogo, água, ar e terra, superados pelo espírito. Na Wicca o símbolo do pentagrama é geralmente desenhado com a ponta para cima a fim de simbolizar as aspirações espirituais humanas. Um pentagrama voltado com duas pontas para cima é um símbolo do Deus Cornífero.








Selo de Salomão

É um antigo e poderoso símbolo mágico. Este símbolo consiste em um hexagrama de dois triângulos entrelaçados (um voltado para cima e outro para baixo). O selo de Salomão simboliza a alma humana, sendo utilizado por bruxos e magos cerimoniais para encantamentos, conjuração de espíritos, sabedoria, purificação e reforço dos poderes psíquicos.











Hexagrama

De dois triângulos entrelaçados simboliza a alma humana, sendo utilizado por magos cerimoniais para encantamentos, conjurações de espíritos, sabedoria, e reforço dos poderes psíquicos.

Simboliza os processos de involução e evolução. Com efeito; o triângulo que aponta para baixo apresenta a involução da energia divina que desce às formas mais boçais, ao passo que o triângulo voltado para cima indica a ascensão dos seres quer entendem a se divinizar cada vez mais.

É símbolo usado como amuleto para dar sorte; representa o casamento perfeito entre masculino e feminino, compreensão entre sexos.
 
 
 
OM

Símbolo universal da Yoga, e quando pronunciado se torna o mais poderoso dos mantras. O “Om” é considerado a origem e o fim de todos os verbos. Nele o universo se cria, se conserva e se dissolve. É o som-semente que desenvolve o centro de força da “Terceira Visão”, responsável pela intuição, meditação e pelos fenômenos da telepatia e clarividência. O “Om” é considerado o som mais próximo da palavra divina, e a origem de todas as demais. OM é a vibração divina para a criação do Universo, quando vibrado como Aum representa a família trina indiana: Brahma, Vishnu e Shiva. É considerado o mais importante símbolo da actualidade.



Suástica

É um antigo símbolo religioso formado pela cruz grega com braços em ângulos retos. Antes de ter sido adoptada pelo nazismo, a suástica era um símbolo sagrado de boa sorte e de saúde na Europa pré-cristã e em muitas outras culturas pagãs em todo mundo, incluindo as orientais, egípcias e tribais das Américas. A palavra suástica origina-se do sânscrito (svastika) que significa “um sinal de boa sorte”. Existem milhares de símbolos da suástica pelo mundo e o mais antigo de todos, data do ano 12.000 a.C.







Sol

Considerado pelo povo egípcio como o primeiro Deus, talvez tenha sido a primeira manifestação monoteísta do mundo, o deus Rá.














O Tao ou Yin Yang

A representatividade chinesa do macro e microcosmos e das duas energias que regem das duas energias que regem o mundo, yin e yang; o feminino e o masculino; o bem e o mal; a ordem e o caos; – energias opostas que se complementam. A força intrínseca do Universo convertendo-se ora em uma, ora em outra.











Triângulo

Símbolo com várias interpretações, aliás, conciliáveis: luz, trevas e tempo; passado, presente e futuro; sabedoria, força e beleza; nascimento, vida e morte; liberdade, igualdade e fraternidade. É um símbolo de manifestação finita na magia ocidental, sendo usado em rituais para invocar os espíritos quando o selo ou sinal da entidade a ser invocada está no centro do triângulo. O triângulo é equivalente ao número três – número mágico poderoso – e é um símbolo sagrado da Deusa Tripa: Virgem, Mãe e Anciã. Invertido simboliza o princípio masculino.Tem cabalisticamente duas formas de interpretação, define o temário, numero três: causa, ação e reação. É também a força do etéreo quando o vértice está para cima.


Lua Crescente

É um símbolo sagrado da Deusa e também um símbolo da magia, da energia feminina, da fertilidade, do crescimento abundante e dos poderes secretos da Natureza. É utilizado nas invocações à Deusa e a todas as deidades lunares (tanto masculinas quanto femininas), na magia da lua, nas celebrações dos Sabbats e nos rituais de cura das mulheres.











Tridente

É um símbolo sagrado de três falos, ostentado por qualquer deidade masculina cuja função é unir-se sexualmente à Deusa Tripla. É utilizado principalmente em Grandes Rituais, Magia Sexual e rituais de fertilidade.




 










Pentalfa

É um desenho mágico formado pela interseção de cinco letras A. é usado por vários bruxos e Magos Cerimoniais tanto na divinação como na conjuração de espíritos.Círculo Imagem altamente potente que não possui princípio e nem fim, é usado por muitos bruxos e neopagãos como símbolo sagrado de “ioni”, da energia mágica, da proteção, do infinito, da perfeição e da renovação constante.








Cruz Celta

Associada à coragem e ao heroísmo, a cruz celta ajuda a superar obstáculos e a conquistar vitórias graças aos próprios esforços. Atrai reconhecimento, fama e riqueza, mas essas bênçãos só são garantidas para quem trabalha com afinco e dedicação. Por isso, a cruz celta também concede força de vontade e disposição. A divindade relacionada a esse talismã é Lug, o Senhor da Criação na mitologia celta.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
Atame Bolga (Símbolo celta)

O Atame bolga era o instrumento que os celtas utilizavam para arar o solo. Por facilitar a obtenção de alimentos, era considerado sagrado. Usado como talismã, atrai fecundidade, criatividade e poder de realização. Ajuda, também, a conquistar uma saúde perfeita e estabilidade financeira. A divindade relacionada a esse talismã é a própria Terra, que os celtas reverenciavam como sendo uma espécie de mãe divina, sempre disposta a prover seus filhos de tudo àquilo que eles precisam.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Triskle Celta (Símbolo celta)

Associado aos quatro elementos básicos da natureza – a terra, o fogo, o ar e a água -, o triskle celta é o símbolo que sintetiza toda a sabedoria desse povo. Ele representa as três faces da mulher, considerada a expressão máxima da natureza: a anciã, a mãe e a virgem. Usado como talismã, esse objeto atrai as três principais qualidades femininas – ou seja, a intuição, a ternura e a beleza – e ajuda a obter proteção contra todos os males. A divindade relacionada a esse talismã é a própria natureza, cultuada pelos celtas.



Se Gostou do que Leu, clique G+1 (= Gosto)

sábado, 28 de junho de 2014

Sila Tarot: Simpatias que Trazem Sorte!


BANHOS DE LIMPEZA OU ENERGIZAÇÃO
 
      - Atrair dinheiro
 
    7 galhinhos de salsa
    7 cravos da Índia
    7 pedacinhos de canela em pau
    3 folhas de louro
    1 pitada de noz-moscada
    Ferver 1 litro de água, colocar o material e abafar.
    Deixar arrefecer e jogar do pescoço para baixo.
    - Limpeza da aura
    3 galhinhos de alecrim
    3 galhinhos de arruda
    1 colher de sopa de camomila
    1 colher de sal grosso.
    Ferver 1 litro de água, colocar o material e abafar.
    Deixar arrefecer e jogar do pescoço para baixo.
     
    - Energético para o amor
    7 pétalas de rosa branca
    7 pétalas de rosa vermelha
    7 colherinhas de óleo de amêndoas doce
    7 gotas de óleo essencial de lavanda.
    Ferver 1 litro de água, colocar o material e abafar.
    Deixe arrefecer e coe.
    Adicionar 1 frasco pequeno de Seiva de Alfazema.
    Colocar num frasco e passar no corpo, no dia a dia após o banho.
    Pode ser usado a dois.
    - Stress, fadiga e depressão
    3 cravos da Índia
    3 gotas de óleo essencial de lavanda
    3 galhinhos de alecrim
    7 galhinhos de arruda
    7 pétalas de rosa branca
    7 galhinhos de manjericão.
    Ferver 1 litro de água, colocar o material e abafar.
    Deixar arrefecer e jogar do pescoço para baixo.


    - Diminuir energia negativa provocada por magia
    (Fazer na lua minguante)
    3 colherinhas de bicarbonato de sódio.
    3 ramos de alecrim
    3 ramos de arruda
    3 ramos de hortelã
    3 colherinhas de Tomilho.
    Ferver 1 litro de água, colocar o material e abafar.
    Deixar arrefecer e jogar do pescoço para baixo.
    LIMPEZA E ENERGIZAÇÃO DE AMBIENTES
    (Lar ou Escritório)
    - Examine a sua vida atual e veja o que criou para si mesmo.
    - A sua casa é seu templo, uma representação simbólica de si mesma.
    - Criará um padrão trabalhando a intenção.
    - Encha a casa ou escritório com sensações de paz.
    - Use cores suaves em paredes, quadros e objetos.
    - Limpe os cantos e armários, livre-se de tudo que é inútil.
    - Livre-se de objetos que tragam para o presente, energias de um passado triste.
    - Os objetos devem estar associados a boas lembranças.
    - Associações negativas sugam a energia do espaço.
    - Crie um ambiente vibrante, alegre, colorido, claro e cheio de luz.
    - Distribua plantas em abundância por toda casa.
    - Remova qualquer objeto que impeça a porta de abrir totalmente.
    - Descubra o que representa ou simboliza o amor para si e encha com isso, a sua casa.
    - Comece a projetar um novo campo energético e notará que a vida e as pessoas ao seu redor responderão a essa nova energia e o Universo que a cerca aderirá transmitindo o que está projetado.
    - Se alguém sofre de depressão, colocar luz em todos os sentidos, natural ou artificial e passe a usar cores alegres!
     
    PROGRAMAR UM CRISTAL PARA USO PESSOAL
    Os cristais podem ser programados para uma única finalidade, ou algo muito importante que deseja alcançar.
    É uma forma de potencializar e amplificar a energia da vontade.
    Para programação use apenas cristal branco (união de todas as cores)
    Escolha um momento ideal, para não haver interrupções , permaneça durante 5 minutos simplesmente a descontrair, consciencialize de que algo muito especial vai acontecer e comece o ritual:
    1. Segure o cristal entre as duas mãos, apontando na direção do sexto chacra, Frontal, o terceiro olho, que fica entre as sobrancelhas.
    2. Enquanto segura o cristal visualize um raio de luz conectando-a ao Cristal, ligando seu 6º chacra à ponta do cristal, até sentir que a comunicação está feita.
    3. Passe mentalmente para o cristal a função a que ele se destina, através das ondas de pensamento para uma vontade dirigida. Seja bem objetiva e clara, usando afirmações positivas, deixando que a presença Divina guie o seu propósito com amor e sabedoria.
    4. Reforce dizendo: Este é o meu Cristal e está programado em nome da Luz Divina, do Amor Maior e da Harmonia Universal para ...................................
    Exemplos para programação:
    - Cristal para saúde ou cura de doenças.
    - Proteção
    - Meditação
    - Realização afetiva
    - Realização Financeira
    - Criatividade no trabalho
    - Sucesso nos objetivos
    - Harmonia familiar
    - Energização de Água
    - Energização de Plantas e Animais
    - Banhos. Etc.
    TAÇA DA PROSPERIDADE
    1 pirite (pedra) facilita ganhos materiais
    7 cítrinos - símbolo da riqueza
    1 ponta de cristal branco - irradia paz e harmonia
    1 ametista - transmuta energia negativa em positiva
    1 ônix - facilita a aquisição de bens
    1 quartzo rosa - traz amor
    1 quartzo azul - traz equilíbrio
    1 quartzo verde - saúde
    1 cornalina (ágata de fogo) concretiza objetivos
    1 turquesa - Vibração fortemente curativa e poderes cerebrais.
    1 crisopraso - suaviza o coração, trabalha o perdão.
    1 ágata vermelha para acelerar os processos estagnados.
    Deixe as pedras em água e sal grosso imersas por 12 horas.
    Depois, deixa-as ao sol no mínimo 1 hora.
    No primeiro dia da lua cheia, coloque as pedras já limpas numa taça de vidro transparente, cubra-as com água filtrada e deixe-as expostas em sua casa como enfeite num local visível.
    Troque a água uma vez por semana. - 5ª. Feira dia de Júpiter.
     
    SEGUEM MAIS ALGUMAS DICAS:
    Se Gostou do que Leu, clique G+1 (= Gosto)
    Veja Mais:

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Sila Tarot: As 7 Leis da Sincronicidade!

 
1. O meu espírito é um campo de possibilidades infinitas que se conecta com o todo. Esta frase resume a totalidade do todo. Se esquecer o restante, lembre-se apenas disto.
 
2. O meu diálogo interno reflete meu poder interno. O diálogo interno das pessoas auto- realizadas pode ser descrito assim: é imune a críticas; não tem apego aos resultados; não tem interesse em obter poder sobre os outros; não tem medo. Isto porque o ponto de referência é interno, não externo.
 
3. As minhas intenções têm poder infinito de organização. Se a minha intenção vem do nível do silêncio, do espírito, ela traz em si, os mecanismos para se concretizar.
 
4. Os relacionamentos são a coisa mais importante na minha vida. E alimentar os relacionamentos é tudo o que interessa. As relações são kármicas e o que nós amamos ou odiamos é o reflexo de nós próprios: queremos mais daquelas qualidades que vemos no que amamos e menos daquelas que identificamos no que odiamos.
 
5. Eu sei como atravessar turbulências emocionais. Para chegar ao espírito é preciso ter sobriedade. Não nutrir sentimentos como a hostilidade, ciúme, medo, culpa, depressão. Essas são emoções tóxicas. Importante: onde há prazer, há a semente da dor, e vice-versa. O segredo é o movimento: não ficar preso na dor, nem no prazer (que se torna num vício). Não se deve reprimir ou evitar a dor, mas tomar a responsabilidade sobre ela.
 
 
6. Eu abraço o feminino e o masculino em mim. Esta é a dança cósmica, a acontecer no meu próprio eu. A energia masculina: poder, conquista, decisão. A energia feminina: beleza, intuição, cuidado, afeto, sabedoria. Num nível mais profundo, a energia masculina cria, destrói, renova. A energia feminina é puro silêncio, pura intenção, pura sabedoria.
 
7. Estou alerta para as conspirações das improbabilidades. Tudo o que me acontece de diferente na vida é kármico e num sentido evolutivo. É portanto um sinal, de que posso aprender alguma coisa com aquela experiência. Em toda adversidade há sempre a semente da oportunidade.
 
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Sila Tarot: Eu Podia Ser Feliz Se...

Existem muitas áreas da nossa vida, em que fomos ensinados que a nossa felicidade não depende de nós e não é da nossa responsabilidade, mas sim do que, ou de quem nos rodeia.
 
Temos um trabalho que não nos faz feliz e culpamos o nosso chefe ou os nossos colegas. “Se eles não fizessem X ou Y, eu seria feliz”. Estamos num relacionamento que não nos realiza e culpamos a pessoa com quem casámos ou namoramos. “Se ao menos ele mudasse, eu seria feliz”.

Não temos dinheiro para fazer algo que gostaríamos e culpamos a nossa origem ou o governo. “Se eu tivesse nascido noutro país, ou se viesse de uma família rica, eu seria feliz”.

Queremos estar em melhor forma física, mas estamos com peso a mais e culpamos o stress, o trabalho, a família, a falta de tempo. “Se eu tivesse tempo e outras condições de vida para pensar em mim, aí sim, eu seria feliz”. Se, se, se, se...
 
Lembra-se daquele anúncio a um crédito a habitação, em que se dizia “Aqui vou ser Feliz” ao som do maravilhoso “Bom feeling” da Sara Tavares?
 
“Aqui vou ser Feliz” subentende que se mudar de lugar vai ser feliz. Se mudar de trabalho vai ser feliz. Se mudar de Namorado vai ser feliz. Se fizer aquela viagem vai ser feliz. Se gostar do que vê ao espelho vai ser feliz. É bem provável que sim. Certamente que terá bons momentos se tomar boas decisões e tiver boas experiências. Quero apenas alertar que quando o entusiasmo da mudança passar, quando voltar da sua viagem, ou quando olhar para o fundo dos seus olhos refletidos no espelho, o regresso será feito exatamente para o sítio de onde partiu … para dentro de si.
 
Pode ser preciso que se faça uma boa mudança, no entanto eu sou apologista de alterar o que não está bem na nossa vida, em vez de esperar que as coisas melhorem. No entanto, se estiver a mudar coisas na sua vida apenas como distração, para os verdadeiros desafios que enfrenta dentro de si, certamente não terá os resultados que deseja. As mudanças externas funcionam apenas como uma fuga, aquilo que é realmente determinante para a sua felicidade, o desenvolvimento de uma personalidade especial … Chamemos-lhe uma personalidade “Bom feeling”.
 
Como é que eu desenvolvo uma personalidade “Bom feeling”?
 
Os traços deste tipo de personalidade revelam-se maioritariamente nas pessoas que parecem desfrutar das situações, que os indivíduos comuns considerariam insuportáveis. Falo de pessoas como Viktor Frankl ou Nelson Mandela. Para tal seguem determinadas fases. Primeiro prestam muita atenção às diferentes características do ambiente que lhes possibilitam oportunidades de ação. Depois definem objetivos adequados à situação em que se encontram e finalmente, sobem a fasquia cada vez que alcançam um objetivo. Resumidamente, estes indivíduos são detentores de um propósito firmemente orientado e desinteressado e são levados a dar o seu melhor em todas as circunstâncias. Esta personalidade pode advir de herança biológica ou pode ser fomentada pela educação, no entanto pode também ser cultivada e aperfeiçoada com treino e disciplina.
 
O que eu gostava é que parasse de apontar e de se focar para o que está longe de si, e de dizer “Ali vou ser feliz”, mas sim, que colocasse a mão no seu coração e dissesse, de uma vez por todas, “É aqui dentro que eu vou ser Feliz”.

 
Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Sila Tarot: Homenagem de Aniversário!

Avó...e porque hoje era o teu dia, e chegaste ao mundo órfã de mãe e deveras de pai, relembro a grande mulher de "armas" que eras, lutadora, guerreira e a grande avó e mãe, que foste para mim. Foste uma grande amiga, parceira...e temos momentos nossos que nunca esquecerei...Farás eternamente parte de mim, da minha alma e coração. Obrigado por teres existido.
 
Até já! Até sempre!
 
Sila
 
 

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Sila Tarot: Festividades Católicas

 
 
JANEIRO

01 - Solenidade da Santa Mãe de Deus, Dia mundial da paz.
06 - Apresentação do Senhor aos Três Reis Magos
07 - Dia da liberdade de Cultos.
20 - São Sebastião
21 - Santa Ines
21 - Dia Mundial da Religião


FEVEREIRO

03 - São Brás
11 - N.Sra. de Lourdes
13 - Cinzas
28 - S.José, esposo da Bem-Aventurada Virgem Maria


MARÇO

17 - Nossa Senhora das Dores
19 - São José
24 - Ramos
29 - Sexta-Feira da Paixão
31 - Páscoa


ABRIL

02 - São Francisco de Paula

MAIO

13 - Nossa Senhora de Fátima
22 - Santa Rita de Cássia
30 - Santa Joana D’Arc
30 - Corpus Christi


JUNHO

02 - Sagrado Coração de Jesus
13 - Santo Antonio
24 - São João
29 - S.Pedro e S.Paulo
29 - Assunção de Nossa Senhora


JULHO

16 - Nossa Senhora do Carmo
19 - São Vicente de Paula
25 - São Cristovão
26 - Nossa Senhora Sant'Anna



AGOSTO

04 - Dia do Padre
05 - Nossa Senhora das Neves
12 - Santa Clara
15 - Nossa Senhora da Glória
16 - São Roque
22 - Imaculado Coração de Maria
24 - São Bartolomeu


SETEMBRO

29 - São Miguel Arcanjo
30 - São Jeronimo
30 - Dia da Biblia


OUTUBRO

04 - São Francisco de Assis
07 - Nossa Senhora do Rosário
12 - Nossa Senhora Aparecida
16 - Santa Edwiges
24 - São Rafael Arcanjo
25 - Crispin e Crispiniano
28 - São Judas Tadeu
29 - Cristo Rei


NOVEMBRO

01 - Dia de Todos os Santos
02 - Finados
22 - Dia de Ação de Graças
25 - Santa Catarina


DEZEMBRO

03 - São Francisco Xavier
04 - Santa Bárbara
08 - Nossa Senhora da Conceição
10 - Nossa Semhora do Loreto
12 - Nossa Senhora de Guadalupe
13 - Santa Luzia
18 - Nossa Senhora do Bom Parto
25 - Natal
30 - Sagrada Família


Se Gostou do que Leu, clique G+1

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Sila Tarot: Mitos Sobre o Gato Preto!

A história de vida do gato preto é impressionante. Sacrificado por uns, adorado por outros, o gato preto sobreviveu a tudo, simplesmente para reclamar o lugar que mais gosta de ocupar: um sítio quente, junto à janela.
 
As superstições sobre os gatos começaram desde muito cedo. Os primeiros povos a atribuir uma aura mística ao gato foram os egípcios que o idolatravam, tendo mesmo um deus com a sua forma física, Bast. Em honra desta divindade, os egípcios mantinham gatos pretos nas suas casas e davam-lhes honras reservadas a faraós, mumificando-os depois de mortos.
 
Mas foi na Idade Média que o gato viu a sua sorte mudar. Apesar de concederem um importante serviço ao homem, caçando os ratos que eram considerados uma praga por todo o lado, a verdade é que havia grupos de gatos vadios que faziam das cidades o seu território. A sobrepopulação terá sido o primeiro motivo pelo qual o gato deixou de cair em graça para passar a cair em desgraça.
 
A Idade Média ficou marcada pela bruxaria, superstição e febre religiosa. O gato, como animal independente e solitário, captou a atenção tanto de cristãos como pagãos.
 
No paganismo, o gato representa protecção e sabedoria, mas na magia negra, o gato preto macho personifica o diabo. No tarot, no baralho de Rider Waite, a Rainha de Paus é representada com um gato preto a seus pés, significando energia instintiva, mas domesticada.
 
O gato é um animal que caça durante a noite e era acolhido na Idade Média por pessoas sozinhas. Os gatos vadios eram os animais de estimação de pedintes e pobres, o que não favorecia a imagem do gato. Os olhos penetrantes que iluminam as noites contribuíram provavelmente para a catalogação do gato como espírito diabólico. A cor preta era a cor do mal e das trevas, o que tornou os gatos desta pelagem os mais perseguidos pelos inquisidores e cristãos. A sua associação a práticas pagãs provocou um maior distanciamento entre os cristãos e o gato. O facto de o gato ser várias vezes sacrificado em rituais pagãos tornou-o num símbolo a combater.
 
Depressa começaram a surgir relatos que ligavam os gatos a bruxarias. Diz a lenda que por volta de 1560, em Linconshire, filho e pai foram assassinados por um gato preto que lhes cruzou o caminho. O animal coxeava com vários arranhões e dirigiu-se para a casa de uma mulher que os habitantes da região suspeitavam que fosse bruxa. No dia seguinte, a mulher apareceu a coxear com uma ligadura no braço.
 
 
Outra história relatada conta que durante a noite um agricultor cortou a orelha de um gato. O homem acreditava que o gato estava a assombrar a sua propriedade. No dia seguinte, o agricultor regressou ao local apenas para encontrar parte da orelha de um humano. Na Alemanha, as histórias sobre a dualidade bruxa/gato preto são comuns. Uma mulher após ter sido acusada de bruxaria e condenada à fogueira, transformou-se em gato preto enquanto ardia. Foi assim que surgiu o mito de que as bruxas se transformam em gatos pretos durante a noite. E foi também desta forma que se encontraram justificações para perseguir estes animais.
 
Juntamente com as lendas surgem também outros factos históricos que na altura serviam de base de sustentação a muitas superstições. O Rei Carlos I de Inglaterra tinha um gato preto como animal de estimação. Ele acreditava que o seu gato lhe trazia sorte. Coincidência ou não, o gato morreu um dia antes de o Carlos I ter sido preso por Oliver Crommwell. O Rei foi acusado de traição e mais tarde decapitado.
 
Surpreendentemente, o gato preto sobreviveu a décadas, se não séculos de perseguição. A sua pelagem negra, pela qual era perseguido, era também uma vantagem quando caçava à noite, fundindo-se com a escuridão. Naqueles tempos, não faltava alimento para os gatos, uma vez que os ratos abundavam pelos campos e cidades.
 
Na altura do Renascimento, a Igreja Católica tinha já abrandado a caça aos pagãos. Esta foi uma boa notícia para o gato pois os cristãos tinham conseguido reduzir a prática do sacrifício de animais, e em particular dos gatos com pelagem preta e alem disso deixaram de ser perseguidos pelos próprios cristãos.
 
No entanto da Idade Média resistiram as superstições profundamente enraizadas na cultura popular. Apesar de em Portugal ser mais comum associar o gato preto a um mau presságio, são várias as crenças que lhe são favoráveis noutros países.
 
 
Algumas Superstições Comuns
 
Na Escócia
 
Um gato preto no alpendre traz prosperidade.
 
Em Itália
 
Ouvir um gato preto a espirrar traz boa sorte.
Se um gato preto se deita na cama de uma pessoa doente, significa que a morte dessa pessoa está perto.
 
Em Portugal
 
O gato preto que cruza o nosso caminho traz má sorte
 
Na Irlanda
 
O gato preto que cruza o caminho de alguém durante noites de luar, é prenúncio de epidemia.
 
Na Inglaterra
 
Na costa de Yorkshire, as mulheres dos pescadores acreditam que os seus maridos regressarão sãos e salvos da faina se mantiverem em casa um gato preto.
 
Entre os pescadores é comum a crença de que os gatos pretos mantidos em casa enquanto saíam para pescar era sinónimo de bom tempo no alto mar. Há quem defenda que o preço dos gatos pretos chegou a aumentar de tal forma que vários marinheiros não tinham dinheiro para comprar um.
 
Em algumas regiões da Inglaterra acredita-se que oferecer um gato preto à noiva trás sorte.
 
Em França
 
No Sul deste país, acredita-se que cuidar de um gato preto trás boa sorte.
 
Na Alemanha
 
Um gato que cruza o caminho de uma pessoa da direita para a esquerda é mau presságio, mas da esquerda para a direita é boa sorte.
 
Na Letónia
 
Para os agricultores deste país, encontrar um gato preto nos reservatórios de sementes é uma óptima notícia. Para eles, estes gatos são o espírito de Rungis o Deus da Colheita.
 
 
Superstições Actuais
 
Hoje em dia, o gato preto continua a ser mais do que um gato de pelagem escura. Ainda há quem veja nele sinal de boa ou má sorte. Num estudo realizado em associações de animais dos Estados Unidos da América, constatou-se que o gato preto era a segunda pelagem menos desejada. A primeira era a castanha. Assim, o gato preto era sempre dos últimos a ser adoptado numa ninhada de gatos de várias cores.
 
A acentuar a ideia de que o gato preto ainda não é visto como um outro gato qualquer, nos Estados Unidos da América, onde há uma forte tradição de festejar o Halloween (Noite das Bruxas), algumas associações de animais têm uma política especial que implementam nessa época. Neste feriado manteve-se em alguns locais a tradição de sacrificar animais, entre eles o gato preto. Por esta razão, a adopção destes gatos fica suspensa algumas semanas antes e depois desta festividade.
 
Em Portugal, as superstições sobre gatos pretos não parecem ter tanta força e é bastante comuns encontrar um gato preto como animal de estimação. Não deixa de ser curioso que na Inglaterra, apesar da caça às bruxas e aos gatos vivida na Idade Média, as superstições que resistiram aliam invariavelmente o gato a bons sinais.
 
No entanto, o gato preto parece ainda estar longe de reconquistar a posição que tinha no Antigo Egipto. Ou talvez não, uma vez que, tal como os outros gatos, parecem ser peritos em ganhar a adoração dos donos.
 
Se Gostou do que Leu, clique G+1 (= Gosto)

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Sila Tarot: A Cartomância e o Tarot em Portugal!


 
A Cartomância é o método de adivinhação que usa cartas de baralho tradicional. Usa-se o baralho para prever o futuro e ajudar nas decisões a serem tomadas. Muito consultada pelos antigos para resolver problemas.
 
Assim como o Tarot, pouco se sabe da origem desse método divinatório e sua vinda para o Ocidente. Estudiosos afirmam que foi através dos ciganos, oriundos da China antiga, onde era um dos métodos mais utilizados pelo imperador S'uen-Ho, em 1120 depois de Cristo, que a Cartomancia chegou até nós. Outros, entretanto, dizem que foi pelas mãos dos árabes, quando dominaram a Península Ibérica.
 
As cartas da época eram feitas de material rudimentar, com fibras de madeira ou de plantas, tendo um carácter de consulta mais oracular do que divinatório. Por volta do século XVI, toda a Europa conhecia o real valor das previsões da Cartomancia.
 
Em Portugal, fique-se sabendo, esta prática sempre foi comum. Nomeadamente na Região Norte, que até há bem pouco tempo, não tinha contacto com outro tipo de oráculos, como o tarot, mais recente.


Já no sul de Portugal, o tarot teve uma aceitação maior e mais rápida, apesar de a cartomancia estar no topo das preferências, como arte divinatória.

Prova disso são as inúmeras pessoas que conhecem e praticam esta arte, passando o conhecimento de geração em geração, apesar de muitas vezes omitido, não revelado por receio de criticas ou preconceitos.
 
Alvo de uma procura constante, porque o homem sempre teve curiosidade em conhecer o seu futuro, e ter consciência das melhores opções que lhe avizinham, esta arte não tende a desaparecer, mas sim a expandir-se, como alias todo o tipo de oráculos, pois o acesso à informação é cada vez maior e as publicações disponíveis no mercado são igualmente crescentes.
 
Para além deste factor, a noção de que a liberdade religiosa deve ser cumprida, a diversidade cultural e humana, muito tem contribuído para uma mescla enorme de escolhas e conhecimentos místicos.

 
Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)