terça-feira, 30 de outubro de 2018

Sila Tarot: A Amizade e o Amor! Para Reflectir!


Na amizade existe um enorme prazer que se renova a cada encontro. Porém, não existe a dor forte da saudade tão típica das relações sentimentais.

Entre amigos existe um enorme cuidado em não criticar, a não ser quando se é solicitado a isso: Os que se amam deveriam aprender essa lição!

O amor determina um tipo de prazer que chamo de negativo: A alegria derivada do fim da dor do desamparo próprio que corresponde à solidão.

O amor corresponde a uma espécie de "remédio" que preenche um vazio e atenua o sofrimento que costumamos sentir quando estamos sozinhos.

O prazer da amizade não depende da existência de sofrimento prévio: Estamos bem e ficamos melhor ainda quando cruzamos com um amigo querido!

As amizades não são exclusivas e nem possessivas demais: quase todos nós temos um "melhor amigo" e alguns amigos muito queridos e íntimos.

Pessoas mais auto-suficientes tendem a ter como seu parceiro sentimental, uma relação mais próxima da amizade, na qual a dependência é menor.

Como as diferenças culturais entre homens e mulheres têm diminuindo muito, é mais fácil encontrar cônjuges que sejam os seus melhores amigos!


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: Como Ver o Mundo Como Uma Oportunidade?


Por mais difícil que seja acreditarmos nisto, todas as dificuldades da vida são oportunidades de aprendizagem. É claro, que enquanto ainda não estamos suficientemente maduros para o perceber, os desafios assemelham-se assim a um castigo e levam-nos a questionar as razões, pelas quais estamos a passar por esta ou aquela circunstância.

Porém, se conseguirmos transcender a esse estágio e ao invés de desperdiçar energia a queixar-nos, aplicarmos essa força na busca de soluções inteligentes para os problemas, aos poucos iremos descobrir um poder, que nem imaginávamos possuir.

A inteligência, ao contrário do que se supõe, não é um atributo intelectual, mas sim, uma qualidade da consciência. É ela quem nos leva a encontrar a cada momento, respostas adequadas para as diferentes situações da vida.

Sem essa atitude, ficamos presos a uma existência mecânica, previsível, rotineira, onde a criatividade jamais se faz presente. Mas se a confiança na nossa sabedoria interior, estiver firmemente plantada, nada nos desviará do caminho.

Tudo o que precisamos de fazer, é estar atentos, para que possamos ouvir a voz da intuição, pois sempre nos mostrará o que cada desafio nos pode ensinar, ainda que demore algum tempo.

Muitas vezes só conseguimos obter essa resposta, depois que a tempestade já se foi e relaxamos na sensação de vitória, que a superação de um obstáculo traz. É nesse momento, que se estivermos plenamente atentos, a consciência da aprendizagem do que a vida desejava proporcionar-nos, acontece.



«« Estar no mundo, em todos os seus absurdos, em todo o seu ruído... e ainda manter a calma, distante, individual. Estar nele, mas não ser dele. Deixe acontecer em torno de si - não há necessidade de se escapar dele, não há para onde fugir. E mesmo se escapar para algum lugar, não vai transformar o seu ser; a sua mente permanecerá a mesma.

A melhor maneira é aproveitar a oportunidade no mundo.

O mundo é uma oportunidade, uma grande oportunidade, um presente tremendamente valioso de Deus. É um dispositivo de ensino. Estar nele e ainda assim tão longe, tão transcendental, que nada disso chegue ao âmago do seu ser.

Apenas a sua circunferência é tocada por ele, mas o seu centro permanece indiferente.

Ser o centro do ciclone. O mundo é uma história contada por um idiota, cheia de fúria e ruído, significando nada. Mas é muito fácil ser apanhado na rede - porque o tolo não está só do lado de fora, o tolo também está dentro. A sua mente é parte do conto contado por um idiota, e a sua mente gostaria de encontrar algum sentido enquanto não existe nenhum.

A mente não pode permanecer sem encontrar um significado - se não pode encontrar, inventa. Caso contrário, sente-se vazia, sente que falta algo.

Não há nenhum significado no mundo. Todo o significado está no centro do seu ser. O mundo é simplesmente ruído, não há nenhuma música. A música está no mais profundo do seu ser - e a música tem de ser ouvida, em todo o barulho do mundo. Em seguida, o barulho do mundo funciona como pano de fundo, torna-se um contexto.

Pode ouvir a música interior de forma mais clara por causa do barulho. Em seguida, o ruído já não é uma perturbação, mas sim uma ajuda. »»


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: Como Abrir-se ás Infinitas Possibilidades do Universo?


Para se conseguir qualquer coisa, é preciso desistir do apego a ela. Não desiste da intenção e não desiste do desejo. Abandona apenas o apego aos resultados. No momento em que isso acontece, misturando simultaneamente, intenção uni-direccionada com distanciamento, terá tudo o que deseja.

A fonte da riqueza, da abundância, de qualquer coisa no mundo físico é o Eu, é a consciência que sabe como satisfazer todas as necessidades.

Distanciamento é sinonimo de consciência rica, porque oferece a liberdade para criar. Para viver esta experiência tem de estar apoiado na sabedoria da incerteza. A incerteza é um terreno fértil para a criatividade e para a liberdade. O desconhecido é o campo de todas as possibilidades, sempre aberto para a criação de novas manifestações.

Não é preciso ter uma ideia do que vai estar fazer nas próximas semanas, ou no próximo ano, porque se já sabe o que vai acontecer e apega-se a essa ideia, abdica de toda a gama de possibilidades. Uma das características do campo de todas as possibilidades, são as correlações infinitas. Esse campo consegue reger uma infinidade de eventos no tempo-espaço para conseguir os resultados pretendidos.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Sila Tarot: Porque Temos Tanto Medo de Perder?


O ego adora dividir-nos em vencedores e perdedores. A busca da vitória é um modo infalível de evitar o contacto consciente com a intenção.

Porquê?

Porque em última instância, a vitória é impossível sempre. Alguém lá fora será mais rápido, mais afortunado, mais jovem, mais forte e mais inteligente, e novamente se sentirá inútil e insignificante. É uma incessante busca de reconhecimento, concebida pelo Ego. Faz-nos sentir mais fortes, mais seguros, confiantes e capazes.

Você não é o seu prémio ou a sua vitória. Não se pode ganhar sempre, nem perder sempre! Pode viver a competição e divertir-se num mundo onde a vitória é tudo, mas não tem que estar lá sempre nos seus pensamentos. Não há perdedores num mundo onde todos partilham a mesma fonte de energia. Tudo o que se pode dizer, é que num determinado dia realizou-se pessoalmente, em comparação com outros dias.

Liberte em si, a necessidade de vencer, de controlar, sem concordar que o oposto de vencer é perder. Não se vence, nem se perde totalmente, num mundo que está sempre em movimento. A necessidade obcessiva de ganhar, passa por um sentimento de insegurança e de um querer assumir o controlo, muito profundo lá no subconsciente.

Liberte-se! O medo de perder...Este é o medo do ego. Se neste dia não venceu ou concretizou aquilo a que se propôs, pode significar que se está identificar exclusivamente com o seu ego. Abdique, pense quem nem sempre a sua vontade, é mais significante que tudo o resto, Pode estar a dispensar e a colocar algo em segundo plano, ou até as necessidades alheias. Seja o observador, notando e apreciando tudo, sem precisar de ganhar um troféu.

Esteja em paz, e corresponda com a energia da intenção. E ironicamente, embora quase não o perceba, mais vitórias acontecerão na sua vida, quando menos as perseguir. Deixe o fluxo do universo e o merecimento se manifestarem, simplesmente flua na corrente energética Universal.

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html


Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)


terça-feira, 28 de agosto de 2018

Sila Tarot: Como Eliminar os Pensamentos Negativos?


Nós somos o que pensamos! 

Muito mais do que imaginamos. Muito mais do que supomos. Mais ainda do que sentimos. Se pensarmos melhor, melhores seremos. Isso é lei básica do pensamento. A energia segue automaticamente no que pensamos, logo tem melhores energias quem pensa melhor. Quem pensa em melhorar, melhora apenas pensando, pois atrai boa energias para si. O pensamento é o artífice do destino. Cada pensamento é um sulco na mente, por onde correm as energias e os sentimentos. Cada escolha, modos do pensamento.

Cada atitude, é uma escolha do pensamento. Cada destino, são formas de escolha. Cada um é o que pensa! Quem pensa, escolhe; Quem semeia, colhe. Quem planta cerejas, colherá cerejas. Quem semeia ventos, colherá tempestade. Quem semeia luz, já melhora, só por semear. Cada atitude é um pensamento exteriorizado. Cada palavra é a sonorização do pensamento. Cada gesto é movimento do pensamento. Cada energia manifestada, são formas de pensamento.

Pensamos, logo existimos. Ou melhor, existimos porque pensamos. Ou seria mais acertado dizer?:“Pensamos, logo complicamos!” O pensamento vai e vem pelos tais "sulcos"…A sua natureza é o movimento. E esse é o seu tormento: a agitação. O pensamento deve ser disciplinado e dirigido. Se o dirigir para o lado negativo, assim será. Se pelo contrário, direccionar o seu pensamento para o lado positivo, acontecerá de igual forma. O pensamento gera palavras, acção, modos de vida. Nós somos o que pensamos E acima de tudo, temos a vida que pensamos, o que pode não significar que seja a vida que temos. Apenas nós próprios temos o poder de o controlar. Esse poder está dentro de cada um de nós.

O remédio: A meditação. Ao longo dos milénios, os sábios espirituais tem dito aos povos sobre a necessidade da educação dos pensamentos e emoções. Cada um deles, de acordo com o contexto da sua época e cultura, disseram as mesmas verdades.

Alguns direccionaram-se para o ensinamento, outros escolheram o caminho das parábolas, e outros ensinavam pelo olhar silencioso e a consciência expandida noutros planos invisíveis ao olhar comum.

Seja pelos caminhos iniciáticos do antigo Egipto ou da Grécia, ou pelos caminhos iogues ou taoístas, ou ainda, pelos ensinamentos budistas ou sufis, surge sempre a ênfase na educação do pensamento.

Seja ensinado por Jesus ou Buda, Krishna ou Mahavira, Maomé ou Ghandi, o certo é que a melhoria dos pensamentos é um dos fundamentos básicos para qualquer ser humano interessado em progredir na senda espiritual.


Baseados nestes ensinamentos, vamos ver algumas dicas sobre os modos do pensamento, extraídas de várias fontes espirituais.

Hermetismo: PENSE NA LUZ! SEJA LUZ! O TODO ESTÁ EM TUDO! RÁ!

Cristianismo: PENSE NO BEM DE TODOS! PRATIQUE O AMOR! AMÉM!

Budismo: PENSE NA PAZ! SEJA UM CANAL DE COMPAIXÃO! OM MANI PADME HUM

Hinduísmo: PENSE NO DIVINO QUE VOCÊ É! OM… OM… OM!

Taoísmo: PENSE NO TAO! SEJA SERENO! DANÇE COM O CHI!

Sufismo: PENSE LEVE! RODOPIE COM A LUZ! FESTEJE A VIDA!

Islamismo: PENSE FIRME NO DIVINO! ELE É LUZ SEM IGUAL

Olhando universalmente para estes ensinamentos espirituais, nota-se, claramente, que se destaca o toque consciencial de pensar em valores maiores e baseados na LUZ. Talvez o modo de pensamento mais adequado aos nossos esforços seja esse:

Pensar luminosamente

É óbvio que é mais fácil falar ou escrever sobre isto, do que praticar e melhorar o ambiente mental, mas passo a passo é possível. A prática do viver diário, sempre cheio de coisas para complicar estas boas intenções. Mas é certo, que mesmo só por pensarmos nisto, já melhoramos.

Ou seja, pensar nisto já é LUZ!


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Sila Tarot: Dicas para Viver Melhor!




Todos almejamos por uma vida melhor. É próprio do ser humano a busca por uma vida feliz e harmoniosa. Porém, a vida impõe-nos em cada momento, desafios e circunstâncias que nos afastam cada vez mais desse ideal.


Não há um mapa que nos possa conduzir a uma vida melhor, ou que nos possa guiar sem percalços ao encontro da vida que sonhávamos ter, no entanto, há comportamentos que nos podem aproximar da vida que desejamos para nós.

Seguem abaixo algumas dicas, que lhe podem lhe proporcionar a vida com que sempre sonhou:

1. Compreenda que o medo foi instalado na infância, quando não dispunha de condições para questionar a veracidade das ameaças. As ameaças eram meras estratégias de controle dos pais.

2. Críticas não representam perigos reais. São apenas opiniões. Encare-as de uma maneira mais leve, sem se preocupar tanto.

3. Todo temos o direito de pedir o que quisermos, entendendo que o outro tem o direito de decidir se o atende ou não ao pedido. Não tem portanto obrigação, de atender a todas as solicitações. O não também faz parte da resposta.

4. Tem o direito de dizer não, sem sentir culpa.

5. Não transforme a passividade em agressividade. O que lhe trará equilíbrio e respeito, é a assertividade. Diga não, mas com elegância.

6. Compreenda que ninguém ama, respeita ou admira pessoas boazinhas ao extremo. Pelo contrário: exploram-nas, abusam e sentem pena.

7. As pessoas não dão valor, a quem não se valoriza;

8. As pessoas não respeitam, quem não se respeita.

9. As pessoas não gostam de quem não gosta de si próprio.



10. Quem se coloca sempre disponível pode inconscientemente, querer fugir dos próprios problemas, ao assumir os dos outros. Acredito também, que são pessoas carentes afetivamente, que passam a vida a agradar aos outros numa forma inconsciente de serem agradadas.

11. O papel de bonzinho é uma estratégia inconsciente para aliviar sentimentos negativos, resultantes da crença pessoal de que são pessoas más, indignas ou incapazes.

12. Não podemos agradar a todos.

13. As opiniões alheias, são quase sempre não válidas e ausentes de conhecimento de causa. Deve ser auto-confiante e viver e assumir as próprias escolhas.

14. Errar é humano.

15. O sofrimento serve como experiência de vida e auto-evolução.

16. Das adversidades, surgem as oportunidades. Não perca tempo a olhar para uma porta que se fechou, pois pode perder a oportunidade de ver outra que se abre.


17. Esteja receptivo e mantenha a mente aberta. As oportunidades batem mais facilmente á porta de quem está atento.

18. Viaje mais. Dinheiro não é desculpa, pois esta é a única forma em que perde dinheiro e fica mais rico. Não precisa de ser nada muito requintado, basta que se possa se desconectar um pouco da rotina.

19. Ouça com atenção as críticas e de forma modesta os elogios. Dessa forma, vai sempre evoluir e sem estagnar.

20. Sempre que possível, resolva os problemas. Não os ignore-os e nem os adie. Se você tem condições de resolver no exacto momento, faça isso. Não sabemos se terá a mesma chance de agir amanhã.


21. Nunca deixe de agir, mas nunca aja sem pensar. As acções geram transformações, mas isso também é válido para acções impensadas. Como a lei da causa e efeito, uma acção negativa gera uma transformação negativa e, consequentemente, o dobro de esforço para resolver aquilo que se tivesse pensado um pouco mais, não teria lhe causado nenhum mal.

22. Surpreenda-se! Quando tiver vontade, ou mais racional ainda, quando tiver um motivo para agir mal, faça o inverso. Se falarem mal para si, seja educado. Se o traírem, seja fiel. Se o abandonarem, seja perseverante. Num mundo caótico, a lei da causa e efeito gera um efeito dominó desmotivador para todos nós. Então é estimulante quando alguém, inclusive você própria, quebrar essa corrente de transferência de frustrações. O chefe maltrata o homem, o homem maltrata a esposa, a esposa maltrata o filho, o filho maltrata o colega da escola, o colega da escola maltrata a mãe, a mãe maltrata o pai, que também é o chefe, do primeiro homem maltratado. E assim, sucessivamente. Pare com o ciclo ruim.

23. Alerto que, infelizmente, a vida é uma caixinha de surpresas. Nada a impede de ter hábitos totalmente saudáveis e se julgar 100% feliz, e da mesma forma, ocorrer uma tragédia e tudo acabar. Viva intensamente para que quando o seu último dia chegar, possa olhar para trás e ter a convicção de que a sua vida, independente do quanto tenha durado, valeu realmente a pena.

E Seja Feliz!

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html



Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!

Sila Tarot: Qual o Seu Plano de Vida?

Mudar é uma função, requer fazer ajustes, organizar-se. A vida é feita disso mesmo...

É impressionante como nós nos habituamos com a rotina e com as coisas que vivemos. E de facto...muitas vezes não são coisas boas. Mesmo assim, quantas vezes temos medo de mudar, de romper com um ciclo de vida vicioso e negativo. Ninguém quer coisas ruins, mas poucos enfrentam as complicações de uma mudança, de peito aberto. Assim, casamentos falidos tornam-se eternos, empregos infelizes prolongam-se, situações de profundo desconforto não terminam. Tudo porque não enfrentamos os nossos medos.

Porque agir assim, se temos amor por nós próprios? Porque ter medo de mudar, de ousar, de viver o novo?

Parece que algumas pessoas querem preservar os sonhos, deixar aquelas coisas lindas que imaginaram para si mesmas, guardadas na sua mente, na sua imaginação, criando para si próprias, um mundo tão especial e cheio de desafios, que na fantasia, são enfrentados com coragem, mas que não fazem parte da vida real. Um mundo de avatares, como nos filmes. Mas e na realidade?

Porque vemos o nosso dia-a-dia como algo desperdiçado? Por que não enfrentar o medo de agir, de errar, de mudar?

É assim que passam os anos daqueles que sonham mudar, mas não mudam. É assim que as crianças crescem, que os casamentos se prolongam, que os empregos são empurrados com a barriga, sem alegria, sem sentimento de realização e felicidade. As pessoas que não ousam, não escutam a voz do coração, perdem o contacto interior e a sua auto-estima.

Erradamente, acredita-se que a auto-estima é impulsionada por factores externos, com respostas de felicidade que o mundo orienta, mas isso não é tudo. A Auto-estima nasce de ouvir a voz do seu coração, a voz interior (parte de si próprio e não dos outros, ou da aprovação dos demais) e de seguir os impulsos da alma.


Todos nós temos impulsos interiores e sentimentos que sinalizam coisas boas ou menos boas. Mas muitos deixaram de se conectar com esse instinto, e não já deixaram de ouvir a sua voz interior.



Observe-se, Será que nunca aconteceu programar algo ou para se encontrar com alguém e dar-lhe uma dor de barriga? Ou até de entrar num lugar e sentir uma má sensação?... Pois é necessário que nos permitamos ouvir, sentir e seguir esses impulsos. Precisamos de escutar a nossa sensibilidade. Porque essas forças aprisionadas dentro de nós, quer por medo, quer por necessidade de adequação às demandas do mundo, inibem muitas vezes a nossa sensibilidade, o que se pode tornar um grande entrave, inclusive de doenças psicossomáticas, que se evoluírem causarão doenças muito sérias. Tudo isto porque nos recusamos a ouvir. A alma, faz então, esse grito interior.

Ouça o seu coração. Ainda que o espírito seja eterno, a consciência indissolúvel... a vida na matéria e neste corpo é uma só, e precisamos de nos respeitar e aproveitar cada momento para aprender e realizar os nossos propósitos.

Se quer mudar algo na sua vida, mude. Use o bom senso, o amor como filtro das suas atitudes, mas não perca a conexão com a sua alma, com a sua verdade interior e com as forças maiores que vibram dentro de si. Somente assim, realizará o plano divino para o seu destino e será muito mais feliz.

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html





Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: Porque Devemos Continuamente Criar Novos Objectivos?


É natural mudar de expectativas e vontades com o passar dos anos. Às vezes alguns objectivos “diluem-se” por causa de acontecimentos, mudanças de interesses, novas fases e etapas da vida, ou então situações que o levam a desmotivar-se naquela meta, que anteriormente era o que dava sentido e a sensação de estar vivo.

Exemplos em que isto é muito comum:
  • Transição da vida
  • Divórcio
  • Alguém próximo falece
  • Reforma-se
  • Ocorre uma grande decepção profissional ou pessoal
  • Problemas de saúde

É importante a pessoa observar e reconhecer as mudanças na sua vida, perceber e reflectir:
  • Houve alterações nos seus interesses?
  • Passou a “ver” a sua vida de forma diferente?
  • Qual é o seu “mundo” e as suas metas? Consegue construir novos objectivos?
  • O que quer hoje? Quais são as suas prioridades e valores?
  • O que a/o faz sentir-se motivado?

A reavaliação do próprio “eu”, é algo que acontece frequentemente com todos os seres humanos. “Redescobrir-se” faz parte do processo da vida, e nesse processo está incluído também o reinventar-se, criar novas metas e objectivos, novos desafios e interesses, dar novo sentido à vida.

É assim que a motivação é renovada, o sabor pela vida degustado e apreciado. Algumas pessoas têm dificuldade em fazer esse processo de auto-percepção, auto-conhecimento, a busca interna. Devido a esta falta de reflexão do próprio “eu”, podem surgir sintomas depressivos e de ansiedade. Sugiro que se repense perspectivas e se tracem novos objectivos, para que se dê continuidade a um renovar do sentido da vida.

E Seja Feliz!

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html




Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Sila Tarot: Porque me Sinto Tão Vazio e sem Ânimo?


Ter a impressão de que já “nada” lhe traz prazer, é um sinal de alerta. Nem sempre se apercebe que está com sentimentos “vazios”, até ao momento em que reflecte:

  • O que me traz satisfação? Que atividades me apaixonam?
  • Quais são as minhas vontades ou interesses?
  • Consigo sentir-me feliz, em algum momento do dia?

A dificuldade em responder a estas perguntas, pode significar que existem bloqueios relacionados com a própria vida, o próprio “eu”, e assim sendo, se torne mais complicado conseguir avaliar o que lhe desperta desejos. É como se a pessoa não se permitisse ser feliz, cria obstáculos para a superação, e sabota a possibilidade das coisas melhorarem.

Estas questões podem existir por:

  • Sentir-se dominada ou abandonada pelo outro
  • Dificuldade em colocar-se nas situações, por receio de se indispor com o outro
  • Anular-se, não se permitir
  • Sensação de vazio, “eu não consigo sentir nada”



Entender quais os motivos para isto acontecer, é o primeiro passo para o auto-conhecimento e para o enfrentar as feridas emocionais. É o início da retoma da sua própria vida, recuperando o sabor e o gosto por estar vivo. Olhar para si, faz parte do processo de superação, e a partir daí surgem as mudanças, a postura de se tornar assertiva, dando-se oportunidade para sentir a felicidade. Nem sempre se consegue superar, ultrapassar isto sozinha, sendo muitas vezes necessário o acompanhamento por um psicólogo.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

Sila Tarot: Que Passos Deve Dar para Conseguir o que Quer?


O segredo para conseguir conquistar o que deseja é:

- Primeiro e mais importante: Deve saber o que quer (deve querer verdadeiramente).

- Depois de bem definido o que quer, é necessário traçar formas de como alcançar (por onde começo? Quais são as etapas e passos que devo seguir?)

- A acção, esforço e vontade devem estar incluídas (deve-se comprometer).

- Dê tempo para as coisas acontecerem, persista, tenha determinação, não se deixe levar pelo desânimo. Assim como cada planta tem a sua época própria para dar flores e frutos, cada desejo e conquista, precisam do seu tempo próprio para acontecer.

Muitas pessoas não atingem o sucesso, porque:

- Não traçam um objectivo, não sabem o que querem. Acham que não são merecedoras, ou que não vão conseguir. É preciso fazer permanentemente uma auto-análise, para não se auto-sabotar. Somos nós que fazemos “as coisas acontecerem”, cabe-lhe a si a transformação da sua própria vida.

- Também é fundamental avaliar o que não está a conseguir, e se for o caso, criar outros objectivos, ou novas formas de “fazer” para conseguir o que quer. Não fique a dar eternamente “murro em ponta de faca”, observe e crie outros caminhos.

Dicas:

- Perceba e potencialize as suas qualidades. Utilize-as para as suas conquistas;

- Aprenda com os seus erros. Os erros podem-se tornar virtudes, se souber transformá-los em ferramentas para contornar situações desagradáveis no futuro;

- Não insista em coisas que não lhe fazem bem, vá em busca de pessoas e coisas que despertem o melhor em si.

- Construa as suas conquistas com bases sólidas, através da confiança, integridade emocional, respeito ao outros. Se o seu sucesso for construído através do sofrimento do outro, provavelmente irá trazer para si, consequências muito negativas.

- Busque o apoio de pessoas que possam ajudá-lo positivamente.

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)

Sila Tarot: 14 Passos para Controlar a Sua Ansiedade!


Cada vez mais, as exigências pessoais e familiares que nos impomos diariamente tornam a nossa vivência uma fonte de ansiedade. A correria diária, as obrigações e responsabilidades condicionam a nossa Vida de uma forma que nos retira o Prazer e a alegria de Viver com Simplicidade, Harmonia e Paz!

A ansiedade está relacionada com medo irracional, aflição, preocupação excessiva, angústia e enorme desconforto interior devido à sensação de perigo e incerteza, que advém da necessidade de obter o controlo. 

Veja abaixo dicas para aprender a controlar:

1 - Peça a pessoas da sua confiança, que avaliem como se tem comportado. Aceitar críticas é difícil para qualquer pessoa, mas esse feedback é importante para que saiba se o seu julgamento, combina com o dos restantes.

2 - Uma dica importante para evitar que a ansiedade prejudique a sua vida e a sua saúde está no auto-conhecimento. Cada indivíduo deve monitorizar-se constantemente. Não reflectir sobre questões pessoais, pode ser um caminho para o abismo.

3 - Tente viver os acontecimentos de agora. Do futuro pouco sabemos, o passado já se foi e não podemos fazer nada para o modificar.

4 - Seja flexível consigo próprio. A ansiedade não evitará que as coisas aconteçam, ou que aconteçam mais depressa, portanto, busque controlar menos a sua própria vida. Não se acredite infalível, erros acontecem. Sempre que possível, não se leve tão a sério.

5 - Defina prioridades. Não tente fazer tudo ao mesmo tempo ou sozinho. Peça ajuda. Faça uma lista de prioridades, compatível com sua capacidade de execução. Muitos casos de ansiedade surgem em indivíduos que estabelecem metas além do que podem cumprir.

6 - Praticar Yoga pode ajudar a retirar o foco no estado de ansiedade. Escolha um horário para se dedicar a si próprio, todos os dias.

7 - Valorize o seu sono. Se as horas dormidas estão aquém do necessário, vá para a cama mais cedo. Uma dica é tirar a televisão do quarto, para não se distrair e acabar por adormecer mais tarde que o devido. É importante que se deite e acorde todos os dias á mesma hora e que durma durante 7/ 8 horas seguidas.

8 - A prática frequente de actividades físicas é vital. Escolha a que mais lhe agradar, pode até ser uma caminhada, quando leva o cão para passear. E lembre-se: faça um check-up com um ortopedista antes de começar.


9 - Sorria sempre que possível e fale preferencialmente sobre coisas boas. Não permita que sentimentos ruins o perturbem. Mas não deixe de chorar quando sentir essa vontade, não se reprima.

10 - Tome um banho demorado e deixe a água cair-lhe sobre o corpo. A água corrente ajuda a relaxar os músculos e o sistema nervoso, eliminando dores musculares provocadas pelo excesso de ansiedade.

11 -Faça alguma actividade voluntária. Colaborar para o bem-estar das outras pessoas/animais, ajuda a distrair-se das suas próprias preocupações.

12 - Tire umas férias. O ser humano precisa de tempo para aproveitar de forma prazerosa e saudável os momentos de recreação, seja com os filhos, esposa/marido, familiares, amigos ou a conhecer novos locais.

13 - Faça alongamentos de 15 minutos, três vezes por semana (consulte uma orientação especializada). Esta actividade relaxa a tensão muscular, um dos factores que colabora para os quadros de ansiedade.

14 -Devo ressaltar: A orientação profissional é insubstituível. A qualquer sinal de ansiedade que fuja do seu controle, procure um médico, pois pode precisar de medicação específica para tratar a ansiedade e os seus efeitos. Da ansiedade (um estado psicológico) podem advir sintomas ou patologias físicas, se não for tratada.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html


Se Gostou do que Leu, clique G+1 ( = Gosto)