terça-feira, 30 de outubro de 2018

Sila Tarot: Será que Tem Mediunidade?


Diferença entre Mediunidade e faculdades psíquicas

Mediunidade refere-se á capacidade dos Espíritos usarem o corpo para se comunicarem com os vivos ou manifestarem-se com sons ou acontecimentos físicos.

As formas em que a mediunidade se pode expressar, vão desde a escrita automática, a incorporação temporária de espíritos para se comunicarem, materialização de espíritos, que tanto podem fazer sons ou colocar objectos em movimento. Igualmente poderão possuir Dons como os de cura, profetizar, entre muitos outras faculdades.

Em contraste, as faculdades psíquicas podem ser a 3ª Visão, a telequinesia que é a capacidade de mover objectos, a telepatia mesmo que seja só a transmissão involuntária de sensações que frequentemente fazem com que as pessoas olhem para trás ou para outras sem razão aparente.

Ter a capacidade de realizar viagens astrais, manifestar bioenergia espontaneamente (que é praticamente idêntica ao que se realiza após a iniciação em Reiki), comunicar com a sua intuição, sentir a energia dos objectos e do ambiente envolvente, etc. Qualquer pessoa receptiva, pode desenvolver as suas múltiplas faculdades psíquicas.

Concluindo:
  • A "mediunidade" apresenta-se em fenómenos espirituais, externos à pessoa;
  • As "faculdades psíquicas" são próprias, são interiores, fazem parte de nós.

Introdução

Longe estava eu de saber que todos podemos ser (ou já somos) médiuns quando um Sr. Padre Carismático, ele médium desenvolvido, afirmou convictamente que o era, e de incorporação, mas não autorizado. Foi bom saber isso, embora olhando hoje para trás no tempo, era bom que assim se tivesse mantido - é chato ter inquilinos, felizmente, nunca tomaram o controle pois nunca o autorizei (possessão). E para que fique citado, apanhei-os em grandes superfícies de consumo (hipermercados - centros comerciais), e por cá andaram uns dias, (dias bastantes desconfortáveis, posso dizer), depois foram à "vida".

Esta minha experiência é importante para descrever que todos temos Dons que à partida estão desactivados, mas com a evolução espiritual de todos os seres humanos em todo o planeta, estamos a ser chamados a cumprir as missões nas nossas vidas.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Afinal o que é ser médium?

LER MAIS:

Sila Tarot: A Amizade e o Amor! Para Reflectir!


Na amizade existe um enorme prazer que se renova a cada encontro. Porém, não existe a dor forte da saudade tão típica das relações sentimentais.

Entre amigos existe um enorme cuidado em não criticar, a não ser quando se é solicitado a isso: Os que se amam deveriam aprender essa lição!

O amor determina um tipo de prazer que chamo de negativo: A alegria derivada do fim da dor do desamparo próprio que corresponde à solidão.

O amor corresponde a uma espécie de "remédio" que preenche um vazio e atenua o sofrimento que costumamos sentir quando estamos sozinhos.

O prazer da amizade não depende da existência de sofrimento prévio: Estamos bem e ficamos melhor ainda quando cruzamos com um amigo querido!

As amizades não são exclusivas e nem possessivas demais: quase todos nós temos um "melhor amigo" e alguns amigos muito queridos e íntimos.

Pessoas mais auto-suficientes tendem a ter como seu parceiro sentimental, uma relação mais próxima da amizade, na qual a dependência é menor.

Como as diferenças culturais entre homens e mulheres têm diminuindo muito, é mais fácil encontrar cônjuges que sejam os seus melhores amigos!


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: O Respeito Mútuo no Casamento!

Sila Tarot: O Respeito mútuo no casamento
O que acaba com um casamento não é a existência de conflitos - o que, aliás é normal - mas o modo como se lida com esses conflitos.

Um casamento sem conflitos é um casamento morto, moribundo ou prestes a morrer.

E o que transforma o conflito, em força destrutiva é a falta de respeito entre os cônjuges.


  • O que significa respeitar o cônjuge?


Respeitamos o outro, quando aceitamos as suas decisões e as suas opiniões.

Respeitamos o outro, quando não desqualificamos as suas acções e os seus comportamentos.

Respeitamos o outro, quando damos ouvido ao que ele diz e nos esforçamos para compreender as suas posições.
Quando respeitamos alguém que discorda de nós, temos a oportunidade de aprender com a nossa própria discordância.



As discordâncias permitem que os cônjuges aprendam algo novo sobre si mesmos e sobre o casamento.

Quando não há respeito isso não é possível e o casamento dissolve-se.

Pesquisadores tentaram descobrir se existiam traços de personalidade que pudessem predizer se um casamento funcionaria ou não. Não encontraram nada significativo, que pudesse determinar se um casal permaneceria junto ou não.

Todavia, constataram que o que determinava se um casal permaneceria junto, era a existência de respeito mútuo e a forma como os dois lidavam com os conflitos.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: Como Ver o Mundo Como Uma Oportunidade?


Por mais difícil que seja acreditarmos nisto, todas as dificuldades da vida são oportunidades de aprendizagem. É claro, que enquanto ainda não estamos suficientemente maduros para o perceber, os desafios assemelham-se assim a um castigo e levam-nos a questionar as razões, pelas quais estamos a passar por esta ou aquela circunstância.

Porém, se conseguirmos transcender a esse estágio e ao invés de desperdiçar energia a queixar-nos, aplicarmos essa força na busca de soluções inteligentes para os problemas, aos poucos iremos descobrir um poder, que nem imaginávamos possuir.

A inteligência, ao contrário do que se supõe, não é um atributo intelectual, mas sim, uma qualidade da consciência. É ela quem nos leva a encontrar a cada momento, respostas adequadas para as diferentes situações da vida.

Sem essa atitude, ficamos presos a uma existência mecânica, previsível, rotineira, onde a criatividade jamais se faz presente. Mas se a confiança na nossa sabedoria interior, estiver firmemente plantada, nada nos desviará do caminho.

Tudo o que precisamos de fazer, é estar atentos, para que possamos ouvir a voz da intuição, pois sempre nos mostrará o que cada desafio nos pode ensinar, ainda que demore algum tempo.

Muitas vezes só conseguimos obter essa resposta, depois que a tempestade já se foi e relaxamos na sensação de vitória, que a superação de um obstáculo traz. É nesse momento, que se estivermos plenamente atentos, a consciência da aprendizagem do que a vida desejava proporcionar-nos, acontece.



«« Estar no mundo, em todos os seus absurdos, em todo o seu ruído... e ainda manter a calma, distante, individual. Estar nele, mas não ser dele. Deixe acontecer em torno de si - não há necessidade de se escapar dele, não há para onde fugir. E mesmo se escapar para algum lugar, não vai transformar o seu ser; a sua mente permanecerá a mesma.

A melhor maneira é aproveitar a oportunidade no mundo.

O mundo é uma oportunidade, uma grande oportunidade, um presente tremendamente valioso de Deus. É um dispositivo de ensino. Estar nele e ainda assim tão longe, tão transcendental, que nada disso chegue ao âmago do seu ser.

Apenas a sua circunferência é tocada por ele, mas o seu centro permanece indiferente.

Ser o centro do ciclone. O mundo é uma história contada por um idiota, cheia de fúria e ruído, significando nada. Mas é muito fácil ser apanhado na rede - porque o tolo não está só do lado de fora, o tolo também está dentro. A sua mente é parte do conto contado por um idiota, e a sua mente gostaria de encontrar algum sentido enquanto não existe nenhum.

A mente não pode permanecer sem encontrar um significado - se não pode encontrar, inventa. Caso contrário, sente-se vazia, sente que falta algo.

Não há nenhum significado no mundo. Todo o significado está no centro do seu ser. O mundo é simplesmente ruído, não há nenhuma música. A música está no mais profundo do seu ser - e a música tem de ser ouvida, em todo o barulho do mundo. Em seguida, o barulho do mundo funciona como pano de fundo, torna-se um contexto.

Pode ouvir a música interior de forma mais clara por causa do barulho. Em seguida, o ruído já não é uma perturbação, mas sim uma ajuda. »»


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: Como Abrir-se ás Infinitas Possibilidades do Universo?


Para se conseguir qualquer coisa, é preciso desistir do apego a ela. Não desiste da intenção e não desiste do desejo. Abandona apenas o apego aos resultados. No momento em que isso acontece, misturando simultaneamente, intenção uni-direccionada com distanciamento, terá tudo o que deseja.

A fonte da riqueza, da abundância, de qualquer coisa no mundo físico é o Eu, é a consciência que sabe como satisfazer todas as necessidades.

Distanciamento é sinonimo de consciência rica, porque oferece a liberdade para criar. Para viver esta experiência tem de estar apoiado na sabedoria da incerteza. A incerteza é um terreno fértil para a criatividade e para a liberdade. O desconhecido é o campo de todas as possibilidades, sempre aberto para a criação de novas manifestações.

Não é preciso ter uma ideia do que vai estar fazer nas próximas semanas, ou no próximo ano, porque se já sabe o que vai acontecer e apega-se a essa ideia, abdica de toda a gama de possibilidades. Uma das características do campo de todas as possibilidades, são as correlações infinitas. Esse campo consegue reger uma infinidade de eventos no tempo-espaço para conseguir os resultados pretendidos.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!


Sila Tarot: O que Acontece Logo Após a Morte?


Como Ajudar o Espírito recém Desencarnado?

Nem sempre o espírito se reconhece como desencarnado após a morte. Nestes casos, costuma gerar sentidos que se misturam com a realidade. O espírito tenta manter-se próximo das pessoas e dos locais que habitou.

As vibrações de dor e luto, que recebe de seus entes queridos geram, no recém desencarnado ainda mais confusão, pois mostram a realidade do falecimento, que ele não aceita ou compreende. Uma atitude caridosa é conversar com o ente querido que morreu, informando-o do que aconteceu, agradecendo o tempo que passaram juntos e pedir-lhe para aceitar ajuda, para seguir o seu caminho no plano espiritual. Nem sempre é fácil fazer isto, mas é absolutamente necessário. As vibrações irão chegar até ele, e como estão sintonizados, irão influenciá-lo.

A morte é um renascer, um processo complexo. Nos momentos imediatamente após a morte, a maior parte dos espíritos estão sob o impacto da intensa mudança que é o desencarne. Mantém também uma conexão muito forte com quem fica. Esta conexão pode ser usada para facilitar essa passagem. Ou seja, quem fica também pode ajudar quem se foi.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA Tarot+Cartomância: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html


Se Gostou do que Leu e para que eu publique mais temas sobre o mesmo assunto, clique (no site) G+1= Gosto - É anónimo!