segunda-feira, 22 de abril de 2019

Sila Tarot: Como mudar pensamentos Negativos para Positivos?


Os pensamentos negativos e igualmente os pensamentos positivos, fazem parte da nossa vida. Os pensamentos negativos recorrentes estão associados a alguns transtornos psicológicos como a depressão, transtorno obsessivo-compulsivo, fobia social, ansiedade generalizada, entre outros. Ter pensamentos negativos, não conduz necessariamente a problema psicológicos ou problemas pessoais. No entanto, se os pensamentos negativos de dia para dia forem aumentado em intensidade, frequência e duração podem prejudicar-nos a funcionalidade na nossa vida, afectar-nos o equilíbrio emocional, promovem a negatividade, enraizando e especializando as redes neuronais para a desgraça, infortúnio e desesperança. 


Os pensamentos positivos estruturados e contextualizados com as circunstâncias que enfrentamos, promovem a construção de soluções orientados para os problemas que queremos ver resolvidos, minimizados ou aceites. Os pensamentos positivos permitem usarmos o nosso lobo frontal accionando as funções executivas (Auto monitorização, auto –regulação, planeamento, avaliação e resolução de problemas). 

COMO O HÁBITO DO PENSAMENTO NEGATIVO SE ENRAÍZA? 

Somos criaturas de hábitos. É por isso que rapidamente nos acostumamos a uma certa maneira de fazer as coisas, uma maneira particular de pensar, sentir e agir. Nós construímos hábitos de pensamento de acordo com o que vamos pensando. Um hábito pode ser estabelecido de maneira surpreendentemente rápida, muitas vezes dentro de algumas semanas. 

Nós tendemos a pensar sobre nós mesmos e acerca das nossas vidas de uma certa maneira, os nossos pensamentos seguem um caminho familiar. Se temos o hábito de pensar negativamente sobre nós mesmos, podemos desenvolver depressão falta de motivação para sair dessas formas depreciativas de pensar. Os sentimentos de letargia e apatia que acompanham este estado de espírito pode ser devastador. O problema de um ciclo negativo de pensamento é que uma vez que o hábito do pensamento negativo se estabeleça, influencia enormemente a forma como agimos e reagimos na maioria das situações. 

O efeito cumulativo de muitos pequenos pensamentos negativos, cada um aparentemente insignificante, é o que faz instituir uma estrutura mental especializada na negatividade, criando redes neuronais especializadas na avaliação negativa de grande parte das situações de vida. Dia após dia se formos fazendo avaliações negativas acerca da grande maioria das situações, ou pensarmos de forma depreciativa acerca de nós, ou tivermos pensamentos negativos acerca das nossas qualidades e desempenhos, é o suficiente para arrastar-nos drasticamente para a auto-sabotagem: 

“Eu não vou, eu não iria gostar, eu não gosto” 

“Eu não sei porque estas pessoas estão sendo boas para mim.” 

“Se eu tentar isso, eu vou estragá-la, eu não posso fazer isso.” 

“Eu sou tão pouco atraente, eu pergunto-me porque ela me convidou?” 


Cada pensamento aparentemente sem importância tem um efeito condicionante e contribui para o nosso hábito geral de pensar sobre nós mesmos e sobre o que nos rodeia. Se repetidamente instituirmos o hábito do pensamento negativo, não é de admirar que possamos sentir-nos menos felizes e menos confiantes, afectando-nos depreciativamente a nossa auto estima e perspectiva de futuro. Vamos alimentando a ansiedade com os pensamentos negativos, inibindo raciocínios virados para a solução e promovendo o pensamento catastrófico. 

Usualmente não temos a noção real e total do impacto negativo que os pensamentos negativos têm na nossa vida. Pensamento após pensamento, vamos construindo um padrão destrutivo de pensar. Os pensamentos negativos são como ervas daninhas insidiosas e de crescimento lento, enraizando-se em nós, sem nosso conhecimento ou consciência. 

DECIDA ADOPTAR O HÁBITO DO PENSAMENTO POSITIVO 

Devemos aprender a monitorizar e a ganhar consciência acerca dos pensamentos negativos que aparecem na nossa mente. Eles podem parecer pequenos e insignificantes, mas são uma armadilha, porque tendem a acumular-se e a prejudicar todo o nosso modo de pensar. 

Quando criamos o hábito de pensar positivamente, o resultado é um sentimento geral de optimismo, bem-estar e elevada autoconfiança. Outros benefícios acrescidos são o crescimento pessoal, uma maior motivação, energia e alegria de viver, e uma sensação geral de estar a viver plenamente os acontecimentos da nossa vida. 

Utilizar o pensamento positivo nem sempre se relacionado apenas com sentirmos-nos bem. Mesmo perante situações de perda, catástrofe e infortúnio, é possível pensar de forma positiva. Isto se interpretarmos o pensamento positivo por aquilo que ele na verdade representa em termos de utilidade de raciocínio. E a utilidade de pensarmos de forma positiva perante algumas dificuldades de vida tem a ver com a capacidade de utilizarmos os nossos recursos (experiências de vida, auto-conhecimento, formas de relacionamento com os outros, crenças, estratégias mentais, valores, entre outros) orientados para a possível solução do problema, situação ou perda. 


Quando adopta o hábito de pensar positivamente, certas coisas construtivas começam a acontecer. Você vai sentir-se mais confiante começando a lidar melhor com situações stressantes. Você poderá desenvolver uma visão mais optimista sobre a vida e começar a aproveitar mais. Você pode tornar-se mais alegre e encontrar formas de motivar-se. 

Coisas que você pensava anteriormente que eram impossíveis de realizar podem começar a parecer mais ao seu alcance. Vai começar a querer experimentar coisas novas e desconhecidas por acreditar que consegue promover acções que o colocam no caminho do sucesso ou do alcance dos seus objectivos. 

Vai achar mais fácil fazer novos amigos, provavelmente devido à sua tolerância com as outras pessoas ter aumentado e devido ao fato de você poder sentir-se mais feliz consigo mesmo



MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html


Sem comentários:

Enviar um comentário

GOSTOU COMENTE!
NÃO GOSTOU, COMENTE NA MESMA!