segunda-feira, 29 de julho de 2019

Sila Tarot: O Que os Homens Procuram Numa Relação?



Acredite ou não: As mulheres não são as únicas que fazem uma lista das características que o homem ideal precisa de ter. Os homens também têm uma lista, sobre o que eles não conseguem tolerar num relacionamento.

Veja aqui as características que eles desejam e procuram para a sua futura esposa:

Boa comunicação

A comunicação é a prioridade para os homens. Eles procuram mulheres que respondem ás suas perguntas com honestidade e tenham opiniões próprias. Homens querem esposas capazes de se defender e que dizem o que realmente são.

Segura e confiável

Os homens querem uma mulher que não esteja desesperada por um relacionamento. Geralmente as mulheres, querem 24 horas por dia de atenção e adoração e tendem a começar e terminar relações, muito mais vezes do que os homens. Em contradição, eles querem que suas parceiras tenham uma identidade separada. É importante que as mulheres tenham os seus próprios amigos e interesses.



Sem manipulações

Os homens não querem ser manipulados e normalmente tem pouca tolerância para os jogos criados por elas. Eles não querem ter que ler a mente da parceira, ou ter que interpretar os sinais criados. Ás vezes elas escondem os seus verdadeiros sentimentos e muitas vezes fingem estar interessadas até em outros homens, para ter o parceiro implorando pelo seu amor.

Se gosta de um homem, dedique-lhe o seu tempo e atenção. Retorne as chamadas e mostre que está a evitar outras conquistas.

Emocionalmente estável

Os homens querem uma mulher que consegue andar com os seus próprios pés. É importante saber lidar com as emoções de forma responsável e saber quando eles estão a receber o melhor de cada situação. Eles costumam ser, seres práticos, em comparação com as mulheres, que tendem a basear as suas decisões nas emoções.


Verdadeiro compromisso

Fidelidade e lealdade são necessidades absolutas para os homens. Diferente do que as mulheres pensam, o homem não quer só sexo e procura uma mulher que não comprometa o coração dele, nem o faça sofrer. As mulheres geralmente pensam que eles não são confiáveis, fiéis e que tudo vai acabar quando a relação não está bem... Eles também tem medo de perder.

Desde o começo da relação, interesse-se por saber o que ele faz nos tempos livres, que tipo de influência os amigos tem sobre ele e se ele é facilmente susceptível à pressão dos colegas. Essas perguntas colocam a sua confiança em jogo, se não forem claras.

Mulher Madura

Há uma razão pela qual muitos homens, quando crianças, perguntam á mãe se ela quer casar com ele. Os Homens gostam de ser cuidados e mimados.

Muitas mulheres acabam por diminuir o ego dos homens pela forma como os tratam. Eles preferem ser elogiados e reconhecidos.

Não seja "fácil"

Os homens querem uma mulher bonita para mostrar, mas não uma mulher que parece ser "fácil" e que poderia constrangê-lo á frente da sua família e amigos.

No começo do namoro uma mulher não deve fazer comentários que sejam abertamente de cariz sexual, porque ela ainda está a criar as primeira impressões. Usar uma linguagem excessivamente sexual, fá-lo pensar que é alguém de apenas uma noite. Pode seduzir desde que não seja nada muito agressivo.

Quando o relacionamento fica mais sério, as demonstrações públicas de afecto são mais adequados. Seja sempre você própria.



MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html



segunda-feira, 22 de julho de 2019

Sila Tarot: 7 Passos para superar o controlo do Ego sobre si!


1 – Deixe de ficar ofendido

O comportamento dos outros não é motivo para ficar bloqueado. Aquilo que o ofende somente o enfraquece. Se permanecer á procura de ocasiões para ficar ofendido, irá encontrá-las com muita frequência.

2 – Liberte a sua necessidade de vencer

O ego adora dividir-nos em vencedores e perdedores. A busca da vitória é um meio infalível para evitar o contacto consciente com a intenção. Porquê? Porque em última instância, a vitória é impossível, em todos os momentos. Alguém além de si, será mais rápido, mais afortunado, mais jovem, mais forte e mais inteligente, e novamente irá sentir-se inútil e insignificante.

3 – Deixe de parte a sua necessidade de estar sempre certo

O ego é a fonte de muitos conflitos e desavenças, porque empurra-o na direcção de tornar outras pessoas erradas. Quando você é hostil, está desconectado do poder da intenção. O Espírito Criativo é bondoso, amoroso e receptivo; e livre da raiva, do ressentimento ou da amargura.

4 – Deixe ir a sua necessidade de ser superior

A verdadeira nobreza não se refere a ser melhor do que outra pessoa. Trata-se de ser melhor do que costumava ser antes. Permaneça focado no seu crescimento, com uma consciência permanente de que ninguém neste planeta, é melhor do que o outro.



5 - Deixe a necessidade de ter mais

O mantra do ego é “mais”.

Ele nunca está satisfeito. Não importa quanto consiga ou adquira, o seu ego vai insistir que não existe o suficiente. Você ficará num estado perpétuo de esforço para obter, eliminando sempre a possibilidade de ser suficiente.

6 – Deixe de se identificar como base nas suas realizações

Este pode ser um conceito difícil de pensar que você é as suas realizações. Deus canta todas as músicas, Deus constrói todos os prédios, Deus é a fonte de todas as suas realizações. Eu posso ouvir o seu ego protestando em voz alta.

7 – Deixe ir a sua reputação

A sua reputação não está localizada em si. Ela reside nas mentes dos outros. Portanto, você não tem nenhum controle sobre tudo isto. Se contar a 30 pessoas, você terá 30 reputações.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html


segunda-feira, 15 de julho de 2019

Sila Tarot: As 12 leis do Karma!


1ª – A GRANDE LEI

Colhemos o que plantamos. É a lei da causa e do efeito. O que quer que façamos no universo nos volta.

2ª – LEI DA CRIAÇÃO

A vida não apenas acontece, ela requer a nossa participação. Estamos ligados ao Universo dentro e fora de nós mesmos. Tudo que nos cerca nos dá indícios de nosso estado interior. Temos que fazer em nós o que queremos na nossa Vida.

3ª – LEI DA HUMILDADE

O que nos recusamos a aceitar, continua a existir em nós. O mundo espelha os nossos traços.

4ª – LEI DO CRESCIMENTO

Onde formos, lá estaremos. Para crescermos no espírito, somos nós que devemos mudar, não as outras pessoas, ou lugares ou as coisas em torno de nós.

5ª – LEI DA RESPONSABILIDADE

Sempre que algo está errado, existe algo errado em nós. Nós espelhamos o que nos cerca e o que nos cerca se espelha em nós. Devemos fazer um exame da responsabilidade do que acontece na nossa vida.

6ª – A LEI DA CONEXÃO

Mesmo que algo pareça desconectado, é importante entender que no Universo tudo está conectado. Cada etapa conduz a etapa seguinte e assim por diante. Passado, presente e futuro, todos estão conectados

7ª – LEI DO FOCO

Não podemos pensar em duas coisas ao mesmo tempo. Quando nosso foco está em valores espirituais é impossível ter pensamentos baixos de mágoas ou de raiva.


8ª – LEI DA DOAÇÃO

Se acreditamos que algo é verdade, seremos chamados para demonstrar essa verdade. É nesse momento que podemos colocar o que dizemos e aprendemos na prática.

9ª – A LEI DO AQUI E AGORA

Quando olhamos para trás para examinar o que se passou, ficamos impedidos de olhar para o aqui e agora. Pensamentos velhos, padrões antigos, sonhos velhos…tudo isso impede que tenhamos novos pensamentos, novos padrões e novos sonhos.

10ª – A LEI DA MUDANÇA

A história se repete, até aprendermos as lições que necessitamos para mudar nosso trajecto.

11ª – LEI DA PACIÊNCIA E DA RECOMPENSA 

Todas as recompensas requerem trabalho inicial. Recompensas de valor duradouro requerem labuta paciente e persistente.

12ª – LEI DO SIGNIFICADO E DA INSPIRAÇÃO

O valor de algo é o resultado directo da energia e intenção colocada. Cada contribuição pessoal é também uma contribuição ao todo. A inspiração amorosa fornece uma contribuição ascendente e inspira o Todo.


MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html



segunda-feira, 8 de julho de 2019

Sila Tarot: 5 Sinais de que você Trabalha Para a LUZ e Ainda Não Sabe!


Um trabalhador da Luz é alguém que quer ver a cura e o amor no mundo em larga escala, considera-se capaz de detectar qualquer energia de cura subtil, e tem tido algum tipo de despertar místico na sua vida. As pessoas têm dito que tem um coração puro? Você mostra-se amorosa? Você pode trabalhar para a Luz!

Estes são alguns dos sinais:

1. Tempo sozinho é normal

Tempo sozinho nunca mais foi mal gasto para si, mesmo quando era uma criança. Gosta do isolamento porque é muito fácil para si, absorver os humores das pessoas ao seu redor.

2. Você quer ajudar as pessoas

Trabalhadores da Luz são pessoas que estão aqui para curar a Terra. Não necessariamente no tipo reiki de “cura da luz”, mas na cura de problemas físicos com o mundo, como a pobreza, a guerra e a fome.

3. Respeita todas as Formas de vida

Pode achar o abuso, abandono de animais repugnante ou o processo de preparação e ingestão de carne nojento. Acredita que todas as formas de vida são valiosas e merecem o nosso respeito. A destruição ambiental mexe profundamente consigo. Quer proteger todas as espécies e a vida no planeta.


4. É rebelde e sente como se não se encaixasse

Tende a revoltar-se contra a autoridade e vê o governo e a sociedade geral com uma grande dose de desconfiança. Sente-se um estranho no mundo que a rodeia. Isso não é incomum. De muitas maneiras, a nossa cultura é uma forma de destruição, e isso é o oposto do que está a necessitar.

5. Sente-se em unidade com o cosmos

Quando olha para o céu à noite, sente-se em paz. Sente como se estivesse em casa. Você admira o cosmos ao seu redor. Parece que toda a sua existência é para aprender e promover melhores condições de vida.

Sente-se como um trabalhador da Luz?

Diga-me como se sente e partilhe os seus pensamentos, nos comentários abaixo!

MARQUE AQUI A SUA CONSULTA: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Sila Tarot: Como Agir durante uma Consulta?


Quando estamos a viver algum momento difícil nas nossas vidas, nem sempre é simples organizar as ideias na nossa cabeça e entender exactamente onde está o problema. Por isso, muitas vezes recorremos a uma Taróloga, para que nos dê uma luz, aconselhamento e orientação. Porém, nem sempre essa pessoa pode oferecer todas as respostas, se não lhe der algum tipo de direcção. Até porque a função é interpretar as cartas e não fazer adivinhações.

Neste sentido, elaborei algumas dicas para que consiga obter o melhor de uma consulta de Tarot/Cartomância, pois um dos segredos é a clareza e a objectividade, posto que as cartas respondem exactamente aquilo que perguntar. 

Assim sendo, se a pergunta é confusa ou ambígua, a resposta também o será.

1 - Se você está muito confusa, peça para que seja feita uma leitura geral, assim, o Tarot trará á tona, os seus principais desafios desse momento;

2 - Se estiver muito nervosa ou ansiosa, tente-se acalmar, pois manter estes estados de espírito, apenas confundem as leituras;

3 - Não faça a consulta num local desapropriado, com barulho ou interrupções, no caso de consultas à distância;

4 - Não fique em silêncio esperando que a Taróloga adivinhe o que lhe passa na cabeça. Conte os seu problema e as suas dúvidas, pois isso orienta melhor a consulta. Afinal, cada carta tem imensos significados e ajuda muito saber exactamente qual é o tema;

5 - Por outro lado, você também não precisa de contar todos os detalhes da sua vida, pois isso pode induzir a Taróloga a querer lhe aconselhar de acordo com a experiência de vida dele e às vezes a mensagens que as cartas trazem é diferente da opinião do profissional;

6 - Se você tem vários assuntos, divida-os ao longo da consulta, começando pelo mais complexo e que ocupa mais a sua mente;

7 - Não misture perguntas numa só. Por exemplo, não pergunte: “eu irei viajar ou terminarei meu curso?” e sim: “Se eu viajar, conseguirei terminar meu curso depois?” ou “Devo terminar o meu curso, antes de viajar?”, entre outras possibilidades;

8 - Procure perguntar exactamente o que quer saber, de forma bem sucinta. Por exemplo: “Fazer a faculdade de direito agora será favorável?” ou “Se eu fizer este empréstimo, conseguirei pagar a minha dívida?”;

9 - Se precisa de tomar uma decisão, pergunte: “o que acontecerá se eu seguir caminho X ou Y?” ao invés de “Qual decisão devo tomar?”. Assim, serão feitas duas leituras, uma para cada caminho, para que possa decidir melhor ou invés de receber uma resposta definitiva que o Tarot não pode dar, pois terá sempre o livre arbítrio;

10 - Mais importante do que saber se um relacionamento dará certo ou não, é saber se ele vale a pena. Afinal, você até pode ficar com alguém, mas isso não é garantia de felicidade;

11 - Não faça a consulta se o seu interesse é ficar vasculhando a vida de outras pessoas, alheias á sua vida. Pois, se faz isso, fere a privacidade do outro, esquecendo-se que o importante é ter clareza sobre a própria vida e não tentar controlar a vida alheia;

12 - Não espere respostas definitivas do Tarot, pois por mais que existam tendências futuras fortes, quem vai determinar se as coisas se encaminharão de uma forma ou de outra, é você própria;

13 - O Tarot pode-lhe dar conselhos, mas não pode decidir por si. Além disso, a Taróloga, não tem a obrigação de resolver os seus problemas por si. Se o fizer, estará a assumir uma responsabilidade que é apenas sua;

14 - Não pergunte se alguém irá morrer, nem detalhes muito específicos como nome ou locais, pois isto é um tipo de informação que as cartas não darão claramente;


15 - Não faça a consulta com outra pessoa ao lado, pois isso pode fazer com que não se revele totalmente, todo o processo é sigiloso e é um espaço onde revelará ansiedades, medos, frustrações, etc. e que deve ser reservado para a total relação de confiança, que deve existir entre a consulente e a Taróloga. Além de que não se estará respeitar, nem á sua privacidade, nem ás coisas que lhe dizem apenas respeito a si. Além disso, o outro poderá influenciar no sentido de não querer que certas respostas sejam reveladas, outra razão, é que a energia reflectida no baralho, poderá não ser a sua, confundir e dar respostas contraditórias, confusas, ou pouco assertivas, pois as cartas devem revelar e transmitir apenas a sua energia e não a dos demais;

16 - Esteja disposto a ouvir respostas desfavoráveis. Nem sempre aquilo que quer, é bom ou o melhor para si;

17 - Aprenda a aceitar a resposta que vier pelas cartas. Às vezes precisamos de meditar um pouco sobre elas até que façam total sentido. Por isso, não é bom perguntar a mesma coisa, várias e várias vezes;

18 - Não queira fazer uma consulta muito próxima da outra. É preciso tempo para que as coisas se reorganizem na sua vida. Opte por um intervalo de 15 dias, se o assunto for diferente e de no mínimo 1 mês, caso seja um caso que se desenvolve rapidamente. Se, por outro lado, for diagnosticada uma espera longa, é melhor se consultar sobre o mesmo tópico depois de 2, 3 ou até 6 meses. No entanto as cartas transmitirão sempre aconselhamentos e orientação, sempre que precisar;


19 - Escolha uma Taróloga com que tenha mais tem afinidade, pois, se tiver dúvidas, permitirá que ela a ajude, não bloqueando a leitura com as suas desconfianças;

20 - Não pense sobre outros assuntos enquanto consulta, pois o jogo pode ficar trancado. Por exemplo, se pergunta sobre o seu relacionamento, não fique a pensar no seu trabalho ou no seu chefe;


21 - Apenas em consulta, deve colocar todas as suas questões. Não responderei depois de concluída a consulta, pois é para isso que a consulta serve, para retirar todas as suas dúvidas. Ou seja, não valerá a pena contactar-me com questões extra, ou porque não entendeu bem. Qualquer dúvida, deve perguntar as vezes que forem necessárias, até que entenda a mensagem que lhe está a ser transmitida, mas apenas durante a consulta. Apenas as cartas nos darão todas as respostas e a melhor orientação;

22 - Para tornar o processo mais objectivo e concreto e responder a todas as suas dúvidas, sem que se esqueça de nada, deve planear a sua consulta e escrever tudo o que tem para perguntar. Não tem problema nenhum, se vier munida de um pequeno texto, em que apontou todas as suas questões, pois não será viável responder-lhe depois da consulta;.


Marque aqui a sua consulta: http://www.silatarot.pt/p/contactos.html